09 outubro 2018

Renan Calheiros, Flavio Bolsonaro e a presidência do Senado

Renan Calheiros deve ter estourado um “champanhe” quando soube das derrotas de Romero Jucá e Eunício Oliveira, até então, seus virtuais adversários na disputa pela presidência do Senado em 2019.

Na certa, porém, o todo-poderoso de Alagoas dormiu preocupado ao ver a nova composição da Casa, muito mais pulverizado do que o atual.

Por um lado, Renan se livrou de fortes e conhecidos concorrentes, mas por outro, ele não sabe contra quem vai competir nem qual será o perfil do seu “eleitorado”.

E pela primeira vez na história, é possível que tenha de disputar votos com um filho de um presidente da República, caso Jair Bolsonaro chegue ao Palácio do Planalto e Flavio resolva brigar pela presidência do Senado.


Continue lendo no Radar On-Line Veja.
Postar um comentário