20 março 2020

Presidente do Conselho Superior assume presidência interina da Associação Comercial e Industrial

A Associação Comercial e Industrial de Imperatriz - ACII tem novo presidente desde a noite de quarta-feira (18), por iniciativa da Diretoria Executiva. A decisão foi tomada após um associado ter apresentado dois pedidos de impugnação da Chapa "Seja Mais ACII": um por propaganda eleitoral antecipada e outro por abuso de poder econômico e político e, por consequência, o afastamento do presidente Guilherme Maia.

Analisados os pedidos de impugnação, foram votados e aceitos por unanimidade, sem ressalvas, com os presentes também de maneira unânime, definindo o ex-presidente, Hélio Rodrigues de Araújo (atual Presidente do Conselho Superior da ACII) como presidente interino até que seja realizada a eleição e posse da nova Diretoria Executiva.  
Às vésperas da eleição para a escolha do novo presidente, a entidade vive um quadro de disputa acirrada sem precedentes recentes em sua história, quando as sucessões aconteciam de forma pacífica e ordenada.
O PROGRESSO colheu junto a ex-presidentes e associados, depoimentos que no consenso apontam que a situação de disputa, ora vivida, chegou a esse ponto devido a condução desordenada do processo eleitoral, com vários descumprimentos de preceitos estatutários por aqueles que deveriam prezá-los, pois essas atitudes estão promovendo o desequilíbrio de forças entre as chapas. Para esses, tal gesto mereceu repúdio a partir do momento em que se tornou necessária a convocação do Conselho Superior, que nos últimos cinco mandatos em nenhum momento precisou ser acionado, para chamar o processo à ordem. A convocação se fez necessária para romper com o arbítrio que estava se impondo, chegando a impugnar a chapa adversário ao arrepio do Estatuto.
Prova maior disso, foi a constatação de que o presidente agora afastado, além dos crimes eleitorais, teria praticado abuso de poder político e econômico como por exemplo, por ser detentor do cargo de Presidente, ter emitido Resolução com o objetivo claro de querer impedir realização de reunião da Diretoria. Também desrespeitou o Estatuto da ACII, não obedecendo as regras como, por exemplo, querer tornar sem efeito, apenas alegando que não reconhece o órgão máximo da entidade, decisão do Conselho Superior em homologar a Chapa ACII COMPROMISSO, encabeçada por Edmar Nabarro e Sergio Henrique Godinho. 
A intervenção ora efetuada e que conduziu o ex-presidente Hélio Araújo visa devolver à ACII o clima de harmonia sempre existente na classe empresarial.

Nenhum comentário: