26 setembro 2017

Sebrae entrega Inventário Turístico de Imperatriz


Documento vai subsidiar ações do poder público para promover o turismo no município que, agora, assume-se definitivamente como porta de entrada da Chapada das Mesas.


Durante o 1º Seminário de Vendas da Chapada das Mesas, realizado na última semana, o Sebrae entregou o Inventário Turístico de Imperatriz ao poder público municipal. O evento integrou a programação paralela do Salão do Empreendedor, que o Sebrae realiza até este sábado, 16, durante a 17ª Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz – Fecoimp.

O Inventário Turístico é um documento de extrema importância para o planejamento de ações e tomadas de decisão do poder municipal, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento da economia local. No caso de Imperatriz, o inventário foi solicitado ao Sebrae pelo prefeito Francisco de Assis Ramos que dialogou com a instituição para parcerias na área de empreendedorismo e Política Públicas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Imperatriz, Eduardo Sousa, que representou o prefeito no evento, destacou que “o poder público municipal já começou a criar os aparatos legais que darão suporte às ações de fomento, crescimento e fortalecimento da atividade turística para que o município se una aos demais que integram a Chapada das Mesas, estabelecendo uma cadeia produtiva voltada a desenvolver o turismo em âmbito regional”.

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, ressaltou que está muito satisfeito ao ver que, alguns meses após a conversa com o prefeito Assis Ramos, muitas providências foram e estão sendo tomadas para que a promoção do turismo seja uma realidade e a economia de Imperatriz passe a ser impactada pelo setor.


“Assumimos a responsabilidade de discutir o turismo ombro a ombro com toda a região sul do estado – poder público, iniciativa privada e comunidade para trabalharmos de maneira conjunta e estratégica. Propomos desde já uma atualização na oferta do produto Chapada das Mesas, bem como inovação nas ações de promoção do destino para competirmos em pé de igualdade com destinos d outras regiões do país”, apontou Martins.
Postar um comentário