01 outubro 2013

Deoclides Macedo prega a unidade das oposições para transformar o Maranhão

Segundo o líder oposicionista sul-maranhense, o PDT terá um papel protagonista na chapa liderada pelo pré-candidato Flávio Dino, que “reúne as melhores condições eleitorais, ultrapassando sempre a barreira dos 50% de preferência popular em pesquisas recentes”.


O ex-prefeito de Porto Franco Deoclides Macedo (PDT), traçou as linhas do que para ele deveria ser o roteiro das oposições para o enfrentamento eleitoral de 2014. 

Respeitado em todo o Maranhão como gestor, referência para as oposições, o ex-prefeito, que também foi deputado estadual e presidente da FAMEM, aproveitou a Convenção regional do PDT realizada no último dia 14/09 em São Luis, na qual foi eleito segundo vice-presidente estadual, para firmar posição: “o PDT é o partido que irá fazer com que todos os demais partidos de oposição no Maranhão se sintam fortalecidos para a missão que se avizinha ano que vem”. 

Segundo o líder oposicionista sul-maranhense, o PDT terá um papel protagonista na chapa liderada pelo pré-candidato Flávio Dino, que “reúne as melhores condições eleitorais, ultrapassando sempre a barreira dos 50% de preferência popular em pesquisas recentes”.

Para Deoclides a oposição deveria refletir sobre as palavras do governador Eduardo Campos, o qual em encontro recente do PSB estadual enfatizou a necessidade de ir além do discurso de mudança para qualificá-lo com exemplos concretos que demonstrem para a população qual o projeto oposicionista para o Estado e para o povo do Maranhão. “Mostrar para a população que no nosso campo nós temos bons gestores, políticas públicas bem aplicadas”, ressaltou.

Nesse campo Deoclides destacou a experiência acumulada pelo partido em gestões exitosas de Jackson Lago, em São Luis, Chico Leitoa em Timon, Hilton Gonçalo, em Santa Rita e dele próprio em Porto Franco, onde exemplificou êxitos de suas gestões frente ao Município de Porto Franco, dentre os quais: as escolas de tempo integral, univesidade municipal, pólo de saúde pública, um dos melhores do estado, investimentos em infraestrutura econômica e social, o empreendorismo e atração de investimentos, com a geração de trabalho e renda, com destaque para a primeira refinaria de óleo de soja do estado  no Distrito Agroindustrial de Porto, a qual gerou mais de 400 empregos diretos.      

Esse histórico, segundo o ex-prefeito, credencia e legitima o PDT para pleitear a vaga de vice-governador. Sem contar, lembrou ele, a autoridade moral do ex-governador que foi vítima de uma violência sem precedentes na história política de nosso estado.

Deoclides lembrou que as oposições quando estiveram unidas conquistaram o poder legitimamente, graças também a gestos de grandeza quando da eleição de Jackson Lago, de figuras como do ex-governador José Reinaldo Tavares, Roberto Rocha e Edson Vidigal. “Nós temos a convicção de que o nosso partido, pela importância que tem,  e com todo respeito aos demais partidos,  pela história e legado de Jackson, pelo que o partido representa no momento atual no estado, por ter o tido governador eleito e injustamente cassado, vai receber o apoio dos demais partidos para compor a chapa majoritária, para trabalhar como protagonista nesse processo das eleições de 2014.

O ex-prefeito fez menção ainda aos seus esforços para unificar o partido e prestou homenagens a Dra. Clay Lago, símbolo vivo dos ideais trabalhistas e da trajetória do PDT.
Postar um comentário