25 outubro 2016

WELLINGTON E FLÁVIO DINO ENTRAM NO JOGO ELEITORAL DE SÃO LUIS


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) declarou, na tarde desta segunda-feira, 24, da tribuna da Assembleia Legislativa, o apoio ao candidato a prefeito Eduardo Braide-33.
Dono de um prestígio popular legitimado em mais de 100 mil votos conquistados no primeiro turno da eleição em São Luis, o apoio de Wellington pode agregar valor eleitoral a Braide a ponto de decidir o pleito a favor do adversário do prefeito Edivaldo-12.
O ideal seria que o anúncio tivesse sido feito logo nos primeiros dias após o resultado do primeiro turno para dar maior volume à campanha do "33", mas, é aquela história: antes tarde do que nunca.
A declaração de apoio de Wellington a Braide não só foi o grande fato político deste segundo turno, como obrigou o governador Flávio Dino a sair da "toca" e, enfim, vir a público pedir voto para a reeleição do prefeito Edivaldo, que há tempos vinha lutava por tal declaração.
O fato é que esta segunda-feira acabou com jeitinho de disputa entre deputado Wellington e o governador Flávio, hoje, talvez, os dois maiores cabos eleitorais de São Luis.
No domingo, 30 de outubro, as urnas dirão que vai levar a melhor.
Se de Edivaldo é vitória de Dino.
Se der Braide, não há como negar que é mais uma vitória desse lutador que atende pelo nome político de Wellington do Curso.
Que pode, inclusive, vir se tornar um dos principais líderes da oposição ao governo comunista no Maranhão.

Por Robert Lobato
Postar um comentário