01 abril 2014

Aécio diz que Dilma zomba do país...

O senador Aécio Neves (MG), pré-candidato do PSDB à Presidência da República, disse na manhã  que o governo tenta criar "subterfúgios" para impedir a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a Petrobras no Senado. Segundo ele, essa atitude é como "zombar da sociedade brasileira".

O senador voltou a falar sobre o assunto após apresentação em um dos principais eventos do turismo no país, o Panrotas, em São Paulo. "Temos que, acima das nossas posições de oposição ou de situação, cumprir a Constituição e o regimento. As assinaturas foram obtidas. Existe um fato determinado para justificar a criação da CPI no Senado. O que me preocupa são as manobras da base governista, que, parece, não quer investigar aquilo que hoje assusta a sociedade brasileira", disse Aécio.

"A CPI é um instrumento da minoria que não ninguém pode tirar. Senão, estamos solapando a própria a própria democracia. (...) O governo tem maioria. Agora, querer criar dentro da CPI, já protocolada, subterfúgios para que as investigações não ocorram, como eu disse, é zombar da sociedade brasileira."

Durante sua apresentação, Aécio voltou a criticar o que chamou de aparelhamento do Estado e disse que a gestão da presidente Dilma Rousseff não dá a devida importância à área. Segundo ele, a pasta do Turismo precisa sair da "mercantilização da política". Aécio falou logo após Vinicius Lages, nomeado há menos de 20 dias pela presidente Dilma Rousseff. A indicação de Lages foi atribuída à bancada do PMDB no Senado. (Folha Poder)
Postar um comentário