06 julho 2017

Prefeito de Lajeado reconhece erro e publica novo decreto poupando serviços essenciais da exoneração


O prefeito Raimundinho Barros, da cidade de Lajeado Novo, percebeu agora que a cidade não teria como sobreviver sem os serviços essenciais, ou no mínimo, saúde e coleta de lixo, e revogou o decreto anterior N°003/2017 que a prefeitura admitiu ter errado também o numero do decreto, e editou um novo, agora numero 008/2017.
No novo decreto o prefeito assiná-la no Art. 2, a exclusão da demissão em massa dos servidores que ocupam os cargos dos serviços considerados essenciais, como saúde, coleta de lixos e limpeza urbana, diz o decreto. (leia o novo decreto abaixo)
O blog publicou com exclusividade o fechamento da prefeitura com a exoneração de "todos os servidores", como cita o decreto anterior. Não é a primeira vez que a prefeitura corrige os números dos decretos ou publica erratas referente também ao numero de publicações, confirmando que até agora, mesmo tendo governado a cidade em outro mandato, o prefeito ainda não conseguiu engrenar a gestão municipal da cidade de Lajeado Novo, que deve mesmo reabrir ao público somente em 01 de Agosto, como afirma o decreto.








Postar um comentário