27 janeiro 2015

SHOPING CIDADÃO: Só o governador pode por um fim na fila da humilhação.

Dezenas de jovens, adultos e até idosos procuram o Shoping Cidadão diariamente afim de receber atendimento e ter seu problema solucionado pelos serviços oferecidos pelo Estado, como 2ª vias de documentos e até a carteira de trabalho.

Fila vira o quarteirão, e ainda tem os vendedores de vagas
foto: Imperatriz fotos/Daniel Sena
Ocorre que as senhas expedidas diariamente são limitadas e quem procura o atendimento tem que chegar na noite anterior e aguardar até a manhã do dia seguinte, e ainda ainda assim muitos que realizam toda essa peregrinação ainda não conseguem atendimento.

Para complicar e revoltar ainda mais, é possível, ainda, se deparar com os 'negociadores' que enfrentam as primeiras filas para depois vender a SENHA, foi o que denunciou a jovem Karolyne Ferreira que há vários dias vem tentando conseguir atendimento para tirar documentos pessoais.  Segundo a denunciante, os negociadores cobrariam de 30 a 50 reais por senha.

Esse problema já ocorre há muito tempo e vem sendo denunciado em vários meios de comunicação, mas até agora sem nenhuma expectativa ou solução por parte da organização do atendimento para que acabe de vez com o que estão chamando de: "A fila da humilhação". 

Mas tudo isso pode ter um fim, já que é possível que agora, com a chegada do governador Flávio Dino, ele intervenha e busque solucionar essa grave condição de atendimento só aproximada com a dos anos 90, quando era necessário madrugar na porta da delegacia para adquirir um documento de identidade.
Postar um comentário