23 março 2017

SAMU comemora 12 anos em Imperatriz


Evento destacou as ações de melhorias na cidade

            Para celebrar o aniversário do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU), a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) ofereceu, nesta quarta-feira (22), um café da manhã aos profissionais do órgão. Participaram da solenidade o prefeito Assis Ramos, o secretário de Saúde Alair Firmiano, o procurador-geral do município Rodrigo do Carmo, o vereador Adhemar Freitas Jr e o coordenador da unidade Regional de Imperatriz, Alexandro Freitas.

            Sorteio de brindes e homenagens aos servidores destaques do SAMU marcaram o evento. Na oportunidade, foram apresentadas as melhorias implantadas nos últimos três meses, bem como a aquisição de uma área para ampliação das instalações da base central, na Avenida Bernardo Sayão. 
            Dentre as ações foram destacadas a contratação de uma coordenadora médica e um farmacêutico, que reforça os serviços prestados à população. “O prefeito Assis e o secretário Alair são muito sensíveis às questões apresentadas e por isso estamos conseguindo resolver as demandas do SAMU”, ressaltou Alexandro Freitas.

            O coordenador acrescentou que, na atual gestão, diversas parcerias já foram fechadas e citou o acordo com o Exército, em que a unidade oferece atendimento aos soldados e eles prestam assistência na manutenção das ambulâncias. “Além disso, ainda tivemos a parceria com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e também com a Polícia Rodoviária Federal, que nos doou duas motos", destacou.

            Alair Firmiano ressaltou a importância de atuação do SAMU, destacando que sua luta é para melhorar as condições de trabalho dos servidores, para que as pessoas tenham um socorro mais rápido e eficaz. "Antes, as vítimas eram levadas em carros particulares e muitas morreram ou ficaram paraplégicas, em decorrência do transporte inadequado. Sabemos da relevância da unidade e, por isso, estamos sempre atentos para resolver os problemas e melhorar os serviços cada vez mais", afirma o secretário.

Maria Almeida/ASCOM


Postar um comentário