28 abril 2015

Deputado diz que oposição deve olhar para trás antes de fazer acusações

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira (PSC), foi à tribuna nesta segunda-feira (27), para tratar das acusações feitas pela deputada Andrea Murad (PMDB) contra o Governo do Estado e a atual gestão da Secretaria de Saúde.

De acordo com Cafeteira, em seu discurso a deputada acusou o governador de negligenciar a saúde do estado ao tratar das mortes ocorridas no Hospital Macrorregional de Coroatá Alexandre Mamede Trovão, no último dia 18, por falta de oxigênio nos leitos de UTI do referido hospital.


Rogério Cafeteira defendeu o governo lendo uma nota oficial onde a Secretaria de Estado da Saúde nega a falta de oxigênio e ainda descreve o estado delicado de saúde em que se encontravam os pacientes que vieram a óbito. O deputado lamentou a forma como assunto foi tratado, porque além de se tratar de uma manobra política, atinge de maneira insensível as quatro famílias que sofrem com a morte de seus entes queridos.

Segundo o deputado, está faltando o mínimo de dignidade na hora de uma disputa política e que, infelizmente, o ex-secretário de Saúde tem contaminado de forma indireta a Assembleia, criando um clima que antes nunca houve.

Para ele, é importante que antes de fazer acusações se pense no que foi feito anteriormente, porque não existe presente sem passado e não haverá futuro sem presente.

“Eu queria que a gente repensasse a forma do debate, o nível a que nós estamos chegando. E aqui faço a minha meia culpa e peço desculpas pelos momentos que extrapolei. Vamos sentar e conversar. O papel da oposição é importantíssimo, e eu reconheço isso, tanto que muitas vezes seria mais confortável para eu chegar aqui e falar das ações do governo que, nesses mais de 100 dias, são extremamente favoráveis a nossa agenda, muita coisa positiva foi feita. No entanto, em respeito à população do Maranhão e em respeito também à oposição, eu tenho me esforçado ao máximo para esclarecer todas as dúvidas e dirimir todas as dúvidas que vossas excelências aqui colocam. Isso é o respeito que tenho com vocês”, concluiu Rogério.
Postar um comentário