01 agosto 2018

Números do PIB usados para atacar governo tem como fonte consultoria de ex-ministro de Sarney

O jornalista John Cutrin, do Jornal Pequeno, de São Luis, revela em seu site que a consultoria que divulgou suposta queda do PIB do Maranhão, seria de um ex-ministro de Sarney, o que naturalmente coloca em dúvida os números divulgados em época eleitoral.  Veja a postagem!!!



Assim como o blog divulgou no dia 07 de fevereiro de 2017, a projeção de queda do PIB (Produto Interno Bruto) do Maranhão nos anos de 2016 e, agora, de 2017, amplamente explorada pela oposição sarneyzista, tem como fonte a empresa Tendências Consultoria Integrada, que pertence a Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda do governo José Sarney.

Os dados apresentados pela Tendência são conflitantes com um estudo divulgado em março pelo Banco Itáu e o jornal Folha de São Paulo. Segundo a empresa do ex-ministro de José Sarney, no período de 2016 e 2017, a queda do PIB maranhense foi de 11,5%. Já segundo os dados do Itaú, o Maranhão terá aumento, só em 2017, de quase 10% no seu Produto Interno Bruto.

Deste modo, a discrepância entre a projeção da Tendências e a do Bando Itaú demonstra que as relações entre o sócio da empresa e a família Sarney podem ter influenciado diretamente nos números divulgados pela Revista Época.

“A notícia falsa do dia é me acusar de ser responsável pela crise econômica que existe em todo o Brasil. A retórica do desespero é cada dia mais absurda. Porém, quem caminha com a verdade não tem o que temer”, disse o governador Flávio Dino por meio das redes sociais, rebatendo as acusações infundadas do império midiático dos Sarney.


Postar um comentário