23 setembro 2017

Juiz que atirou em irmão é transferido para presídio passa mal e agora vai para o hospital São Rafael

Por Angra Nascimento

O juiz aposentado, Erivelton Cabral, depois tentar de todas as formas, se manter internado num hospital particular, foi transferido para o Centro de Ressocialização de Imperatriz, a antiga CCPJ. A transferência, efetivada por volta das 11h deste sábado (23), foi em cumprimento ao mandado judicial.
saída do ex-juiz do hospital unimed para o presidio
Foto: angra nascimento

Erivelton saiu do hospital numa cadeira de rodas, com a aparência diferente do que apresentava enquanto estava de paletó e gravata nos dias em que ficou de repouso no hospital.  Acompanhado de três advogados e da esposa, o juiz entrou sem algemas num carro da Polícia Militar. Ele teria recebido alta médica por volta das 9h. 

Um oficial de Justiça teria ido ao hospital e dado um prazo de quatro horas para que ele deixasse o ambiente. 

Os advogados não quiseram dá entrevistas, mas afirmaram que ele estava debilitado e sedado. Nessa sexta-feira (22), após ser notificado sobre a decisão da Justiça, o ex-magistrado, simulou uma crise renal e pediu nova avaliação médica, porém, após exames foi descartado problemas de saúde mais grave. 

Erivelton é apontado como autor de duas tentativas de homicídio, no último fim de semana. Uma das tentativas foi contra o próprio irmão, o médico Elton Cabral e a namorada dele, no último domingo (17), no Yate Clube de Imperatriz. Ele também é suspeito de porte ilegal de arma de fogo. 


Apesar da decisão da Justiça de manter a prisão, a defesa de Erivelton vai entrar com um pedido de Habeas Corpus.

Atualização: Ao chegar no presídio o juiz aposentado Erivelton Cabral passou mal e foi novamente levado para o hospital, só que agora para o São Rafael, no centro de Imperatriz.
Postar um comentário