10 abril 2017

Vigilantes da ELETRONORTE entram em greve e funcionários param por falta de segurança.

Vigilantes da prestadora de Serviços VIP que realiza a segurança da ELETRONORTE/Imperatriz, entraram em greve nesta segunda-feira (10) e não permitiram a entrada dos operadores da companhia na parte interna da empresa.

Segundo os grevistas, a prestadora completou 2 meses sem realizar o pagamento dos vigilantes. 

O sindicato da categoria negocia o retorno dos vigilantes.

A falta de segurança interna também motivaram os servidores da companhia a não entrar na área de operação. A ELETRONORTE é responsável pela geração e fornecimento de energia elétrica aos nove estados da Amazônia Legal – Acre, Amapá,  Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Por meio do Sistema Interligado Nacional.

Qualquer possibilidade de problemas técnicos podem passar despercebido pela operação do sistema nesta região.










Postar um comentário