28 dezembro 2016

Unidade de lideranças políticas favorece região da 'Grande Vila Lobão'

Debates em torno da eleição da câmara aproximarão Paulinho Lobão e o prefeito Assis Ramos e quem ganha é a região da Grande Vila Lobão.

Está evidente uma forte movimentação externa influenciando a eleição da câmara, e quanto mais se aproxima o dia “D”, mais a pressão aumenta em todos os sentidos.

O atual presidente Zé Carlos e João Silva sentou em várias oportunidades com o prefeito Assis Ramos para tratar sobre a eleição e a possibilidade de um consenso. Nos bastidores, comenta-se que as demandas foram além do esperado, o que vem dificultando a convergência de interesses.

Mas é preciso enaltecer o poder de aglutinação formado para reeleger o presidente. ZC e João Silva, os dois lideres do projeto, conseguiram em pouco tempo aglomerar as mais divergentes opiniões, como os vereadores Carlos Hermes (PC do B), Aurélio (PT) e Rildo Amaral.  Além disso,  ainda conseguiu fazer Carlos Hermes e Rildo Amaral desistirem da vice-presidência.

Os dois parlamentares tem deixado claro que não se trata de formar uma oposição ao prefeito Assis, mas seria um posicionamento consolidado do grupo em reeleger ZC.  Se consolidar a reeleição, os dois parlamentares se juntarão à base do governo, e serão os votos suficientes para a aprovação de projetos de interesse do executivo.


Outro que se mostrou atento ao processo foi o vereador Paulinho Lobão, que será o único parlamentar formando a base de apoio ao prefeito em uma das maiores regiões da cidade, a Grande Vila Lobão, o mesmo bairro do prefeito Assis Ramos e que terá uma atenção redobrada por parte da prefeitura, como adiantou o prefeito eleito. Com o afastamento da Irmã Telma e Maura Barroso, Paulinho deve continuar sendo, junto com Fidelis Uchoa, duas importante lideranças para toda essa região.

E assim caminha a humanidade, onde nem sempre quem ganha, é o vencedor.


Postar um comentário