25 setembro 2019

Semana é marcada por morte de PM e filho de Sargento em Imperatriz

Filho de sargento, envolvido com drogas, morto por facção

Nesta segunda-feira, dia 23, no inicio da tarde, um PM foi morto por um assaltante conhecido, com enorme ficha criminal e que se encontrava em liberdade. Após várias mortes de delinquentes durante as próximas horas após a morte do PM, inclusive do mais famoso, conhecido pela alcunha de "pedinho", a cidade ainda tentava entender o que realmente havia ocorrido. Pelo menos a morte do policial ainda aguarda a elucidação, que ocorra quando o assassino for preso,  e os motivos que levaram ao ocorrido, cercado, ainda, de suposições alimentadas nas redes sociais. 

  Nesta terça-feira (25), mais um crime. Ao que parece uma revanche. Uma disputa de espaço e mais um crime parcional, se não fosse pelo fato da vítima (com antecedentes criminais), não fosse filho de um membro da segurança pública, filho de um Sargento da Policia Militar. 

O que ocorre nesse momento é difícil analisar de imediato, mas tá claro que 'o crime' não teme o sistema de segurança. Criminosos que revidam contra a PM, são as suposições do caso que culminou com a morte do policial e o filho do sargento envolvido no crime que, sem duvidas, é de conhecimento do seu histórico familiar por quem decidiu lhe tirar a vida.

Apesar dos acontecimentos terem motivações totalmente distintas, os dois crimes pressionam o sistema a se impor  contra a criminalidade, pelo menos é isso que a sociedade espera.


Nenhum comentário: