08 agosto 2019

Maranhão está entre os três estados com mais avanços no registro empresarial

O Maranhão está entre os três estados com melhor ambiente de registro e legalização de empresas, em ranking levantado pela Receita Federal. Os excelentes resultados do Maranhão, mantidos ao longo dos últimos anos, é resultado do trabalho firme do Governo do Estado, por meio da Junta Comercial do Maranhão, para desburocratização dos serviços de registro empresarial. Os dados foram apresentados ao governador Flávio Dino pelo presidente da Jucema, Sérgio Sombra, durante reunião na última terça-feira (6), no Palácio dos Leões, com presença do secretário de Governo, Diego Galdino.

O gestor da Jucema apresentou o ranking com dados da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). O desempenho do estado no levantamento que é feito com todas as juntas comerciais do Brasil mostra que o percentual de integração no Maranhão chegou a 91,9% – ocupando o 3º lugar, empatado com o estado de Alagoas.

O governador Flávio Dino comemorou os resultado, lembrando que são os frutos colhidos de um trabalho iniciado ainda em 2015, em que o principal impacto é econômico. “Este resultado reafirma uma preocupação que tivemos desde o começo da gestão, sob a compreensão de que, para que o Maranhão avance, um bom passo é simplificar a abertura de empresas. Menos burocracia representa um estímulo a mais para abertura de novos negócios”, defendeu o governador.

O presidente da Jucema destacou que a principal estratégia tem sido focar em alternativas que ofereçam aos empreendedores um registro empresarial moderno, simplificado, seguro e dinâmico. “O ambiente de negócios necessita dessa desburocratização para que o desenvolvimento econômico do estado avance. Dentro dessa linha, fizemos uma força tarefa em todos os municípios maranhenses para que todos fossem integrados à RedeSim, também conhecida como Empresa Fácil no Maranhão. O sucesso dessa integração nos 217 municípios já nos rendeu muitos avanços e esse reconhecimento da Receita Federal é um deles”, reforçou o presidente.

O ranking semestral apresenta as posições por meio de porcentagens sobre quesitos como nível de usabilidade do sistema interface da Redesim em cada estado e nível de integração com entidades de registro e de licenciamento empresarial. Sérgio Sombra explicou que na outra ponta de atuação, a Jucema tem acompanhado in loco o desempenho dos órgãos estaduais ligados ao registro empresarial na utilização do sistema. Ele aproveitou para sinalizar situações pontuais que precisam de ajustes imediatos em cada um deles. “Entendemos que esse monitoramento em todos os órgãos integrados à RedeSim é mais uma inciativa para assegurar que os cidadãos usufruam, de fato, de todas as funções permitidas pelo portal”, disse.

Ao analisar o balanço apresentado, o governador Flávio Dino falou sobre a importância dessa agenda positiva da Jucema para o ambiente de negócios no estado e destacou que a essência do trabalho deve continuar focada no serviço público qualificado e acessível a todos.

Mais

Na pauta com o governador, o presidente Sérgio Sombra compartilhou o andamento das obras de restauro, revitalização e reforma do sobrado que abrigará a nova sede da Jucema, na Avenida Pedro II. De acordo com ele, a conclusão da reforma está prevista para dezembro deste ano e devolverá para o Centro Histórico um sobrado totalmente revitalizado e pronto para receber os cidadãos.

Ao final do encontro, os gestores alinharam detalhes sobre a visita institucional do diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração, DREI, André Ramos. Ele estará em São Luís no dia 21 de agosto, a convite da Jucema, para uma agenda com os integrantes do Subcomitê da RedeSim, empresários, e profissionais de contabilidade.

Nenhum comentário: