27 novembro 2019

Prefeitura de Porto Franco silencia sobre atraso de médicos

A prefeitura da cidade de Porto Franco simplesmente silenciou sobre o atraso de médicos e a empresa que presta serviços no Hospital e Maternidade local.

A matéria que aborda o atraso foi publicada no inicio da semana (reveja aqui) após a denuncia que os plantões estariam atrasados desde o mês de julho, portanto, mais de 5 meses, um 'silêncio ensurdecedor' tomou conta dos corredores da prefeitura.

O prefeito Nelson Horácio, médico, mantém atendimento em sua residência sob a justificativa de bondade, no entanto, o atraso e naturalmente a falta de médicos para atendimentos, justifica o atendimento do prefeito em sua residência. 

No ano passado Nelson Horácio foi denunciado pelo ministério público pelo atendimento irregular que ocorria na cidade de Carolina. Uma espécie de "camaradagem" com o outro médico prefeito Carolinense para compensar a função pouco onerosa do cargo eletivo.

Após a denuncia e o silêncio estranho da assessoria, foi possível verificar algumas postagem do mesmo número nas redes sociais tocantina, prova que o número que ficou "azulzinho", confirmando a leitura da mensagem, realmente funciona. 

Agora falta responder a sociedade, os médicos plantonistas e os que cobraram e foram demitidos, se poderão contar com o fruto dos seus trabalhos nas compras de final de ano. 


Nenhum comentário: