08 junho 2017

Conferencia de Assistencial Social discute avanços e desafios do "SUAS" em João Lisboa


Com o objetivo de discutir e avaliar a situação da Assistência Social e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do Sistema na cidade de João Lisboa, foi realizado nesta quarta-feira (7), no pátio da Escola Paulo Madeira,  a VII Conferencia Municipal de Assistência Social, com o tema: "Garantia de Direito no Fortalecimento do SUAS" (Sistema Único de Assistência Social).

A abertura dos trabalhos iniciaram com a cerimônia coordenada pela equipe da Secretaria de Assistência Social, representada pela secretária Edna Maria, o prefeito Municipal Jairo Madeira, secretários Municipais, o vereador Nego representando o Legislativo, além de técnicos, colaboradores, agentes da sociedade, conselheiros ligados aos programas da assistência Social, coordenadores de programas e representantes eclesiástico. Em sua fala, o prefeito Jairo Madeira enalteceu o trabalho que vem sendo desenvolvido na Assistência Social do Municipio e lembrou a importância da secretaria na inclusão social e na distribuição de renda através dos programas sociais. 

A secretaria Maria Edna explica a importância das Politicas de assistência social para as pessoas de baixa renda; "É preciso registrar que toda a população pode se cadastrar no Sistema Único da Assistência Social, o que garante a isenção de taxas em  concursos, vestibular e a participação nos programas sociais como Minha casa, minha vida". Para a coordenadora de Assistência Social, Concita Sousa, "A conferencia é o momento de avaliar, discutir e trazer junto com a comunidade, novas propostas para implementação na Politicas de assistência Social" completou.

A Conferencia foi realizada em duas partes. Pela manhã foi realizada a palestra com a conferencista Rosângela Bertoldo, voltada à avaliação do SUAS e a perspectiva da construção das metas para o Plano Decenal.

Durante a tarde foram formados os grupos de Trabalho e realizado plenárias de Deliberação das proposições e de Eleição de Delegados à XII Conferencia Estadual de Assistência Social. As discussões foram amplamente debatidas à partir de 3 (três) subtemas fundamentais; 

1- A proteção Social não contribuitiva e o principio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais; 
2- Gestão democrática e controle social - o lugar da sociedade civil no SUAS; 
3- Acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, beneficios e transferencia de renda como garantias d direitos socioassistenciais; 4- A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e responsabilidade dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais. transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais.






Postar um comentário