17 junho 2013

Revolta: Tio do taxista morto, também taxista, foi esfaqueado no inicio do mês...

Morto na estrada da Fazenda Lagoinha, o taxista Tarcisio Carvalho Viana teria recebido a ligação para realizar a corrida no seu celular. O mesmo foi encontrado ainda com vida no local do assalto, após ter sido alvejado por arma de fogo, mas morreu logo ao dar entrada no Hospital Municipal, após ser levado pelo SAMU.
Tarcisio Viana
Amigos e familiares permanecem chocados com a noticia e aguardam as investigações para que a policia possa localizar e prender os acusados pelo latrocínio e o celular da vitima pode ser uma das principais peças para a investigação.

No dia 03, deste mês, Raimundo Rodrigues, que é tio de Tarcisio Viana, foi esfaqueado mas sobreviveu aos ferimentos após ser socorrido por moradores do local próximo onde ele foi jogado, ao contrario do sobrinho.

Raimundo Rodrigues Carvalho, conhecido por Kuduro, transportava 3 menores, quando foi atacado na Avenida Jk. Um dos menores estava com uma arma branca quando anunciou o assalto.

O taxista reagiu ao assalto, sendo ferido nas costas. Um dos menores que estava no banco da frente, quando estava fugindo, foi ferido no ombro pelo taxista. Os três menores, que conseguiram fugir, são moradores do bairro Boca da Mata e foram detidos pela policia quando um dos bandidos procurou o Hospital para tratar de um ferimento ocasionado na luta corporal com o taxista.

 Logo após a prisão dos acusados do assalto ao Sr. Raimundo, jovens do mesmo bairro que os assaltantes postaram frases na pagina social facebook condenando o Estado pela prisão dos menores e pedindo que os soltasse.

Menores preso, que esfaquearam o tio de Tarcisio.
Pela lei que rege a atitude desses menores (vagabundos) delinquentes, em poucos dias os mesmos devem estar soltos, prontos para praticarem mais crimes.

Tarcísio Viana possuía boa conduta e era muito conhecido, inclusive sendo solicitado por pessoas conhecidas da cidade.

Seu carro foi abandonado próximo a ponte que dá acesso ao Estado ao Tocantins, local onde hoje tem uma barreira policial do Estado do Maranhão e outra da policia do Tocantins.

Taxistas tem sido alvo de bandidos, que tem os assaltados frequentemente, além do caso do esfaqueamento sofrido pelo tio de Tarcirio, outro caso de roubo foi registrado a semana passada, mas os bandidos também abandonaram o veículo.
Postar um comentário