08 janeiro 2019

Polícia Cívil faz busca em propriedades de deputado do Tocantins

O progresso

A quinta fase da Operação Catarse, da Polícia Civil, fez buscas nesta segunda-feira, 7, em endereços do deputado estadual Valdemar Júnior (MDB). Ele já tinha sido alvo de uma ação no dia 19 de dezembro.

Conforme a PC, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Palmas, numa chácara do parlamentar e em sua residência na Capital.
A operação Catarse busca celulares e documentos para a investigações sobre possível existência de funcionários fantasmas.

Na ação da Catarse no dia 19 de dezembro, três servidores de Valdemar Júnior chegaram a ser presos, entre eles, o chefe de gabinete do parlamentar, Dional Vieira de Sena.

Na época, o delegado responsável pelo caso, Cassiano Ribeiro Oyama, disse que a investigação constatou que, além de funcionários estarem recebendo vencimentos sem nunca ter prestado serviço à Assembleia Legislativa, eles ainda estariam devolvendo “a maioria” do dinheiro recebido para pessoas de “dentro do gabinete” do deputado.

Nenhum comentário: