21 junho 2020

MORRE EM SÃO LUIS DONA MARIA DE JESUS, MÃE DE VALÉRIA E DEOCLIDES MACEDO

Dona Jesus, como era carinhosamente chamada, a cerca de duas semanas testou positivo COVID-19 e iniciou tratamento em Imperatriz, no hospital Santa Mônica.

Aos 85 anos de idade e com comorbidades vinha reagindo bem ao tratamento em Imperatriz, mas nos dois últimos dias apresentou complicações no quadro de saúde e a família resolveu transferi-la para o Hospital São Domingos, em São Luís, Capital do Maranhão, na esperança de que a matriarca da família poderia resistir as complicações em sua saúde.

Infelizmente em que pese os esforços familiares e médicos, Dona Jesus veio a óbito na manhã de hoje em São Luís.

A matriarca da família Santos Macedo, ilustre porto-fraquina de raíz, mulher forte e filha do saudoso Deoclides Santos e de Dona Tunica Santos dedicou toda sua vida a sua família, praticou e cultivou os valores da família, do trabalho e da honradez. Deixa quatro filhos: Valéria Maria Santos Macedo, Deoclides Antonio Santos Neto Macedo, Verbena Maria Santos Macedo de Araújo e Marcelo Santos Macedo.

O corpo será sepultado em Porto Franco no Cemitério Jardim da Saudade.

Há cerca de dois anos faleceu o esposo de Dona Jesus, sr. Jano Pereira de Macedo, irmão do também saudoso Jurivê de Macedo, de modo que este escriba rende suas condolências às famílias Santos e Macedo, e faz votos de que Deus em sua bondade acolha Dona Jesus em sua morada eterna.

Vejam post feito por Valéria Macedo nas redes sociais:

“Hoje (21-06-20) com profunda tristeza e o coração sagrando, informo aos parentes e amigos que minha mãezinha Maria de Jesus Santos Macedo veio a óbito em São Luís, no Hospital São Domingos, aos 85 anos de idade, onde estava em tratamento de COVID-19.

Agradeço as manifestações de solidariedade e de apoio que eu e meus irmãos Deoclides, Verbena, Marcelo e demais membros da família temos recebido nas últimas semanas em que minha mãe enfrentou esta doença terrível, que atinge os brasileiros, maranhenses e estrangeiros pelo mundo todo, muitos dos quais, como minha mãe, de forma irreversível.

Aos profissionais de saúde, inclusive da família e amigos, médicos, enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas, dos hospitais Santa Mônica, em Imperatriz e São Domingos, em São Luís, o meu especial agradecimento. Vocês fizeram tudo que estava ao alcance e, por isso, serei eternamente grata!

Valéria Macedo


Nenhum comentário: