URGENTE! Flagrante de compra de votos pode caçar candidatura de Assis Ramos e João Silva

 


Uma bomba o flagrante de compra ilícita de votos do vereador João Silva, financiada pelo candidato a reeleição Assis Ramos, conforme cita o vereador em imagens exclusivas publicadas pelo grupo Endireita Imperatriz.  "Ele conseguiu mandar pra cá esses canos, para ligar na casa de vocês..." diz o vereador claramente no vídeo. 

O material que comprova o crime eleitoral (compra ilícita de sufrágio qualificada no art. 41-A da Lei 9.504/97) foi publicado com exclusividade pelo blog Rui porão e abalou o eleitorado de Assis Ramos, que já via com enormes dificuldades a possibilidade de eleição. 

A ofensa ao art. 41- é  passível de sanção pecuniária e de cassação de registro ou diploma do candidato. Já o art. 299 constitui crime, sendo punido com pena de reclusão de quatro até anos.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Imperatriz tem maior contaminação diária de Covid-19 no MA

Covid silencia cantor e compositor Cruz Gago

Imperatriz tem mais um registro fatal de Covid-19 com paciente fora do grupo de risco

Ex-vereador condenado pela Justiça e irmão do atual secretário de Agricultura detona os bastidores da gestão de Léo Cunha