03 abril 2018

Empresas são reconhecidas e certificadas pelo Sebrae em seminário de Inovação do ALI

Empresas são reconhecidas e certificadas pelo Sebrae em seminário de Inovação do ALI 

Por Roseane Cardoso

Instituição atendeu em Imperatriz 342 empresas por meio do programa ALI, com acompanhamento e orientações voltadas para a cultura da inovação. Os empresários foram reconhecidos pela evolução em seus negócios. 

Melhorias na forma de gestão, otimização dos produtos e processos, foram alguns dos benefícios proporcionados às empresas atendidas pelo Sebrae, por meio do programa Agentes Locais de Inovação (ALI) em Imperatriz, que esteve em andamento por 30 meses e encerrou o 3º ciclo do programa no mês de março. 
Para finalizar as atividades, o Sebrae Maranhão, por meio da Unidade Regional em Imperatriz, realizou no último dia 26, no auditório do Aracati Office, um seminário de Inovação, que reuniu as empresas atendidas e empresários em geral. 

O evento trouxe alguns cases de sucesso de empresas que evoluíram por meio do programa, proporcionou trocas de experiências e mostrou aos presentes os caminhos para o fortalecimento do ambiente dos pequenos negócios, por meio da cultura da inovação. Durante a programação, os empresários foram reconhecidos e certificados pela evolução em seu negócio, durante a participação no ALI. 

“O Sebrae incentiva a inovação dos pequenos empreendimentos, por meio do programa ALI, mostrando que a inovação gera mudanças significativas e proporciona a criação, a inovação no sentido de melhorar processos e produtos na empresa, para que tenham resultados positivos na gestão empresarial de modo geral, fortalecendo o ambiente desses negócios e se tornando mais competitivos e sustentáveis no mercado”, destacou o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Antônio Garcez, que esteve presente ao evento, representando a diretoria executiva da instituição no estado. 

Para o empresário Leonardo Cerqueira, o programa gerou mudanças em sua loja, a Pet Boulevard, o ajudando a oferecer mais qualidade. “O ALI é uma excelente ferramenta disponibilizada a nós empreendedores. Tive diversas melhorias, dentre elas, a otimização dos processos e a mudança na forma de gestão, que me orientou a ser mais inovador nesses três anos e meio que estou no mercado com a Pet Boulevard, oferecendo mais qualidade na loja em todos os aspectos”, comemora Leonardo. 

O seminário ainda contou com a palestra magna “Eu Inovei! Uma história de "Uaus" a ser contada por você!”, que envolveu bastante a plateia e apresentou de forma bastante prática, as principais tendências de inovação. A palestra foi ministrada pelo Ceo e fundador da Fábrica de Criatividade, Denilson Shikako, que já atuou como consultor de inovação em diversas empresas do Brasil. 

“Encerramos com chave de ouro este 3º ciclo do ALI em Imperatriz, que apoiou e orientou as micro e pequenas empresas. Festejamos os resultados alcançados junto as empresas atendidas, assim como desafios e dificuldades superadas nos empreendimentos. Entregamos certificados de participação às empresas como forma de reconhecimento pelo desenvolvimento direto no ambiente empresarial”, frisou o gerente da Unidade Regional do Sebrae em Imperatriz, Maurício Lima. 

Programa ALI 

Iniciado em 2008, o ALI é um programa do Sebrae, que em parceria com o CNPq, tem como objetivo promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio da orientação gratuita e personalizada, executada pelos agentes locais. Promove a cultura da inovação nas empresas e está consolidado como estratégia de competitividade e diferencial para as empresas. 

Neste ciclo do programa, iniciado em outubro de 2015, com duração de 30 meses, Imperatriz contou com oito agentes locais, profissionais bolsistas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e capacitadas pelo Sebrae Maranhão, conforme a metodologia do programa. 

Foram atendidas 342 empresas de Imperatriz. As ALI’s atenderam cerca de 40 empresas por segmento e levaram as mudanças necessárias com foco na inovação. Dentre os segmentos, o comércio varejista em geral, como lojas de suprimentos em informática, papelaria, material para construção e agropecuária, óticas, farmácias, empresas de saúde e boa forma, autoescolas, e serviços, como bares, restaurantes, minimercados e padarias. 

O empresário Charles Flores, proprietário da DL Construções, foi um dos participantes neste ciclo. “Estou colhendo muitos frutos de participação no projeto, especialmente de implementações e ideias novas, que foram necessárias para o crescimento e melhoria da minha equipe. Estou na condução do negócio há 10 anos e melhorei bastante minha administração, organizando e identificando necessidades da empresa, isso tudo com ajuda do ALI”, afirmou Charles. 

As empresas que aderiram ao programa, tiveram acompanhamento e visitas periódicas das agentes locais aos estabelecimentos, durante os 30 meses, onde as oito agentes realizaram diagnósticos e traçaram de dois a quatro planos de ação por empresa, com ações específicas, conforme suas principais necessidades. Também foram inseridas as ferramentas do Modelo de Excelência em Gestão (MEG). 

Em relação as capacitações, foram trabalhadas diversos soluções empreendedoras do Sebrae, como o seminário Empretec, Líder Coach, o programa nacional Sebraetec, dentre outras, além das formações voltadas para o atendimento, marketing, vendas e layout.
Postar um comentário