13 março 2017

Um ano após polêmica envolvendo deputado, Praça da bíblia será licitada.


Gravação apelidada de "audio Bomba" também teria exterminado candidatura precoce do parlamentar.

Um ano após a polêmica sobre a reforma da Praça da Bíblia em Imperatriz, ocasionado por vazamento da gravação de uma suposta intermediação envolvendo o Deputado Estadual e vice-líder do governo, Marco Aurélio (PC do B), a SINFRA (Secretaria de Infraestrutura do Estado) comandada pelo Secretário Clayton Noleto, a obra volta a pauta e pode ser licitada.

A Licitação está marcada para amanhã (14 de Março) às 09 horas no Centro Administrativo do Estado, em São Luis.

O processo administrativo N°0923861/2016 tem por objetivo a contratação de Empresa Especializada para Construção e Urbanização da Praça da Biblia, em Imperatriz. 

Foram mais de dois anos de espera após o anuncio da reforma, em meio as polêmicas que culminaram inclusive com a retirada da candidatura do Deputado a prefeito de Imperatriz. 

Relembre_

Em uma gravação misteriosa e até hoje não explicada, o parlamentar do PC do B conversa com uma pessoa sobre seu encontro com o Secretário Clayton Noleto, onde teriam tratado da obra da Praça que deveria ser inaugurada antes das eleições para beneficiar sua campanha à prefeitura. Marco Aurélio diz, claramente, que “se [a obra] for licitar vai [demorar] mais 60 dias. Aí não vai servir pra nós politicamente. Aí não vai mais servir. Vai inaugurar depois da eleição entendeu? E pra nós o grande trunfo é inaugurar antes da campanha”.


O vazamento do áudio tomou proporções gigantescas e foi divulgado em todo o Estado, na época, exterminou de vez as intenções do parlamentar em candidatar-se prematuramente a prefeito de Imperatriz.

Postar um comentário