.

.

07 março 2017

Acidente na Avenida Dorgival tem características de homicídio.

Quando mais avançam os depoimentos fica cada vez mais evidente que o acidente tem todas as carateristas de homicídio


Ladrão de carne no mateus é acusado pelo homicidio
O Estudante e profissional liberal, José Hilton, trocava o pneu de um veiculo na Avenida Dorgival Pinheiro, em Imperatriz-MA, quando foi surpreendido por uma camioneta S10 que chocou com o veiculo Palio estacionado, vindo a culminar com sua morte.

Os depoimentos dos dois acusados que transitavam no veículo existem vários desencontros de informação, principalmente do filho do proprietário da S10 (acusado pelo assassinato). No primeiro depoimento ficou claro o uso de drogas e alcool dos dois acusados, No segundo depoimento Italo, com passagens por furto de carne e bebidas em um supermercado da cidade, iniciou as acusações com o seu parceiro no crime, no entanto, os depoimentos continuam a desencontrar. Italo tenta de todas as formas esconder o uso de drogas e até acusar o comparsa, que é menor de idade, mas deixou evidente que além de comprar a drogas os documentos estavam empenhorados na "boca de fumo".

As complicações no crime aumentam mesmo com os acusados ainda em liberdade. Italo teria pego o carro escondido do pai que estava no trabalho no domingo, dia do crime. 

Com a troca de acusações e distorções no depoimento ficam cada vez mais certo para a sociedade que o consumo de drogas e alcool no volante podem ter sido fatores condicionais para o acidente, assim, ao consumir produtos ilícitos os dois acusados aceitaram o risco de matar e podem ser enquadrados por homicídio doloso.

Resta saber se a justiça ao receber o inquérito vai decidir pôr deixar os dois elementos em liberdade até o julgamento, que podem durar muitos anos para ser finalizado, ainda com recurso até a segunda instancia para que um dia o italo (conhecido por roubar carne e cerveja) venha definitivamente pagar pelos crimes.

Enquanto isso, a viuva e os filhos de José Hilton, procuram consolar-se com a perda do provedor e pai, visto como um homem simples, sempre disposto a ajudar e de atitudes inquestionáveis. O seu ato de servir o fez trocar o pneu do veículo por simples gratidão e culminou com a sua morte ocasionada por 2 transgressores, 2 imprudentes, duas escórias sociais.

Postar um comentário