15 junho 2017

UMES/Imperatriz e as carteirinhas de sempre...


Que a UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) sempre foi uma entidade para os presidentes e dirigentes curtirem com o dinheiro de suas carteirinhas ninguém nega, no entanto, parece que um outro grupo passou a se interessar pela entidade estudantil. 

Um relatório vem sendo espalhado nas redes sociais que diz provar o óbvio; "Venda de carteirinhas sem as devidas comprovações", como por exemplo, sem que o requisitante esteja realmente esteja matriculado. No entanto, o relatório diz que as carteirinhas estariam sendo vendidas apenas para conseguir meia entrada nos eventos, como shows, principalmente. 

Se comprovar os fatos que aparecem nos relatórios, que citam nomes, contatos telefônicos e provas da venda de forma irregular das carteirinhas, segundo o texto, os envolvidos podem ser enquadrados criminalmente. 

Ainda segundo o relatório "apócrifo" ainda existe um vereador pelo meio.
Postar um comentário