21 julho 2017

Prefeitura de João Lisboa promove XII Conferencia Municipal de Saúde

Com o tema “Os desafios do Gestor Municipal e a Importância dos usuários no processo da gestão SUS”, aconteceu na manhã desta quinta-feira, (20), na Escola Paulo Madeira, no bairro Cidade Nova, a XII Conferência Municipal de Saúde. Os participantes da XII Conferência Municipal de Saúde foram distribuídos em duas categorias: Delegados, com direito a voz e voto e observadores e convidados, com direito a voz. 

Estiveram presentes, o prefeito Jairo Madeira, a Vice Maria do Nilson, secretários, vereadores, gestores, coordenadores, educadores, sociedade civil e eclesiástica e a Gestora Regional de Saúde Drª Iracilda Viana. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Dr. Cleonaldo Diniz, as conferencias municipais de saúde são de fundamental importância para o bom funcionamento da gestão municipal. Ainda segundo o secretário, é por meio das conferencias que é possível avaliar de maneira eficaz a situação do município e propor as diretrizes para a população das políticas de saúde prevista na Lei 8.142/90. 


“A Conferencia Municipal de Saúde deve acontecer a cada dois anos e contar com representantes de vários segmentos da sociedade: usuários, trabalhadores, prestadores e gestores” destacou, Cleonaldo Diniz, acrescentando que por se tratar de uma construção coletiva, os debates servirão de base para a construção do Plano Municipal de Saúde, finalizou. 

Dr. Cleonaldo destaca ainda que a contribuição de todos é fator determinante para a construção e fortalecimento do SUS, e que somente com a ampla participação sociedade conseguirá o SUS, que todos desejam. 

Ao fazer o uso da palavra o prefeito Jairo agradeceu a todos e disse que a Conferencia é importante para que a sociedade num todo possa discutir amplamente as necessidades da saúde. 

Disse ainda que a maioria das propostas servirá para desenvolver de forma significativa o futuro da saúde de João Lisboa e ressaltou que o tema escolhido é bastante sugestivo, “Os desafios do Gestor Municipal e a Importância dos usuários no processo da gestão SUS”. 

“Realmente a função do prefeito e do gestor de saúde hoje, é muito difícil porque existem inúmeros problemas que precisamos agir com inteligência e responsabilidade para resolvê-los e assim, oferecer a população uma saúde de qualidade” comentou. 

O Executivo Municipal aproveitou a oportunidade para fazer uma breve explanação sobre as dificuldades que o município enfrenta, por conta da crise pela qual o país e os municípios vivem hoje, e disse que administrar a saúde nessas circunstancias exigi do gestor equilíbrio e sabedoria para lhe dar com a situação. 

“Para administrar a saúde de um município nessas circunstancias é preciso que tenhamos uma equipe de trabalho séria e comprometida em fazer o melhor pela cidade e pela saúde, e graças a Deus eu tenho uma equipe séria e comprometida que trabalha dia e noite em prol dessa cidade e da minha gente” destacou. 

Jairo foi categórico ao dizer que independente da crise que assola o país e das dificuldades que sua gestão enfrenta, irá continuar honrando seus compromissos com o município e que os salários dos funcionários serão religiosamente pagos em dias, como vem fazendo ao logo do seu governo. 
Prefeito Jairo medindo a PA

Encerrada a cerimônia de abertura, o senhor Lívio Walber Nunes, Coordenador em Educação e Saúde leu o Regimento Interno da XII Conferencia Municipal de Saúde, e todas as propostas foram aprovadas. 

O conferencista Dr. Jorge Lira, Cirurgião Oncológico e Oncologista Clinico e Professor do Curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão ressaltou que é importante, que além do gestor municipal é fundamental a participação de toda a sociedade nesse processo. 

“Embora simples, a organização da Conferência Municipal de Saúde deve ser cuidadosa, principalmente por se tratar de uma construção coletiva. Para prevenir equívocos esses processos deve ser coordenado preferencialmente por uma comissão organizadora indicada e eleita pelo Conselho Municipal de Saúde, que deve estar à frente desta construção, seguindo uma seqüência de passos para facilitar o trabalho”, observou Jorge Lira. 

Durante a Conferência Municipal de Saúde aconteceu à exposição de produtos naturais, livros educativos, aferição da PA, Glicemia, aplicação de vacinas para crianças e adultos e apresentações teatrais com os professores do riso.
Postar um comentário