09 setembro 2013

Post de promotor de Justiça sugere enxovalhada de ações contra Madeira

Um post divulgado nas redes sociais, na página do facebook do promotor de Justiça Joaquim Júnior revela, quem sabe, as motivações que pretendem inviabilizar, na Justiça, o segundo bem-sucedido mandato do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.
Chefe da promotoria comemorou...
Joaquim se congratula com o colega Albert Lages Mendes por ter ajuizado ação civil pública em face do prefeito Sebastião Madeira por eventual crime de improbidade administrativa, que teria sido observada no contrato da Open Door com o Município de Imperatriz, senão vejamos:  O Procurador Geral de Imperatriz, Dr. Gilson Ramalho de Lima, ao saber da informação, contestou o promotor de Justiça, sustentando que a postura do MP foi precipitada porque não observou os documentos juntados no procedimento administrativo, os quais revelam que não houve nem prejuízo ao erário nem ilegalidade no contrato.
Todavia, o que chama atenção é o animus, não tão subliminar, da mensagem postada no face book pelo representante do Ministério Público.
Ao que tudo indica, não são só dos adversários políticos de Madeira que não se conformam com sua reeleição...
Te cuida, Madeira, uma enxovalhada de ações certamente vão vir por ai...

Postar um comentário