11 janeiro 2017

Cacique Guajajara é preso com 2 toneladas de maconha. 'Cumpade' comandava associação criminosa.



Em uma grande operação conjunta, entre as polícias Militar e Cívil do Maranhão, coordenada pelo Delegado Regional de Barra do Corda, Renilton Ferreira, foi apreendido na madrugada de hoje (11), cerca de 2.300 kg de maconha, considerada uma das maiores apreensões do Estado. Três veículos entre eles uma SW4 do cacique; cinco armas de fogo; duas prensas artesanais para prensar e embalar o entorpecente; balanças utilizadas nos crimes e demais objetos suspeitos também foram apreendidos.

A operação é cumprimento a mandato de busca e apreensão na Aldeia Felipe Bony, que fica às margens da BR-226, entre as cidades de Jenipapo dos Veiras e Barra do Corda.  Segundo informações do blog Folha da Barra, o Cacique da Aldeia, Darlan Guajajara de Sousa, 36 anos, é suspeito de chefiar uma associação Criminosa que coordenava assaltos e roubos de motocicletas na região. Ainda foram presos em flagrante: Jacilene Guajajara de Sousa, (43),  Licinha Carvalho Guajajara de Sousa, Laide Carvalho Guajajara de Sousa, Erivan  de Sousa Carvalho Guajajara (26); Ezequiel Carlos Atanazio Guajajara (34);   Elizaldo de Sousa Carvalho  Guajajara de 39 anos. 

Foram necessário um caminhão e várias caminhonetes para carregar a droga até a delegacia.

A operação contou com apoio de Policiais do serviço de inteligência da policia militar e grupo de operações especiais (GOE). segundo o Delegado as operações visam coibir assaltos e tráfico de droga no perímetro das aldeias indígenas.


Postar um comentário