22 novembro 2017

PSDB maranhense fica sem comando

Segundo a assessoria de comunicação do PSDB do Maranhão, a direção nacional do PDSB emitiu, nesta terça-feira (21), documento que trata da reconsideração da liminar que decretava a intervenção na Comissão Executiva Estadual do PSDB no Maranhão. 

Na prática, a Comissão Interventora encabeçada pelo senador Roberto Rocha e o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, deixa de existir a partir desta data, entretanto, o PSDB agora fica sem nenhum comando, sem direção no Estado.

Em seu teor, o documento afirma, ainda, que pelo fato da convenção estadual do partido, prevista para acontecer no último dia 11 não ter ocorrido, faz-se valer a norma partidária que constata que “não existe mais um órgão estadual organizado na Maranhão em razão da extinção do seu mandato, confere-se também a extinção da sua Comissão Interventora”.

Uma nova comissão provisória deve ser designada para o Maranhão, pela nacional. A provável data para que isso ocorra deverá ser após a convenção nacional do partido, a ser realizada no dia 09 de dezembro.

Após troca de investidas entre os dois grupos políticos que tentam comandar o partido, a decisão da executiva nacional jogou um banho de água fria e tudo agora passa a ser pior que antes, pois se o partido tiver que esperar a eleição nacional para decidir como deve ficar no Maranhão, até lá ninguém mais tem autonomia (nem Roberto Rocha e nem o vice Carlos Brandão) para falar em nome do partido.


Postar um comentário