26 novembro 2020

Felipe dos Pneus detona Juscelino Filho na Assembleia

 


Por Luis Pablo

Durante o uso da tribuna na Assembleia Legislativa desta quarta-feira (25), o deputado estadual Felipe dos Pneus, eleito prefeito de Santa Inês no último dia 15, detonou o deputado federal Juscelino Filho.

“Algo que me deixou muito chateado foi um deputado federal chamado Juscelino Filho usar seus palanques para denegrir minha imagem, falar da minha pessoa, onde nasci e me criei na cidade de Santa Inês, onde me chamou de deputado fake News”, disparou Felipe dos Pneus.

O parlamentar também fez questão de comparar seu trabalhado desenvolvido na Assembleia Legislativa com as omissões e pouco serviço realizado por Juscelino Filho em prol da população de Santa Inês. Felipe ainda mandou um recado para Juscelino.

“Agora, deputado federal Juscelino Filho, na sua primeira eleição, Santa Inês apostou em você, você tirou 17 mil e sete votos. Na segunda eleição, Santa Inês te deu a resposta, onde você perdeu mais de 11 mil votos na cidade de Santa Inês. Agora, se o deputado tiver querendo novamente a terceira vez, Santa Inês te espera para responder”, desafiou Felipe dos Pneus.



Governo vistoria obras de pavimentação e reforma do prédio da AIL em Imperatriz

 

Obras da fachada do prédio da Academia de Letras (Foto: Domingos Cezar)

O titular da Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina (SEERT), Pastor Luiz Carlos Porto, vistoriou as obras realizadas pelo Governo do Estado na cidade de Imperatriz. Ele informou que após a pandemia do coronavírus (Covid-19) serão vistoriadas obras em outros municípios que estão na área de abrangência da SEERT.

No Parque São José, a principal reivindicação dos moradores era o asfaltamento do segmento da Rua Rui Barbosa, uma das principais artérias do bairro, que foi incluída no programa Mais Asfalto. Outra via beneficiada com as obras da gestão estadual é a Rua do Buritizal, no Parque das Palmeiras II. 

O secretário Luiz Carlos Porto explicou que várias ruas estão sendo beneficiadas, incluindo as vias em periferias. “O secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, vem realizando um grande trabalho”, afirmou.

AIL

Entre as obras vistoriadas pelo secretário Luiz Carlos Porto encontra-se a de restauração do prédio que abriga a Academia Imperatrizense de Letras (AIL), um dos mais suntuosos e antigos da cidade.

Por determinação do governador Flávio Dino, as obras continuam aceleradas, a expectativa é que o prédio seja entregue à população de Imperatriz até o dia 15 de dezembro.

Na companhia do presidente da AlL, Raimundo Trajano Neto, o secretário Luiz Carlos Porto tem acompanhado o trabalho dos operários, que seguem o projeto de reforma preservando a originalidade da bela arquitetura do prédio.

Aprovado pela unanimidade dos acadêmicos, a partir de sua reinauguração o prédio será nomeado como Paço da Cultura Sálvio Dino, em homenagem ao saudoso acadêmico Sálvio Dino, falecido recentemente.

25 novembro 2020

Prefeitura de João Lisboa realiza ações alusivas à campanha Novembro Azul


Programação visa conscientizar os homens sobre a importância do cuidado e do diagnóstico precoce do câncer de próstata

Novembro é o mês dedicado ao diagnóstico preventivo do câncer de próstata, uma doença comum entre os homens.

Para reforçar essa conscientização sobre o cuidado com a saúde masculina, a Prefeitura de João Lisboa, através da Secretaria de Saúde (Semus), intensifica as ações em diversos pontos da cidade. 

Programação inclui palestra com especialistas e atendimentos específicos.

Nesta terça-feira (24), os atendimentos estão sendo realizados no Centro do Toinho, e na próxima quinta-feira (26), será a vez do Centro dos Carlos. 




Fim das coligações reduz número de partidos nas Câmaras em 73% das cidades


Impacto foi maior nas pequenas cidades. Queda da fragmentação partidária, segundo professor da FGV, forçará líderes políticos a rever estratégias eleitorais.

Por Fábio Vasconcellos, G1


O fim das coligações para eleições de cargos proporcionais provocou uma reviravolta nas Câmaras pelo país, sobretudo nas pequenas e médias cidades. Um levantamento feito pelo G1 com base nos resultados das disputas em mais de 5 mil municípios mostra que, em 73% deles, houve redução no número de partidos com representação nos Legislativos municipa total de cidades que tinham até três partidos subiu de 262 para 1.565. Houve crescimento também, mas um pouco menor (17%), no total de cidades que tinham entre 4 e 6 partidos.

No geral, Câmaras com até seis partidos, que até 2016 representavam 50% dos municípios, agora são 82% do total. Em contrapartida, caiu a quantidade de municípios com mais de seis legendas nos Legislativos locais. Em 2016, essas cidades representavam 50% do total; agora, são apenas 18%.

Os dados sugerem uma redução da chamada fragmentação partidária nos municípios. Isso pode ter efeitos positivos para os prefeitos, que deverão negociar com menos legendas para governar, na análise de especialistas.

Após derrota de Nelson Horácio, prefeitura tem movimentações suspeitas e computadores e notebooks são as principais vítimas

 


O prefeito derrotado Nelson Horácio, da cidade de Porto Franco, ainda não autorizou o inicio da transição da nova gestão do prefeito eleito Deoclides Macedo e ainda mandou colocar tapumes sobre os portões da prefeitura para esconder as movimentações suspeitas.

Segundo informações de servidores, praticamente todos os setores da prefeitura estão tento saques e é provável que o prefeito eleito tenha que refazer as estruturas e até comprar novos equipamentos e móveis. Segundo o ex-aliado de Nelson Horácio, que abandonou os barco poucos minutos antes de afundar, computadores e notebooks estariam sendo formatados e HD estariam sendo retirados às escuras da prefeitura. 

O prefeito derrotado, Nelson Horácio, assim como outros prefeitos que não leem blogs na região e ainda responde sempre com deboche a população, comprou 5 fazendas somente em 4 quatro anos de mandato.

As denuncias abarrotam a vida pública do prefeito, médico e fazendeiro e devem persegui-lo durante sua vida, visto que diferente de outro prefeito da região que não respondeu sobre compra de fazendas em nome de laranjas, Nelson registrou tudo no nome dele.



Denuncias sobre aquisições suspeitas ainda não foram respondidas pelo prefeito Assis Ramos

 


Um dos mandatos mais polêmicos da história da cidade de Imperatriz, esta é a forma mais resumida do primeiro mandato da gestão do atual prefeito Assis Ramos, reeleito como um dos mais impopulares, com apenas pouco mais de 26 mil votos.

Denuncias graves na saúde, suspeitas de enriquecimento, compras investigadas pelo Ministério Público e pela câmara de vereadores, ainda não foram esclarecidas pela administração pública, esta que tem obrigação de publicar seus atos, ainda esconde no próprio portal da transparências o que deveria ser visível. 

No ponto alto da campanha eleitoral uma enxurrada de denuncias não foram exportas a sociedade, como a denuncia do ministério público sobre a aquisição da fazenda São Francisco (veja aqui) e compra de mansões, feitas pelo vereador Ditola. 

O que espera, ainda, que o prefeito Assis Ramos venha a público defender-se das denuncias, já que é prefeito reeleito e deve tal justificativa a sociedade. Por outro lado, a tropa de advogados estão instruídos a entrar com várias ações para suprimir o direito da imprensa de publicar os atos suspeitos do executivo. 

Para que a atual gestão esteja com intuito decente, com dever dentro dos princípios da administração pública, um dos atos do prefeito Assis Ramos, deveria ser o esclarecimento a sociedade sobre as denuncias que circularam durante a campanha e que possuem fortes indícios de irregularidades.  

Mas isso tudo são apenas pontos de uma gestão capenga e cansada, e que dificilmente se pode esperar que tudo isso venha a público a não ser por parte de uma grande investigação dos aparatos da justiça, pois a imprensa que tem seu dever dentro desse processo democrático, pode estar com os dias contados minados por ações judiciais.



Setor de comércio contribuiu para o crescimento do PIB no Maranhão

 

Crescimento real da economia maranhense foi de 2,9% em 2018 (Foto: Handson Chagas)

Recentemente foi divulgado o último PIB, o de 2018, e o Maranhão foi o estado que mais cresceu no Nordeste, de acordo com dados do IBGE. O PIB é a soma do valor dos bens e serviços finais produzidos numa economia em determinado período, é o agregado macroeconômico considerado como principal indicador da atividade econômica no país.

De acordo com o IBGE, o crescimento real da economia maranhense foi de 2,9% em 2018, a maior alta em todo o Nordeste. E também acima da média do Brasil, que ficou em 1,8%. 

Mas quais indicadores impactaram a economia maranhense em 2018?

Em recente apresentação, o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) divulgou que a produção industrial cresceu 3%, contra a retração de 2,5% em 2017, puxado pela atividade de metalurgia, segundo dados da Pesquisa Industrial Anual (PIA). 

A atividade de comércio varejista apresentou avanço de 6,1% no volume de vendas, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC). O setor primário apresentou uma queda na produção, porém a safra de grãos do Maranhão bateu recorde em 2018.  “A queda na produção do milho foi destacada por uma alteração do tipo de cultivo. O milho cedeu lugar pra soja e nós tivemos um recorde na safra de grãos”, disse o presidente do IMESC, Dionatan Carvalho. 

Empregos

Do ponto vista do mercado trabalho formal, houve uma ampliação dos empregos formais, com o aumento contratações. A remuneração média do emprego formal ficou em R$ 2.645,00, representando um crescimento nominal de 1,3% em relação ao ano anterior. 

O estoque de emprego formal chegou a 747.143, o que significa crescimento de 4,8% em relação ao ano anterior.

Centro Comercial Calçadão, em Imperatriz, recebe decoração natalina

 


Gilberto Léda

O Centro Comercial Calçadão, em Imperatriz, recebeu nesta semana toda a decoração natalina e está totalmente pronto para o início das festividades.

Esta belíssima decoração foi possível por conta de parceria entre a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, representada pelo Dr. Edmar Nabarro; a Secretaria de Cultura do Maranhão, representada pelo secretário Anderson Lindoso; e Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste Maranhense – AGEMSUL, representada pelo presidente, Frederico Clementino Ângelo.

Os comerciantes do maior centro comercial coberto do Maranhão e toda a população da nossa região, podem desfrutar da decoração natalina.

Parcerias importantes com objetivos fortes e quem ganha é a economia, os comerciantes e toda a população!

24 novembro 2020

João Silva presidente, o blefe?

 


O prefeito Assis Ramos iniciou a articulação para a nova composição da câmara de vereadores de Imperatriz. Com uma base grande de vereadores eleitos por sua chapa, dificilmente não elegerá o próximo presidente, apesar que, teoricamente, o executivo não deveria interferir, o que não ocorre de fato.

Mas quem acredita que Assis tem interesse na eleição de João Silva?

João Silva sempre ocupa lugares privilegiados, como líder do governo, comissão de Constituição e Justiça, mas presidente, mesmo ao longo de uma vida no legislativo mirim, jamais conseguiu ocupar.

Seria agora a vez do vereador João Silva?

Para os mais céticos João Silva tem uma habilidade para líder do Governo mas dificilmente seria o presidente ideal, visto que o cargo é o gargalo do executivo, a não ser que o prefeito esteja realmente disposto a saciar a sede do parlamentar.  Mas isso são condições guardadas em sete chaves pela equipe de pensadores do governo. 

Se eleito presidente, será o feito histórico, como a reeleição impopular do prefeito, a segunda reeleição e quebra de paradigmas eleitorais, só não pode contar que seria o fim da oposição no parlamento, como ocorreu nos últimos dois biênios com o ainda presidente José Carlos, da mesma linhagem e saga também histórica do advogado e professor João Silva.

19 novembro 2020

Transparência e desejo popular confirmam vitória de Vilson Soares em João Lisboa


A população de João Lisboa elegeu Vilson Soares (PDT) para prefeito com 7.589 votos.
Diante da vitória do candidato Vilson Soares, confirmando assim o desejo do povo, o grupo oposicionista formado por ex-prefeitos tentam a todo o momento, de forma leviana, denegrir a imagem da Coligação vitoriosa e confundir a população que o elegeu.
Com diversas acusações infundadas a oposição de João Lisboa busca de qualquer forma distorcer uma campanha limpa, baseada na verdade e que mostrou as melhores propostas para a população, assim sendo, a escolha foi feita de forma democrática e transparente.
A vergonha ficou para a Coligação do PV que antes de encerrar a apuração das urnas comemorou a “vitória” com carreata passeando pelas principais Avenidas da cidade. Após percorrer boa parte do percurso descobriram que não obtiveram a vitória e pararam imediatamente a comemoração.
Diante desse ocorrido a oposição tenta desesperadamente mudar o resultado da Eleição de maneira descabida, chegando a publicar em redes sociais acusações, ofensas e dentre outros ataques. Chegando a pedir a recontagem de votos. Acusando o TSE de fraude. 
Não existe nenhuma acusação que ligue Vilson Soares com denuncias de compras de voto ou de qualquer outro crime. O que existe são acusações infundadas contra um eleitor que foi abordado e sumariamente detido pelo soldado Franksuel. Este soldado por diversas vezes foi visto nas caminhadas e passeatas do candidato Fábio Holanda (PV), até mesmo sendo registrado através de fotos e vídeos sempre ao lado do candidato. O que nos leva a acreditar em uma armação política para atrapalhar e tumultuar o pleito.
A população de João Lisboa tem se manifestado nas ruas e também nas redes sociais em favor da democracia na qual elegeu Vilson Soares e que não compactua com quem não se contenta com o resultado das urnas.

18 novembro 2020

Glacial apanha no São José...


A festa de comemoração do vereador eleito foi regado a cerveja glacial. Apesar da sua liderança estar bem nas regiões periféricas da cidade, os consumidores não teriam gostado muito da marca do apreritivo do "rasga bofe" 0800.

Num áudio que circula junto com a foto acima a militância reclama. "Poderia ser pelo menos brhama"

Em João Lisboa, prefeitura mantém frentes de serviços


Seguem os serviços de manutenção de estrada que dá acesso a diversos povoados do município. O prefeito Jairo Madeira vistoriou as obras e aproveitou para anunciar que já concluiu estrada que liga o Povoado Centro dos Carlos ao Mussambê, com interligação ao Arapari.

Sonhos que se realizam com trabalho e compromisso, fruto de recursos próprios do município.


Página 'Imperatrizonline' faz piada com imagem de mulheres em Imperatriz e gera revolta


 Imagem de candidatas mulheres que zeraram votação foram expostas de forma pejorativa e gerou revolta. "porquê mulheres?", indagou uma das mulheres que se sentiram prejudicas com a postagem.

 Em um post grosseiro e bastante deselegante, a pagina Imperatrizonline publicou em sua página a imagem de 3 mulheres que registraram candidatura a vereadora em Imperatriz mas por algum motivo, obviamente, não fizeram campanha e portanto, zeraram sua votação. Suas fotos foram expostas logo na primeira manchete, prejudicando a imagem e as constrangendo.

A forma publicada na página diz, "😊 Enquanto a vereadora mais votada da cidade obteve 2.239, teve candidato em Imperatriz que não votou nem nele mesmo. 😂" -

Nenhuma das candidatas foram procuradas pela página, que não se preocupou em apurar,  os reais motivos que a fizeram desistir de suas candidaturas.

Em contato com o candidato João Cleber, do PROS, que apresenta votação zerada, o mesmo informou que por motivos de saúde preferiu não concorrer as eleições, mesmo após ter registrado sua candidatura. Em outro caso, a assistente social Luzimar Mourão (CIDADANIA), que disse já estar preparando uma ação pelos Danos Morais causado pela página. Disse ainda que desistiu de fazer campanha por conta da desorganização e abandono do partido, tanto na diretoria municipal e Estadual, além de denuncias de prováveis abusos contra mulheres praticado por um membro do partido. “Jamais, como Assistente Social, poderia compactuar com um partido nessa situação” Me sinto extremamente ofendida pela postagem, que nenhum momento me procurou para ouvir as razões de não ter tido votos e ainda expôs a imagem de várias mulheres de forma pejorativa em sua página”, denunciou.  “Porquê não expuseram fotos de candidatos homens, mas logo de cara, mulheres, as mais prejudicadas numa sociedade machista e atrasada?”, questionou.

Do PSL, muitas candidatas desistiram por conta da aliança forçada com o então candidato Assis Ramos. 

A página Imperatrizonline tem se especializado em destruir imagens e tratar até na eleição majoritária municipal, uma verdadeira “palhaçada”, como ocorreu na entrevista com os candidatos a prefeito Manoel Garimpeiro e Aluizio Melo, que se viram constrangidos num enorme descontrole e gargalhadas dos âncoras da entrevista, demonstrando total desrespeito com os candidatos e despreparo para condução de temas tão importantes.

A página Imperatrizonline ainda está muito longe de ser o que pretende na comunicação local, e deve começar pela construção do objetivo da empresa, de forma ética, moral e imparcialidade, o que de fato não ocorreu nesta eleição.


 

Prefeitura de João Lisboa intensifica operação tapa-buracos

 
A Prefeitura de João Lisboa,  por meio da Secretaria de Infrequente,  está realizando a operação tapa-buracos na Rua das Margaridas e Avenida Sete de Setembro, no bairro Mutirão. Objetivo é melhorar a mobilidade urbana. 
Obras estão sendo executadas com recursos do Tesouro Municipal, através da administração do prefeito Jairo Madeira. “As frentes de trabalho estão orientadas a realizar o maior número de serviço possível”, destacou o gestor municipal.

17 novembro 2020

Confira a lista dos prefeitos eleitos em todo o Maranhão


A equipe de reportagem do site do Luís Pablo fez o levantamento dos prefeitos eleitos nos 217 municípios do Estado do Maranhão.

Na relação consta somente 214 eleitos, porque 3 três cidades ficaram sub judice (ou seja: aguardando o julgamento final do registro de candidatura dos candidatos pelo TSE – Tibunal Superior Eleitoral).

VEJA ABAIXO:

Açailândia: Aluísio (Republicanos) com 43,16%
Afonso Cunha: Arquimedes Bacelar (PDT) com 47,67%
Água Doce do Maranhão: Thalita Dias (MDB) com 53,22%
Alcântara: Padre William (PL) com 60,29%
Aldeia Altas: Kedson (PL) com 52,73%
Altamira do Maranhão: Ileilda do Queijo (PDT) com 39,63%
Alto Alegre do Maranhão: Nilsilene do Liorne (PL) com 55,13%
Alto Alegre do Pindaré: Fufuca (PP) com 61,56%
Alto Parnaíba: Itamar Vieira (PDT) com 49,34%
Amapá do Maranhão: Nelene Gomes (PDT) com 36,84%
Amarante do Maranhão: Vanderly do Comércio (Patriota) com 50,99%
Anajatuba: Helder Aragão (MDB) com 59,31%
Anapurus: Professora Vanderly (PCdoB) com 57,65%
Apicum-Açu: Zequinha Ribeiro (PSC) com 49,48%
Araguanã: Flávio Amorim (PL) com 60,32%
Araioses: Luciana Trinta (PCdoB) com 32,37%
Arame: Pedro Fernandes (PTB) com 41,56%
Arari: Rui Filho (PTB) com 52,50%
Axixá: Sônia Campos (PDT) com 44,50%

Bacabal: Edvan Brandão (PDT) com 55,02%
Bacabeira: Fernanda Gonçalo (PMN_ com 57,29%
Bacurituba: Letícia de Siba (PSD) com 40,34%
Balsas: Dr. Erik (PDT) com 83,97%
Barão de Grajaú: Claudimê (PSD) com 50,54%
Barra do Corda: Rigo Teles (PL) com 56,20%
Barreirinhas: Dr Amilcar (PCdoB) com 59,18%
Bela Vista do Maranhão: Augusto Filho (PL) com 73,48%
Belágua: Herlon Costa (PSC) com 61,40%
Benedito Leite: Ramon Barros (PCdoB) com 51,96%
Bequimão: João Martins (MDB) com 50,71%
Bernardo do Mearim: Junior Xavier (PDT) com 73,78%
Boa Vista do Gurupi: Dilcilene Oliveira (PL) com 51,88%
Bom Jardim: Cristiane Varão (PL) com 33,41%
Bom Jesus das Selvas: Fernando Coelho (PDT) com 57,40%
Brejo: Zé Farias (PDT) com 60,10%
Brejo de Areia: Chico Eduardo (DEM) com 54,92%
Buriti: Arnaldo Cardoso (PL) com 48,02%
Buriti Bravo: Luciana Leocadio (PCdoB) com 54,74%

Cachoeira Grande: Cesar Castro (PL) com 69,81%
Cajapió: Dr Marcone (DEM) com 52,42%
Cajari: Dra Maria Felix (PDT) com 46,57%
Campestre do Maranhão: Fernando Bermuda (PSB) com 41,32%
Cândido Mendes: Facinho (PL) com 48,49%
Cantanhede: Zé Martinho (PDT) com 56,39%
Capinzal do Norte: Andrè Portela (PCdoB) com 65,26%
Carolina: Dr Erivelton (PL) com 51,16%
Carutapera: Dr Airton (Solidariedade) com 43,96%
Caxias: Fábio Gentil (Republicanos) com 78,17%
Cedral: Fernando Cuba (Republicanos) com 44,93%
Central do Maranhão: Fechincha (Republicanos) com 47,64%
Centro do Guilherme: Zé de Dário (PL) com 84,52%
Centro Novo do Maranhão: Junior Garimpeiro (PP) com 45,76%
Chapadinha: Belezinha (PL) com 41,29%
Cidelândia: Fernando Teixeira (PP) com 62,03%
Codó: Dr Zé Francisco (PSD) com 52,80%
Coelho Neto: Bruno Silva (PP) com 58, 52%
Colinas: Valmira Miranda (Republicanos) com 55,59%
Conceição do Lago Açu: Alexandre Lavepel (PL) com 50,26%
Coroatá: Luis da Amovelar Filho (PT) com 43,35%
Cururupu: Aldo Lopes (PSB) com 48,89%

Davinópolis: Raimundo Coquinho (Avante) com 32,33%
Dom Pedro: Galego Mota (Solidariedade) com 56,10%
Duque Bacelar: Flávio Furtado (PDT) com 64,69%

Esperantinópolis: Aluisinho (PTB) com 59,05%
Estreito: Leo Cunha (PL) com 34,68%

Feira Nova do Maranhão: Luiza Coutinho (PSD) com 53,63%
Fernando Falcão: Raimunda do Josemar (PDT) com 53,88%
Formosa da Serra Negra: Cirineu Costa (PL) com 50,08%
Fortaleza dos Nogueiras: Ntanzinho (PP) com 63,78%
Fortuna: Sebastião (PTB) com 60,46%

Godofredo Viana: Sissi Viana (Republicanos) com 56,25%
Gonçalves Dias: Toinho Patioba (DEM) com 52,84%
Governador Archer: Professora Leide (PDT) com 53,91%
Governador Edison Lobão: Professor Geraldo Braga ( PCdo B) com 46,22%
Governador Eugênio Barros: Chiquinho do Banco (PDT) com 41,47%
Governador Luiz Rocha: Zezão (PSDB) com 37,85%
Governador Newton Bello: Roberto do Posto (PL) com 57,58%
Graça Aranha: Bira (PDT) com 53,80%
Grajaú: Mercial Arruda (MDB) com 50,18%
Guimarães: Osvaldo Gomes (PDT) com 47,52%

Icatu: Walace (Republicanos) com 39,9%
Igarapé do Meio: Almeida (PL) com 62,04%
Igarapé Grande: Erlanio Xavier (PDT) com 84,44%
Imperatriz: Assis (DEM) com 26,04%
Itaipava do Grajaú: Junior do Posto (PDT) com 50,33%
Itapecuru Mirim: Coroba (PSB0 com 50,07%
Itinga do Maranhão: Lucio (PSDB) com 34,43%

Jatobá: Robertinho (PTB) com 51,97%
Joselândia: Raimundo Zuca (PDT) com 54,80%
Junco do Maranhão: Antônio Filho (PCdoB) com 56,07%

Lagoa do Mato: Dr Alex Duarte (PP) com 60,39%
Lajeado Novo: Ana Léa (PDT) com 47,23%
Lima Campos: Dirce do Jailson (PDT) com 65,78%
Loreto: Germano Coelho (Republicanos) com 49,29%
Luis Domingues: Gilberto Braga (PSDB) com 60,38%

Magalhães de Almeida: Nonato Carvalho (MDB) com 49,62%
Maracaçumé: Tio Gal (PL) com 52,29%
Marajá do Sena: Lindomar Araújo (DEM) com 52,43%
Mata Roma: Besaliel (PDT) com 49,98%
Matinha: Linielda de Eldo (PCdoB) com 52,50%
Matões: Ferdinando Coutinho (DEM) com 52,45%
Matões do Norte: Solimar (PDT) com 41,44%
Milagres do Maranhão: José Augusto (Republicanos) com 51,37%
Mirador: Domingas Cabral (Republicanos) com 57,87%
Miranda do Norte: Angélica (PL) com 52,63%
Mirinzal: Amaury (PP) com 48,21%
Monção: Cláudia Silva (PL) com 52,28%
Montes Altos: Domingos França (PTB) com 56,65%
Morros: Paraiba (PL) com 56,74%

Nina Rodrigues: Rodrigues da Iara (PDT) com 75,17%
Nova Colinas: Josa (PCdoB) com 61,17%
Nova Iorque: Daniel Castro (PL) com 52,13%
Nova Olinda do Maranhão: Iracy Weba (PP) com 57,91%

Olho d´´Agua das Cunhãs: Glauber Azevedo (PCdoB) com 52,98%
Olinda Nova do Maranhão: Conceição (PDT) com 60,06%

Paço do Lumiar: Paula (PCdoB) com 46,85%
Palmeirândia: Edilson da Alvorada (Republicanos) com 57,27%
Paraibano: Vanessa Furtado (PTB) com 54,42%
Parnarama: Raimundo Silveira (PROS) com 52,80%
Passagem Franca: Marlon Torres (PTB) com 51,43%
Pastos Bons: Enoque Mota (PTB) com 51,52%
Paulo Ramos: Adailson Machado (PP) com 50,61%
Pedreiras: Vanessa Maia (Solidariedade) com 36,63%
Pedro do Rosário: Toca Serra (PCdoB) com 53,53%
Penalva: Ronildo Campos (PP) com 55,10%
Peri Mirim: Heliezer do Povo (PCdoB) com 68,69%
Peritoró: Dr Junior (PP) com 60,72%
Pindaré-Mirim: Alexandre Colares (Republicanos) com 67,94%
Pinheiro: Luciano Genésio (PP) com 56,81%
Pirapemas: Fernando Cutrim (Republicanos) com 51,21%
Poção de Pedras: Francisco Pinheiro (PDT) com 51,20%
Porto Franco: Deoclides Macedo (PDT) com 58,96%
Porto Rico do Maranhão: Aldon Brown (PL) com 42,54%
Presidente Dutra: Raimundinho da Audiolar (Republicanos) com 66,68%
Presidente Juscelino: Dr Pedro Paulo (PL) com 69,96%
Presidente Médice: Dr Cçula Coelho (Republicanos) com 50,78%
Presidente Sarney: Valéria (PCdoB) com 43,78%
Primeira Cruz: Nilson do Cassó (Republicanos) com 54,18%
Raposa: Eudes Barros (PL) com 42,92%

Riachão: Ruggero Felipe (Patriota) com 45,88%
Ribamar Fiquene: Cociflan (PDT) com 47,74%
Rosário: Calvet Filho (PSC) com 51, 86%

Sambaíba: Fátima Dantas (PP) com 54,60%
Santa Filomena do Maranhão: Salomão (PP) com 50,75%
Santa Helena: Zezildo Almeida (PTB) com 47%
Santa Inês: Felipe dos Pneus (Republicanos) com 50,48%
Santa Luzia: França do Macaquinho (PP) com 60,17%
Santa Luzia do Paruá: Vilson Ferraz (PL) com 53,64%
Santa Quitéria do Maranhão: Samia Moreira (MDB) com 52,78%
Santa Rita: Dr Hilton (PMN) com 56,32%
Santana do Maranhão: Marcio Santiago (PL) com 56,12%
Santo Amaro do maranhão: Leandro Moura (PCdoB) com 57,77%
Santo Antônio dos Lopes: Bigu de Oliveira (PDT) com 68,68%
São Benedito do Rio Preto: Wallas Rocha (PSC) com 50,65%
São Bento: Dino Penha (PL) com 55,62%
São Bernardo: João Igor (PDT) com 57,31%
São Domingos do Azeitão: Júnior do Posto (Republicanos) com 55,28%
São Domingos do Maranhão: Kleber Tratorzão (PP) com 45,34%
São Félix de Balsas: Marcio Pontes (PCdoB) com 57,15%
São Francisco do Brejão: Ronei Alencar (PSL) com 57,65%
São Francisco do Maranhão: Adelbarto (PCdo B) com 74,93%
São João Batista: Mecinho (PSC) com 46,12%
São João do Caru: Peteca (Republicanos) com 64,88%
São João do Paraíso: Beto Regis (PCdo B) com 48,16%
São João do Sóter: Josa (Republicanos) com 58,21%
São João dos Patos: Dr Alexandre (PTB) com 67,69%
São José de Ribamar: Dr Julinho (PL) com 36,23%
São José dos Basílios: Farinha Paé (Republicanos) com 50,41%
São Luís Gonzaga do Maranhão: Dr Júnior (PDT) com 51,21%
São Mateus do Maranhão: Ivo Rezende (PSB) com 53,24%
São Pedro da Água Branca: Marília Gonçalves (PTB) com 33,49%
São Pedro dos Crentes: Dr Lahesio Bonfim (PSL) com 90,11%
São Raimundo das Mangabeiras: Accioly Cardoso (PSD) com 55,20%
São Raimundo do Doca Bezerra: Seliton Miranda (PDT) com 56,40%
São Roberto: Danielly Trabulsi (PTB0 com 48,27%
São Vicente Ferrer: Adriano Freitas (DEM) com 42,37%
Satubinha: Santos Franklin (PL) com 56,05%
Senador Alexandre Costa: Dr Orlando (PCdoB) com 56,65%
Serrano do Maranhão: Val Cunha (PL) com 69,38%
Sítio Novo: Antônio Coelho (PDT) com 62,20%
Sucupira do Norte: Marcony (Cidadania) com 53,64%
Sucupira do Riachão: Walter Azevedo (DEM) com 55,70%

Tasso Fragoso: Dr Roberth (Republicanos) com 53,14%
Timbiras: Dr Antônio Borba (Patriota) com 50,66%
Timon: Dinair Veloso (PSB0 com 40,23%
Trizidela d Vale: Dr Deibson Bale (PDT) com 64,42%
Tufilânda: Vilde (PL) com 62,70%
Tuntum: Fernando Pessoa (Solidariedade) com 55,14%
Turiaçu: Edesio Cavalcanti (Republicanos) com 54,96%
Turilândia: Paulo Curió (PTB) com 62,22%
Tutóia: Diringa (PDT) com 47,19%

Urbano Santos: Professor Clemilton (PSC) com 57,85%

Vargem Grande: Carlinhos Barros o CB (PCdoB) com 56,10%
Viana: Carrinho (PL) com 36,54%
Vila Nova dos Martírios: Jorge Vieira (PL) com 54,30%
Vitória do Mearim: Nato da Nordestina (PL) com 44,28%
Vitorino Freire: Luanna (DEM) 59,48%

Zé Doca: Josinha Cunha (PL) com 72,22%