07 janeiro 2020

Servidores do SAAE cobram prefeito Nelson Horácio em sua residência


Além da cobrança do SAAE o médico e prefeito Nelson Horácio é obrigado a atender pacientes por falta de médicos nos postos de saúde, que estão há quase um mês sem atendimento.

O sistema independente de água e esgoto da cidade de Porto Franco (SAAE) virou um problema para o prefeito Nelson Horário, e um dos motivos seriam os altos repasses ao presidente referentes a diárias, um dos pontos polêmicos da gestão do médico e que foram motivo de descontentamento da população dos últimos dias. 

A assessoria fake da prefeitura tratou logo cedo de divulgar que seriam atendimentos corriqueiros da gestão, em circulo, os servidores do SAAE reivindicam seus descontentamentos e atrasos. 

Com a falta de médico no município e plantonistas há mais de 5 meses sem receber proventos, está cada vez mais difícil conseguir médicos para trabalhar no município, com isso a prefeitura foi obrigada a estender o recesso dos atendimentos nos postos de saúde que estão paralisados desde o dia 13 de Dezembro e só retornam no próximo dia 13 de janeiro (próxima segunda-feira), portanto, um mês com pacientes que necessitam de insulina e atendimentos sistemáticos ou semanais, praticamente abandonados pela Atenção Básica. 

Com a fama de mal pagador e os médicos sem querer prestar serviços no município, resta ao prefeito realizar atendimentos em sua residência, dar plantões no hospital e ainda vender como caridade e amor pelo eleitor. 

Nenhum comentário: