15 setembro 2018

Bandido solto na Audiencia de Custódia se envolve em tiroteio com a PM e tem CPF cancelado


Um dos envolvidos com uma facção criminosa, que recebeu um bônus de soltura na Audiência de Custódia e foi solto menos de 24 horas da mega operação que resultou na prisão de vários criminosos (reveja aqui), voltou a praticar crimes, foi abordado pela PM neste sábado (15) resistiu a prisão e teve o CPF cancelado.

Policiais da Força Especial do 3° Batalhão de Policia Militar, comandado pelo Tenente Coronel Ilmar e a equipe do Grupo de Serviço Avançado do povoado Bananal, que resultou na prisão do nacional Ezaquiel do Nascimento Silva [no dia anterior], com 04 (quatro) mandados de prisão em aberto, receberam informações de Ezaquiel que haveria na cidade de Imperatriz outro suspeito de alta periculosidade tendo em sua posse uma arma de fogo e integrante de Facção Criminosa. 

As Guarnições deslocaram para o endereço informado e encontraram o denunciado que, quando percebeu que os policiais militares estavam desembarcando para fazer a abordagem, decidiu confrontar os policiais com disparos de arma de fogo que imediatamente fizeram uso da equivalência de força para neutralizar a ação do suspeito, conseguindo alvejar o atirador que foi socorrido com vida e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz mas veio a óbito logo depois.



A arma de Fogo foi apresentada na Delegacia de Plantão onde serão tomadas as medidas cabíveis.

texto da assessoria da PM com edições do blog



Postar um comentário