15 fevereiro 2018

CAROLINA: MP recomenda demissão de secretário condenado por estelionato e formação de quadrilha


O secretário e cunhado do prefeito foi condenado no Estado do Ceará além de não possuir nenhuma qualificação técnica para o cargo. 

O Ministério Público do Maranhão expediu Recomendação na última quinta-feira, 8, para que o prefeito de Carolina, Erivelton Teixeira Neves, exonere seu cunhado, Walber Rocha, do cargo o secretário de Administração, por constituir um desrespeito às normas constitucionais nomear para tal cargo pessoa condenada em ações penais. 

Walber é condenado por associação criminosa, estelionato, formação de quadrilha, falsificação de documento público, entre outros crimes, e ainda responde a uma execução penal provisória, tramitando na 12ª Vara do Tribunal Regional Federal da 5º região, sediado em Fortaleza-CE.

O titular da Promotoria de Justiça de Carolina, Marco Túlio Rodrigues Lopes, orienta que o município nomeie para a pasta da Administração pessoa que preencha requisitos de habilitação técnica específica, assim como requisitos legais e constitucionais.

“o atual ocupante do cargo não tem formação específica na área administrativa nem comprovação de experiência na área”, esclarece a promotoria.
Postar um comentário