20 agosto 2018

“Vamos para a luta levando a força do nosso trabalho e o vigor da nossa geração para a construção de um Maranhão mais justo e melhor”, diz Roberto Rocha

O candidato realizou em Balsas seu primeiro ato oficial de campanha


O candidato a governador Roberto Rocha (PSDB) no último final de semana, em Balsas, seu berço político e familiar, o primeiro ato oficial da campanha da Caravana da Esperança. Antes de se dirigir a Balsas, o candidato fez uma boa pausa em Imperatriz, onde cumpriu uma agenda parlamentar e outra de campanha. Na primeira, reuniu-se com o general de Brigada Eugênio Pacelli, com quem tratou da doação, por parte do Exército Brasileiro, de uma área para a Prefeitura construir o Panelódromo da cidade; na segunda, participou de um encontro com familiares e amigos do candidato a deputado federal Sebastião Madeira.

Sobre o terreno do Panelódromo, Roberto Rocha informou que considera a situação resolvida depois da conversa com o general de Brigada enviado pelo Ministério da Defesa para conversar com ele e o prefeito Assis Ramos. Os recursos para a construção daquele centro gastronômico foram alocados pelo parlamentar, que também teve a iniciativa de recorrer ao Exército para a doação de uma pequena parte do terreno do 50º BIS, localizado na esquina da Bernardo Sayão com a Pernambuco.

Já na residência do ex-prefeito Madeira, Roberto Rocha se reencontrou com antigos aliados e pôde falar sobre seu projeto de virar governador do Maranhão. “Estamos indo para a luta levando a força do nosso trabalho e o vigor da nossa geração para a construção de um Maranhão melhor e justo”, ressaltou o candidato.

Para Roberto Rocha, o maranhense não pode continuar a conviver com um Estado tão rico e um povo tão pobre. Ele entende que é preciso mudar essa lógica.  O candidato fez críticas ao atual governo ao declarar que “se o Maranhão {hoje} não tivesse governo, o povo estaria vivendo melhor” A atual gestão, prosseguiu o parlamentar, no modo de agir, só tem atrapalhado a vida da população.
“Nós queremos fazer com que o governo possa ajudar a melhorar a vida do povo. E isso é fazer um governo diferente, com cheiro de povo, fazer diferente, mais e melhor. Acho que esse é o grande desafio”, disse o candidato, concluindo que “só vale a pena ganhar a eleição falando a verdade”.
Postar um comentário