Assassino da jovem Carla Tayra não foi solto

 


Diferente do divulgado nas redes sociais, o assassino feminidade da jovem Carla Tayra, crime ocorrido na Pedro Neiva de Santana no povoado Camaçarí, não foi solto pela justiça. O acusado Wendel Machado que era ex-namorado na vítima, continua preso. Segundo informações divulgadas, o mesmo teria sido preso 15 horas após o crime, portanto, ainda em flagrante. O assassino estava em um bar no bairro bacurí desde o momento do crime, bebendo e com a camionete ainda com as marcas de sangue humano, como constatou a pericia. O exame de DNA indicará se o sangue é mesmo de Tayra, o que é bastante provável. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Imperatriz tem maior contaminação diária de Covid-19 no MA

Covid silencia cantor e compositor Cruz Gago

Imperatriz tem mais um registro fatal de Covid-19 com paciente fora do grupo de risco

Ex-vereador condenado pela Justiça e irmão do atual secretário de Agricultura detona os bastidores da gestão de Léo Cunha