23 maio 2019

Apenas três deputado do Maranhão foram a favor da permanência do COAF com Sérgio Mouro


O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 22, por 228 votos contra e 210 a favor – além de 4 abstenções -, a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia. O órgão de inteligência financeira e combate à lavagem de dinheiro havia sido deslocado para a pasta de Moro no desenho original do governo. 

Dos deputados do Maranhão, apenas Eduardo Braide, Edilázio Junior e Pr. Gildenemyr votaram para a permanência do COAF no Ministério da Justiça, comandada por Sérgio Moro.

Votaram contra:

André Fufuca
Hildo Rocha
Marcio Jerry
Gastão Vieira
Bira do Pindaré
Cleber Verde
Gil Cutrin
Maranhãozinho
Jr. Lourenço
Marreca Filho
Pedro Lucas
Zé Carlos do PT

A bancada da oposição ao governo Bolsonaro, PT, Pc do B e Psol todos os Deputados Federais votaram contra.

Nenhum comentário: