13 julho 2018

Taxistas denunciam abuso de autoridade praticado por um Sargento da PM


Taxistas da cidade de Imperatriz denunciam a atitude de um sargento da Polícia Militar do Maranhão considerada abusiva, contra taxistas do ponto da rodoviária.

O suposto abuso ocorreu a semana passada quando um sargento teria utilizado uma viatura oficial da polícia militar para intimidar os taxistas no seu local de trabalho, e ainda, chegou com mais de 20 homens em vários carros e se identificavam como motoristas de aplicativos. Além de ameaças de morte, os taxistas ainda foram acusados e ameaçados pelo Sargento, denunciou um dos taxistas que inclusive poupou sua indenidade por temer represarias. "Estamos desarmados e acuados", lamentou o profissional que trabalha no mesmo local a mais de 20 anos. 

Os taxistas reclamavam dos motoristas de aplicativos que fazem ponto dentro do perímetro da rodoviária, o que é proibido. O sargento, porém, que deveria defender a lei, serviu para ameaçar os taxista afirmando que qualquer um que ainda tentasse proibir os motoristas de aplicativo de entrar no local, seria preso. 

A lei diz que os motoristas de aplicativo só podem pegar passageiros pela plataforma, no entanto, em Imperatriz, os motoristas utilizam luminosos, entregam cartões de visitas, fazem ponto e ainda ameaçam taxistas. Isso tudo ocorre sem que nenhuma autoridade se manifeste e agora sob a proteção de oficial da Polícia Militar. 
Postar um comentário