27 dezembro 2018

Defesa Civil amplia atendimentos à comunidade

Destaques na melhoria dos serviços, prevenção e auxílio em desastres

 por Francisco Lima

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, Sumpdec realizou, durante o ano de 2018, diversas ações para assegurar melhorias constantes aos serviços prestados ao imperatrizense. De acordo com relatório analítico da pasta, órgão atuou nas operações de enchentes, resgates, inundações, podas, monitoramento, acompanhamento de limpeza de córregos, riachos, dentre outros.

Em decorrência das chuvas rigorosas que atingiram a cidade no final de 2017 e início de 2018, a Defesa Civil, em parceria com órgãos e secretarias municipais de Infraestrutura, Meio Ambiente, Planejamento Urbano, Agricultura e Limpeza Pública, trabalharam, diuturnamente, na retirada de centenas de ribeirinhos atingidos pela cheia do rio Tocantins.

Durante operação, a Superintendência auxiliou no deslocamento de mais de 100 famílias para os abrigos do Parque de Exposição Lourenço Vieira da Silva, entre outros alojamentos provisórios. “Esse resultado foi possível graças a uma série de ações, atenuadas com todos os órgãos envolvidos, pois com o envolvimento avançamos nossos trabalhos em prol da comunidade, sobretudo nas situações adversas e emergenciais”, destacou.


De acordo com Josiano Galvão, equipe tem se empenhado ao máximo, a fim de garantir resultados positivos nos serviços prestados à população. “Temos investido na capacidade de lidar com situações adversas, especialmente nas áreas de riscos. Este ano demos um passo a mais e ampliamos nossas ações, com auxílio e prestação de serviços em toda cidade”, declarou.

Devido às chuvas, equipe da Sumpdec acompanhou atendimento das ocorrências e levantamento dos prejuízos em vários pontos. Em decorrência das obstruções por quedas de árvores, podas foram realizadas. Segundo Josiano Galvão, medidas contribuíram para os resultados positivos.

Durante o ano foram montadas estratégias de proteção para manter estrutura preservada da Avenida Beira Rio. Equipe da Sumpdec permaneceu na área de lazer fiscalizando, orientando visitantes, ambulantes e moradores sobre os cuidados e preservação do espaço público.


“Mantivemos nossa equipe de prontidão no local, das 17h às 23h, seis horas por dias, todos os dias da semana, adotando medidas preventivas, cuidados e minimizando os riscos de acidentes dos frequentadores e profissionais que trabalham na localidade. Equipe também trabalhou no auxílio a idosos e nos resgates de crianças perdidas”, afirmou.

Em 2018, a Defesa Civil passou a contar com o aplicativo WhatsApp, através do número (99) 99152-0832, que possibilitou a comunidade registrar manifestações, demandas, solicitar serviços e denunciar irregularidades constatadas, "com maior agilidade, sigilo e garantia nos serviços prestados ”, assegurou.

De acordo com o relatório da Defesa Civil, em 2018 os serviços de monitoramento do rio Tocantins foi redobrado. As inspeções, realizadas por meio das vazões da hidrelétrica de Estreito, passou a ser aferidas de forma Online duas e presencialmente duas vezes por dia, com informativos sobre índices pluviométricos, previsão meteorológica, evidências de perigo e aviso para a população ribeirinha.


Com intuito de oferecer melhor segurança para funcionários e frequentadores de bares, casas noturnas e similares, agentes de fiscalização do órgão intensificaram ainda mais os trabalhos. Objetivo é assegurar se esses estabelecimentos possuem a existência de itens de segurança, como extintores, saídas de emergências e demais componentes.

“A fiscalização não diz respeito à cobrança de impostos ou multas, e sim, na questão de segurança e proteção para funcionários e frequentadores desses locais”, explica Helimar Abreu, técnico de segurança do trabalho da Defesa Civil.

Em 15 de julho deste ano, véspera dos 166 anos da cidade de Imperatriz, a Defesa Civil entregou a estrutura montada das praias do Meio e Cacau. Com apoio das secretariais e órgãos municipais como Sinfra, Samu, Centro de Controle de Zoonoses, Vigilância e Saúde, Vigilância Ambiental, Secretarias de Meio Ambiente, Trânsito, Esporte, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Marinha do Brasil, entre outros, foi possível oferecer, aos empreendedores, frequentadores e banhistas, um temporada de praias segura e confortável.

“Apesar de alguns transtornos causados pelo transbordamento inesperado nas águas do rio Tocantins, que antecipou o encerramento antes da data prevista, conseguimos, por meio de muito trabalho e esforço, proporcionar a todos uma das melhores temporadas de praias dos últimos anos, com toda estrutura de segurança e conforto para frequentadores e banhistas”, afirma Josiano Galvão.

Com a chegada das chuvas, no segundo semestre de 2018, a Defesa Civil, juntamente com as secretarias de Infraestrutura, Limpeza Pública, Meio Ambiente e Seplu reuniram-se com o prefeito Assis Ramos parar articular operação de força-tarefa nas áreas atingidas pelos temporais.

“Por determinação do prefeito Assis montamos uma operação nos pontos mais críticos de alagamento. O foco principal foi monitorar as áreas vulneráveis e garantir a segurança de moradores atingidos pelas chuvas”, enfatizou o superintendente.

Segundo ele, objetivo foi preparar equipes para atuar nas áreas vulneráveis a alagamento. “Nesse período de chuvas estamos com atenção redobrada, equipes nas ruas para situações adversas, sejam elas motivados por causas naturais ou não”, pontuou.

Capacitação

Obedecendo a Lei Federal nº 12.608/2012, relacionado à Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, ano passado, o superintendente Josiano Galvão e toda sua equipe participaram de um curso de capacitação. O treinamento, que contou com aulas teóricas e práticas foi ministrado pelo 1º tenente do Quadro de Oficiais Complementar de Bombeiro Militar (QOCBM) Rafael Lima, da Coordenadoria Estadual e Defesa Civil. Durante a capacitação, equipe recebeu instruções de prevenção, mitigação, noções de aperfeiçoamento direcionado a orientação de prevenção e desastres naturais e nas situações adversas e emergenciais.

Nenhum comentário: