15 fevereiro 2013

Direito de resposta, concedido pelo blog ao Steei


Ao Sr. Holden Arruda
Editor do blog arrudaholden.blogspot.com.br

Caro Sr. 
No dia 09 de fevereiro de 2013 foi publicado no blog de V.Sa. texto ofensivo ao Steei, entidade de classe que representa os trabalhadores da educação pública municipal de Imperatriz. Com o título “Reunião do STEEI não é política, é politiqueira...”, V.Sa. agride tanto a diretoria desta entidade quanto o conjunto da categoria dos trabalhadores da educação ao fazer acusações infundadas sobre a assembleia geral realizada pela categoria na sede deste sindicato.
No texto, V.Sa. diz que foi “deflagrada a caça às bruxas (ou caça ao $)”, e que a reunião decretaria “o início do processo eleitoral do ano que vem”. Afirma ainda, entre outras inverdades, que “a ordem é conturbar o cenário político de qualquer governo, dos grandes, que tenham alguma ligação com os governistas a nível de estado”. Esse raciocínio é tão implausível que sequer o autor consegue ter clareza no que tenta expor.
Como se vê, o texto tenta encontrar uma incrível ligação entre uma reunião de trabalhadores da educação de Imperatriz com a sucessão estadual de 2014. Além disso, insinua que este sindicato está atrás, a qualquer custo, de supostos recursos financeiros, o que também não tem nenhuma base de sustentação, nem no mundo da economia sindical nem no texto.
Percebe-se no texto a clara intenção de tentar confundir a opinião pública, principalmente a categoria dos trabalhadores da educação de Imperatriz. Não há qualquer fundo jurídico, econômico ou trabalhista no que se expõe. 
Mais inverdades ditas no texto: “para os professores, que já receberam no finalzinho do ano, o rateio, o décimo terceiro e o décimo quarto salário”. Ou é desinformação ou é má fé. Primeiro que os professores não receberam o rateio de 2012, depois que jamais a categoria recebeu um décimo quarto salário. Tais inverdades são uma ofensa à categoria. 
Continua o texto: “a prefeitura se quer teria sido comunicada”. Mais desinformação ou má-fé. De acordo com a lei, a prefeitura deve ser informada sobre greve apenas 48 horas antes do dia da paralisação. E, ainda assim, o Steei protocolou o aviso no dia 08 de fevereiro de 2013, portanto mais de 15 dias antes da paralisação.
Ainda no texto: “existe uma briga não formalizada para saber quem será o candidato do PCdoB a Deputado Estadual”. Ora, o Steei é uma entidade classista e não um partido político. Ademais, nenhum membro da diretoria é filiado ao partido citado e, ainda que fosse, trataria-se de assunto de foro pessoal, e não da entidade.
Mais adiante: “aliado à estratégia politiqueira do comunista e ex-petista, o sindicato dos professores, o insaciável $TEEI, inicia o ano querendo mais”. O que V.Sa. quia dizer com o termo “insaciável $TEEI”? Insaciável em que? O que representa esse cifrão substituindo o “S” na marca de um dos sindicatos de maior representatividade do Maranhão? Os trabalhadores da educação de Imperatriz exigem respeito tanto à entidade quanto à sua diretoria, eleita de forma direta pela maioria dos associados.
Diante do exposto e para repor a verdade, solicitamos que V.Sa. publique este esclarecimentos que estão sendo solicitados como direito de resposta extrajudicial por este sindicato.

Imperatriz (MA) 14 de fevereiro de 2013

Wilas de Moraes
Presidente do Steei

Postar um comentário