12 abril 2019

Deputada que defende incesto ataca ministra da família Damares Alves

A deputada petista Erika Kokay, defensora do incesto (veja o vídeo no final) atacou a Ministra da Familia e dos Direitos dos Humanos, Damares Alves, não achando o bastante, zombou do fato da ministra ter sido abusada sexualmente quando tratou com desprezo o desespero da ministra em se esconder em cima do pé de goiabeira.

Na verdade, o petismo torce contra questões tidas como barreiras sociais, para nós, chamados de princípios. Erika Kokay, assim como os discipulados no esquerdismo, defendem o rompimento das estruturas familiares através de atos considerados barreiras, como o incesto, que traria a desmoralização da familia e consequente liberdade para a implantação do socialismo. Para eles, segundo Kokay, a família é o principal impercilio para o implantação do Estado Absoluto, ou o socialismo. 

Em pesquisa recente o retrato devastador das ideias comunistas foram levadas a fragalhos, quando retratou que a maioria dos brasileiros acreditam que a economia não depende do Estado, mas de Deus. Exatamente por isso que os candidatos ou políticos fogem do debate cristãos mesmo quando não acreditam em Deus, e ainda, reconhecem que a maior dificuldade da implantação do socialismo é a não dependência do Estado. 

A discrepância das defensas dos esquerdistas quando se trata da defesa dos ideais e dos Direitos humanos se asseguram em seus proprios interesses, no caso de Damares Alves, que defende o obvio, Kokay acredita que ela esteja errada, e zomba da dor, pois a maior dor do petismo é a prisão do Lula e não a devastação social e financeira causada pelo petismo nos últimos 13 anos de desmando.  

ERIKA KOKAY ATACA MINISTRA DAMARES ALVES E ELA CHORA



ERIKA KOKAY DEFENDE INCESTO PARA DESMORALIZAR A FAMILIA E IMPLANTAR O SOCIALISMO

Nenhum comentário: