03 dezembro 2018

Imperatriz terá 15 ecopontos para recolhimento de entulhos

Medida deve reduzir drasticamente o descarte irregular de materiais


Projeto de instalação dos ecopontos começou a ser discutido nesta sexta-feira, 30, no auditório da Escola Municipal Machado de Assis, Rua Epitácio Pessoa, 20, Vila Nova. Iniciativa da Prefeitura de Imperatriz visa melhorar limpeza urbana, evitar descarte irregular de entulhos em riachos e terrenos e reduzir pontos de alagamentos.

Participaram da reunião os secretários Rosa Arruda, Meio Ambiente, e Alcemir Costa, Regularização Fundiária; o superintendente Alan Jhones, Limpeza Pública; a coordenadora Teresinha Miranda, Setran; a coordenadora Sormani Branco, Saúde; e o responsável técnico da Sellix Ambiental, Victor Thauan.

A secretária Rosa Arruda observou que “é preciso dar uma destinação adequada para os resíduos e entulhos que se amontoam em terrenos ou riachos nos bairros de Imperatriz”. A instalação dos ecopontos, com apoio dos carroceiros, deverá reduzir drasticamente o descarte irregular de materiais.

Ela cita, por exemplo, que a pessoa realiza uma reforma no imóvel, contrata o frete de um carroceiro para descartar o entulho que disporá de um local, o chamado ecoponto, para receber o resíduo. Depois, a empresa Sellix Ambiental realizará o transporte, a destinação adequada dos materiais e a substituição do container coletado. “Meta do prefeito Assis Ramos é acabar com ‘pontas de lixo’, visando melhorar a limpeza e amenizando os alagamentos”, destacou.

O superintendente de Limpeza Pública, Alan Jhones, anunciou que serão instalados 15 pontos em locais estratégicos dos bairros, onde servirão de apoio aos carroceiros para o descarte dos materiais recolhidos, podagem de árvores ou entulhos. “Pedimos a compreensão de todos condutores de veículos de tração animal para que despejem os entulhos nestes containers que serão distribuídos em toda cidade”, conclamou.

Ele disse ainda que o objetivo é criar o “disque-carroça” para dinamizar o serviço de frete, divulgando os ecopontos e auxiliando comunidade e carroceiros para que descartem os resíduos nestes locais adequados.

O secretário de Regularização Fundiária, Alcemir Costa, assinalou que o prefeito Assis Ramos compreende que o serviço prestado pelos carroceiros é essencial para os munícipes de Imperatriz. “Assis é preocupado não somente com o problema, mas com os carroceiros e solicitou que benefícios sejam concedidos para classe”, acrescentou.

Na opinião do carroceiro César Arruda a instalação dos ecopontos é um grande passo para melhoria da limpeza urbana, trabalho que tem sido priorizado desde o começo da gestão do prefeito Assis Ramos. “Gostei desse projeto, pois vamos ajudar a cidade e ainda teremos atendimento na área da saúde”, completou.

O carroceiro José Firmino vê com entusiasmo iniciativa de instalar containers em pontos estratégicos da cidade, pois do jeito que estar acaba sendo despejado em locais inadequados, poluindo terrenos e riachos. “Esse é um projeto que deverá ajudar na renda dos carroceiros, esperamos que funcione logo”, concluiu.
Postar um comentário