22 janeiro 2019

Quem matou Carina?

 Carina Silva, de 24 anos, estava concluindo o curso de Administração e teve sonhos interrompidos por uma morte brutal

A polícia Civil agora trabalha intensamente para encontrar os criminosos. O delegado Praxisteles Martins, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoal(DHHP), mantém atenção especial no sentido de desvendar os motivos e prender os culpados pela morte da estudante Carina Silva, de 24 anos. 

Carina foi vítima de espancamento e seu corpo foi encontrado na madrugada de domingo, jogada ás margens da BR [sentido Estreito] e com indícios de luta corporal. Carine Silva também teve os cabelos cortados, além disso, a polícia suspeita que o crime possa ter ocorrido em outro local. O fato da vítima ter os cabelos cortados levam a possibilidade do crime ter sido praticado por alguém conhecido da vitima e por rincha pessoal, essa versão, no entanto, não é revelada pela polícia. 

A polícia trabalha na hipótese que mais de uma pessoa esteja envolvido, visto que a vítima era lutadora de artes marciais. Carina se formaria em Administração no final deste ano.

Segundo apurado pela PC, por volta das 22h30 ela ligou ao pai para informar que estava em um restaurante jantando com o suposto amigo, mas não disse em qual lugar nem o nome do restaurante. 

A polícia busca a captura de imagens de câmeras de monitoramento eletrônico de casas próximas onde Carina morava. Mas também pode fazer um trabalho junto ao restaurante onde ela esteve com a pessoa. O telefone da jovem sumiu e ficou desligado desde às 23h.

Nenhum comentário: