.

.

04 maio 2017

Instalações do Município de Estreito para o Campus da UemaSul impressionam, diz Reitora.


Audiência pública para discutir implantação do Campus/Estreito recebeu autoridades do Estado, políticos, sociedade e comunidade estudantil.

Na tarde de ontem (04), o prefeito de Estreito, Cicero Neco, recebeu a comitiva da UemaSul -  (Universidade Estadual do Sul do Maranhão), formada pela Reitora Elizabeth Nunes, o vice-Reitor professor Expedido Barroso, o Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Jonathan Almada, o Deputado Estadual professor Marco Aurélio, o Superintendente de Articulação Politica da Região Tocantina, Professor Adonilson Lima e toda a equipe técnica da Educação para avaliar as estruturas físicas do prédio construído pela prefeitura para abrigar as futuras instalações do Campus UemaSul/Estreito.

Após a visita às futuras instalações do Campus/Estreito, foi realizado na Câmara Municipal uma audiência pública com a participação de toda a sociedade, comunidade Estudantil, Ministério Publico, políticos e a equipe técnica da Universidade Estadual. O objetivo foi apresentar o plano de implantação dos cursos superiores e a avaliação das estruturas do Município que fora apresentada. Centenas de estudantes participaram da Audiência Pública e manifestaram sua satisfação quanto a instalação da primeira universidade de Estreito. 

A reitora Elizabeth Nunes, disse que ficou honrada com a gestão do prefeito Cicinho e com o grande investimento por parte do município com a educação, e disse que a visão dele coincide com as intenções do Estado em investir também na Educação. A reitora ainda elogiou a estrutura disponibilizada pela prefeitura; "Seria ótimo se todos os prefeitos tivessem esta mesma visão com a importância da educação para o futuro". A professora explicou que esta fase de planejamento a UemaSul vai ouvir a comunidade para identificar quais os cursos e as demandas devem ser implantadas para atender as necessidades de educação da região. 

Na Audiência Pública, o prefeito Cicinho iniciou sua fala agradecendo a câmara de vereadores por ter sonhado junto com ele a construção do prédio que deve abrigar a universidade. Na oportunidade ainda agradeceu o esforço do governador Flávio Dino na implantação do Campus-UemaSul na cidade de Estreito. "Este Campus vai realizar um grande sonho não somente de Estreito, mas de toda a região e todas as cidades como Campestre, Porto Franco, São João do Paraíso entre outras. Nós sabemos a dificuldade que o pai de família possui para colocar seus filhos em uma universidade particular ou até a pública, devido a dificuldade financeira para se locomover até outras cidades, mas agora o governador pode realizar um grande sonho de toda essa região, trazendo a universidade para perto das famílias e dos estudantes que almejam uma formação superior", completou Cicinho.

As Instalações do Campus_

Todos os representantes da Educação do Estado, autoridades e políticos foram unanimes em elogiar as estruturas construída pelo Município de Estreito, através da enorme dedicação do prefeito Cicero Neco, utilizando de recursos próprios, para preparar um local onde pudesse ser instalado a primeira universidade de Estreito. A estrutura física composta com auditório, 15 salas de aula, refeitório, área administrativa, área de alimentação e laboratórios demonstraram que a cidade está preparada para receber o Campus da Universidade Estadual do Sul do Maranhão -  UemaSul.  A recepção da classe estudantil às autoridades demonstram que existe um grande anseio social para a realização deste sonho, e principalmente, o corpo acadêmico da UemaSul que esteve ontem em Estreito e o Secretário de Ciência e Tecnologia, Jonathan Almada, disse que após a   conclusão dos estudos de implantação, no segundo semestre de 2017, vai ocorrer o primeiro vestibular para o Campus/Estreito, garantiu.

Postar um comentário