22 agosto 2018

Cemar vai reajustar tarifas de energia em 16,53% no Maranhão

Ainda sem crise de abastecimento, a Aneel aprovou reajuste nas contas de energia e no Maranhão devem chegar a quase 17%


A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou hoje (21/8), durante reunião pública, o reajuste tarifário da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). A concessionária atende 2,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 217 municípios do Maranhão. O reajuste entrará em vigor a partir de 28/8 e terá um aumento nas contas dos consumidores residencias em mais de 16%.

Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço.

Segundo a assessoria da Cemar, os chamados componentes financeiros, principalmente relacionados à aquisição de energia e ao risco hidrológico, foram responsáveis pelo maior impacto na tarifa, respondendo por 10,53 pontos porcentuais da variação, mais da metade do reajuste de 16,94%. Por outro lado, esse mesmo efeito financeiro tende a atenuar, em 2019, o próximo processo tarifário da distribuidora.

Nos últimos 10 anos, as tarifas residenciais da Cemar têm registrado variação menor do que a inflação calculada pelo IGP-M e pelo IPCA no período, mesmo assim, no ano passado, as contas de energia triplicaram e geraram índices altissimos de insatisfação, mesmo assim, ninguém foi responsabilizado pelos aumentos e nem as questões duvidosas foram respondidas, referente, principalmente, pelo aumento indiscriminado e injustificável em alguns casos. 

texto da assessoria com alterações e edições do blog

Postar um comentário