18 dezembro 2016

Lindbergh.


O juiz titular da 7ª Vara Cível da Comarca de Nova Iguaçu e Mesquita, na Baixada Fluminense, Gustavo Quintanilha, suspendeu por quatro anos os direitos políticos do senador Lindbergh Farias (PT). O parlamentar foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio por ter permitido o uso promocional de sua imagem, em dezembro de 2007 e no primeiro semestre de 2008, quando era prefeito de Nova Iguaçu e se candidatava à reeleição. Cabe ainda recurso.

o globo
Postar um comentário