28 abril 2012

Lá pelas bandas do Maranhão.

Desculpe aos nossos leitores, em especial a quem comentou e não teve sua versão liberada, pois estamos nos dedicando a contribuir e auxiliar nas matérias para o jornal "Folha do Maranhão Central" aqui na região central do Estado.


Os comentários já foram liberados e só não foram feitos antes por falta de internet em alguns locais por onde estavamos.


 Bom domingo!





26 abril 2012

Muito mais que “um rapaz latino-americano”…


Por Fábio Câmara
Esses versos cantados por Belchior foram usados pelo meu amigo, irmão e compadre, DÉCIO SÁ, para descreverem de modo bastante resumido o seu próprio perfil no blog mais acessado do maranhão.
O nosso Estado e a nossa Cidade se habituou a ver as BOMBÁSTICAS NOTÍCIAS e as contundentes revelações que, diariamente eram apresentadas com profissionalismo, fundamentação e coragem por ele que foi, seguramente, o melhor e o maior repórter investigativo maranhense – DÉCIO SÁ.
O nosso Maranhão e a nossa São Luís amanheceram hoje, um pouco mais desprovidos de visão e de voz.
Na noite de anteontem – 23 de abril, PISTOLEIROS FRIOS E CRUÉIS, calaram uma voz que sempre bradou em nome da verdade e da justiça; EXCUTORES E MANDANTES COVARDES fizeram fechar os olhos de quem enxergava, como ninguém, o que alguém de conduta escusa se esforçava para manter longe das vistas de quase todos.
MATARAM DÉCIO SÁ! PORÉM, JAMAIS FINALIZARÃO A SUA LUTA!
Escrever essas palavras nessa manhã está sendo extremamente difícil para mim. Décio era muito mais que um amigo. Décio foi um irmão que eu perdi e a dor da perda é muito grande.
Eram 22:22h. quando o meu telefone tocou. Era meu compadre Décio me convidando para comermos juntos uma caranguejada na Litorânea. Prontamente aceitei e fui vestir-me para, em seguida, ir ao seu encontro.
Poucos minutos após, um amigo comum me liga dizendo que algo estranho havia acontecido. Enquanto esse amigo comum falava com Décio ao celular, alguns estampidos foram ouvidos e a ligação cessou. A retomada do contato não se restabeleceu e, daí em diante, um temor do pior e uma tristeza motivada pelo medo do pior se apossou de mim.
E foi com profundo pesar que rumei o mais rápido possível para a Litorânea para ali encontrar o meu irmão morto.
ASSASSINADO num crime de encomenda, Décio foi vítima de uma realidade que ele mesmo combatia no exercício corajoso da profissão abraçada com paixão.
Uma esposa grávida e uma filha pequena constituem a 1ª família diretamente afetada. Uma 2ª família, porém, foi diretamente ferida de morte.
Toda a livre imprensa maranhense e ludovicense estão hoje de luto e sob ameaça. A segurança institucional do nosso Estado precisa dar uma resposta imediata e contundente a essa prática tão retrógrada quanto execrável.
A coragem de Décio precisa encontrar eco na nossa sociedade e se multiplicar.
Toda a nossa população; toda a imprensa maranhense e todas as autoridades constituídas precisam se irmanar somando esforços para chegarmos aos mandantes e aos executores desse crime bárbaro.
VAMOS USAR O PRÓPRIO BLOG DO DÉCIO E TODOS OS BLOGS DO ESTADO PARA COBRARMOS OS RESULTADOS NECESSÁRIOS.
VÁ EM PAZ, DÉCIO SÁ, MEU IRMÃO! NÓS, POR AQUI, CONTINUAREMOS A SUA GUERRA…

SITIO NOVO: IRMÃO DO PREFEITO JANSEN SERÁ JULGADO HOJE, POR ASSASSINATO.


Imperatriz – O acusado de crime de homicídio, Enilson Mota Sousa, irmão do prefeito Dr. Jansen, de Sítio Novo do Maranhão, será julgado nesta quinta-feira, dia 26, no Fórum Ministro Henrique de La Rocque, em Imperatriz.

O crime aconteceu em 1998. Enilson Mota é suspeito de ter assassinado o jovem Valconis Carvalho quando estava em uma festa no Clube Luciano Arioli, em Montes Altos. Valconis era casado e tinha um filho.
De acordo com informações, o acusado Enilson Mota havia discutido semana antes do crime com a vítima Valconis Carvalho, levando-o a óbito.

Mais tiros contra a imprensa! Vereador diz que 90% da imprensa de Imperatriz só tem pistoleiro, quer dizer, corrupto.

Desta vez foi no discurso do vereador Chiquinho da Diferro, defensor ferrenho do ex-prefeito Ildon Marques. Segundo o vereador, com suas próprias palavras e no uso do seu direito de vereador, ele simplesmente desmoralizou os meios de comunicação. Chiquinho afirma que 90% (por cento) da imprensa de Imperatriz seria corrupta.


Ainda no seu discurso, que mais parecia um franco atirador, o vereador comprometeu seriamente um jornalista de uma TV local, quando afirmou que o apresentador usava sua emissora para extorquir dinheiro do prefeito, segundo ele, este apresentador criticava a gestão do atual prefeito somente quando seus pagamentos estavam em atraso, mas ao receber, dispensava quaisquer criticas ao prefeito.


Na audiência de ontem (25), o vereador Edimilson Sanches (PCdoB) comentou que seria alvo indiscriminado de criticas em blogs e jornais locais. Para o vereador ele estaria sendo alvo de perseguissões da imprensa. Vale lembrar que o vereador é fundador de várias entidades que congregam jornalistas, mas estranhamente agora critica essa liberdade de informação e opinião.


A opinião dos legisladores que se acumulam dia após dia, as entidades de defesa dos meios de comunicação e da imprensa de Imperatriz, estas que agregam e defendem os direitos dos jornalistas, devem se manisfestar urgentemente.  Se há ou não, profissionais que agem dessa forma, é certo que em qualquer atividade profissional existem os bons e os maus, o que não pode se aceitar é a generalização de uma atividade como corrupta como fez o vereador. 


É necessário uma contra resposta desta imagem que está sendo dada. Se a imprensa aceitar tais condições, acertadamente é a opinião do vereador, afinal, o silencio demonstra que a carapuça serviu. É preciso contrapor e não colocar em risco a moral e a imparcialidade dos meios de comunicação da cidade

25 abril 2012

DELEGADO TENTA CALAR JORNALISTAS DE IMPERATRIZ


Se não bastasse o assassinato do jornalista Décio Sá, agora um delegado, lotado na 10ª Delegacia Regional de Imperatriz (DRI), mas que responde pela DEPOL de Montes Altos, tenta amordaçar jornalistas, radialistas e blogueiros de Imperatriz.

Ele representou contra onze profissionais da imprensa tocantina, envolvendo os episódios que culminou com a expulsão do repórter Léo Costa, da TV Difusora, que substituiu o jornalista e vereador Raimundo Roma que estava de férias, bem como no caso do assassinato do funcionário público Claudivino Rocha Silva, irmão do prefeito de Montes Altos.
Na época, o delegado também expulsou das dependências do Instituto Médico Legal (IML) o radialista Fidelis Uchôa que fazia a cobertura jornalística do caso.

*Jornalista Gil Carvalho em sua página no Facebook

Luiz Gonçalves embola o debate no PDT. Com o pastor os votos de Porto minam e o palanque já está com a cara da D.Clay.

É quase certo que o vice virá dos trabalhistas, já que a maioria do PDT discorda de uma chapa majoritária, por entender que ainda não é dessa vez. Contando com essa possibilidade, visto que o "cachimbo da paz" passou já a algum tempo sendo compartilhado entre tucanos e pedetistas,  o debate agora se desloca para outra instancia, o vice do Madeira.

Atualmente o vice-prefeito é Jean Carlo.  Após uma importantíssima indicação do então governador Jackson Lago. Os dois grupos chegaram ao palácio em uma aliança histórica, onde levou o candidato Sebastião Madeira a sua primeira vitória em eleição majoritária. Jean que pretende continuar como o escolhido do partido, começa a articular-se para permanecer na cadeira.  Em algumas situações de discordância diplomáticas, o vice do PDT chegou a intermediar a conciliação. Membro do diretório nacional, amigo do suplente de Deputado Weverton Rocha e afinado com o ex-ministro Lupi e atual presidente do partido, são alguns dos fatores que podem pesar na balança na hora da escolha do vice. O único impedimento pode ocorrer se a decisão vir democraticamente. Dentro do partido a nível municipal, o atual vice já encontra divergência, já por conta das vertentes trabalhistas, mas como a democracia é algo distante dentro dos partidos, é pouco provável que a decisão não seja a portas fechadas.  Existem vertentes dentro do próprio partido, algumas visíveis e outras invisíveis. Sem Jackson Lago, os grupos ou essas vertentes ainda tentam se consolidarem, resta saber o resultado desta queda de braço, que ainda é imprevisível.

Ao seu desfavor Pesaria, ter incendiado a oposição do prefeito Madeira ainda no ano passado. Correndo estreito por causa do período chuvoso e as toneladas de problemas, o vice-prefeito criou um blog e passou a detonar opiniões contrarias a administração. Segundo pessoas ligadas ao partido, Madeira perderia no palanque o apoio dos Lago, que possui divergências com o grupo de Jean,  sobre a nova composição do PDT no Estado, que destituição Igor Lago, filho de Jackson Lago.

Pr.  Luiz Gonçalves, ultimo vereador eleito pela composição feita entre PSB com o PSDB em 2008.  Sacudiu levemente a política ao se lançar pré-candidato a vice-prefeito pelo PDT, partido em que agremia atualmente. Deixou o partido socialista após divergências internas. Membro da Assembleia de Deus, não disputou a avaliação interna da igreja para escolha do seu nome, mas lançou-se candidato a vereador e surpreendeu as opiniões contrarias que sempre sustentaram que “crente não votaria em crente!”  Com o trabalho limitado a pregar nas igrejas, o pastor e vereador Luiz Gonçalves pode declarar ter quebrado este tabu. A sua escolha traria a força evangélica, o que dividiria os votos dados a Pr. Porto em uma provável candidatura. O protestantismo é considerado uma das bandeiras que mais cresce dentro do cristianismo em Imperatriz e no Brasil.

Rildo Amaral, apesar de jovem e em primeiro mandato, dispõe de um crescimento eleitoral e uma eleição entre os mais bem votados.  Atualmente do PDT, foi eleito pelo PV, mas nunca militou na sigla, nem seguiu as orientações do comando Estadual, quem em tese, é ligado a família Sarney.  Recém-filiado, ao seu lado uma das vertentes, o deputado Carlinhos Amorim, que o convidou para o partido.  De discursos incisivos, demonstra segurança nos seus objetivos traçados. Pesa sobre ele a instabilidade ao falar, nos discursos é uma metralhadora emocional, costuma não controlar os ânimos ao subir a tribuna ou dar entrevistas.  Vamos dizer que Madeira estaria sob pressão, se o vice do PDT atualmente fosse o vereador.

Dentre os possíveis vices do PDT veremos três linhas que se direcionam a seus comandos, ou anteriormente, vertentes trabalhistas. Aqui em Imperatriz essas vertentes tendem passam por Calinhos Amorim e por Jean Carlo, um pouco mais tímido mais com peso político estaria o grupo de Deoclides Macedo que já confirmou a participação nas eleições em Imperatriz. O atual prefeito de Porto Franco, que se destaca pelo alto índice de aceitação popular, segue seu caminho rumo a Câmara Federal e deve entrar na disputa em toda a região para sacramentar o projeto. Além das alianças locais que subirão no palanque do prefeito Sebastião Madeira outras lideranças como a de Valéria Macedo são forças que consolidam a liderança do atual prefeito e demonstram unidade trabalhista frente ao nome do candidato tucano.

24 abril 2012

Jomar Fernandes (PT), é condenado pelo TJ Maranhão

Nos últimos dias o casal Fernandes tem ocupado as manchetes de improbidade no Estado. A cada julgamento uma derrota, e com certeza mais algumas noites de sono mal dormida.

A prefeitura, ou o sonho de estar no poder pode até durar 4 anos, mas o pior, como no caso dos Fernandes, é a perca deste sono confortável que os perturba, mesmo já estando fora do poder.

Mais uma vez o ex prefeito Jomar Fernandes é julgado e condenado por improbidade. Para alguns "entes" mais próximos, já foi confidenciado a decisão de não voltar mais a Imperatriz, cidade que administrou.-  " Me causa arrepios! retrucou Jomar.

Segue abaixo a matéria do Tribunal de Justiça do Estado que impõe mais uma derrota do petista.

 O ex-prefeito de Imperatriz, Jomar Fernandes, foi condenado nesta terça-feira (24) por improbidade administrativa em ação movida pelo município. A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) suspendeu os direitos políticos de Fernandes por três anos e também o condenou a pagamento de multa equivalente a duas vezes a remuneração do cargo de prefeito e proibição de contratar com o poder público e receber incentivos pelo prazo de três anos. A decisão unânime reformou sentença anterior, julgada improcedente pela Justiça de 1º grau.


O relatório do recurso ajuizado pelo município informa que, em 2003, época em que Fernandes era prefeito, o município firmou convênio e recebeu verbas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para promover ações sociais e comunitárias para populações carentes. Acrescenta que não teria sido encontrada nenhuma documentação do desenvolvimento das atividades, nem cópia da prestação de contas.

A ação ajuizada em 2006 diz que a administração posterior à de Fernandes teria adotado providências para prestar contas, porém sem êxito, por alegada falta de documentos. Sustenta que, em razão disso, o município foi registrado em cadastro de inadimplentes.

O Ministério do Desenvolvimento Social registrou a inadimplência no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI), por não apresentação da prestação de contas. Foi instaurada tomada de contas especial, posteriormente encaminhada ao Tribunal de Contas da União (TCU).

A defesa do ex-prefeito sustentou que a verba do convênio teria sido utilizada para capacitar 950 líderes comunitários, em 2004, e que o Instituto Muito Especial teria prestado contas de seus gastos e atividades. Alega que os documentos sempre estiveram na prefeitura.

Prestação de contas - Na sessão desta terça, o desembargador Paulo Velten, que havia pedido mais tempo para analisar os autos (pedido de vista), apresentou seu voto e disse ter verificado no relatório de tomada de contas que, a rigor, não houve prestação de contas, por parte do ex-prefeito, do valor de R$ 462 mil.

Velten disse que o ex-prefeito demonstrou clara intenção em descumprir a obrigação de prestar contas do dinheiro recebido, razão pela qual considerou caracterizado o ato de improbidade. Os desembargadores Jaime Araújo (relator) e Anildes Cruz (revisora) adequaram seus votos ao entendimento do desembargador Paulo Velten. O parecer da Procuradoria Geral de Justiça foi pelo improvimento do recurso.

Sem lógica!

A doação de um terreno público ao instituto Lula foi repudiado em nota pelo PSDB. Segundo o partido tucano, o instituto é privado e poderá ser privilegiado com uma área pública que esta avaliada em 20 milhões, o que não justifica os fins.


O projeto que é de autoria de Kassab foi aprovado em primeira instancia pelos vereadores de São Paulo. O manifesto critica o instituto por causa da sua finalidade, que é alheia e sem nem  um beneficio social, como cita o trecho:  "Além de um argumento legal deveras consistente, devemos considerar também a falta de moral, a pretensiosidade e a usurpação da história que estão por trás da criação de um Instituto que se propõe nascer como 'Memorial da Democracia', sendo que privilegiará a mitificação de uma só pessoa, o senhor Luis Inácio da Silva".



El Pais, jornal espanhol, repercute morte do jornalista Décio Sá


El periodista Décio Sá, de 42 años, fue asesinado a tiros la noche de este lunes en San Luis de Maranhão, al noreste de Brasil. Desde hace 17 años trabajaba en el diario O Estado de Maranhão, donde estaba especializado en información política.

Sá estaba en un bar de la ciudad cuando un hombre, con la cara descubierta, le dio seis tiros por la espalda. Cuatro alcanzaron su cabeza. El criminal, al que acompañaba un cómplice que lo esperaba en la puerta, mató al periodista con un arma calibre 40 de uso exclusivo de la policía. El secretario de Seguridad Pública de Maranhão, Aluísio Mendes, ha informado que la pista de crimen apunta a que se trató de un asesinato por encargo. El columnista y bloguero, que dejó una hija de ocho años y a su esposa embarazada de dos meses, es el cuarto periodista asesinado este año en Brasil. Ninguna de las muertes ha sido esclarecida. Los otros tres periodistas muertos, todos ellos especializados en la investigación de casos de corrupción que implican a políticos y empresarios, son Paulo Roberto Grosso (editor jefe del Jornal de Praça en Mato Grosso), Mário Randolfo Marques Lopes (jefe del sitio Vassoras na Net en el Estado de Rio de Janeiro) y Laércio de Souza (periodista de Radio Sucesso, en el Estado de Bahía).

A informação é do blog do ludwig

Veja matéria completa aqui

Ficaremos off line, em sentimento de Luto!


23 abril 2012

FABIC: Diretor da Faculdade e Irmão do Dr. Fatiche vai dar entrevista no Arimateia Jr terça-feira

A direção da faculdade do Bico do Papagaio, que é o irmão do diretor envolvido nas senas de sexo com a coordenadora do curso de Enfermagem, emitiu uma nota repudiando os fatos comentados no programa Arimatéria Jr, da rádio Nativa fm de Imperatriz.


Segundo o diretor da FABIC, o jornalista teria exagerado nas criticas. Arimateia Jr. chegou a convida-lo para defender-se ao vivo.O diretor aceitou o convite agora a tarde e irá ao programa nesta terça-feira (24).


A faculdade emitiu nota sobre os questionamentos do jornalista e amenizando a questão, o problema é que a nota é assinada pelo irmão Pablo, que é diretor da faculdade, boas razões para própria defesa.


Segundo Pablo em  nota da Fabic, no iten 6 ele diz: " Como já dito anteriormente não importa quem seja ou o grau de afinidade que possua com a Direção Superior da FABIC, errou, é penalizado de acordo com as determinações legais dos instrumentos normativos institucionais;"

Para acessar o site e ouvir a programação click no link NATIVA FM

Valéria entra com Projeto que trata sobre o uso inadequado e a venda de Anabolizantes nas Academias de Ginástica e Farmácias do Maranhão


A deputada Valéria Macedo (PDT), deu entrada na última quinta-feira, na Assembléia Legislativa do Maranhão, com o Projeto de Lei 082/12, “que dispõe sobre o uso inadequado de anabolizantes e especifica outras providências”.

Caso seja aprovado o projeto de Valéria, doravante as  academias  de ginástica, os clubes e os centros esportivos, farmácias e estabelecimentos similares ficam obrigados a exibirem em suas dependências, nos locais de trânsito e permanência de alunos e freqüentadores, placas de advertências sobre o uso inadequado de anabolizantes, sendo ainda proibida a venda de anabolizantes nas  academias  de ginástica, clubes esportivos, centros esportivos, farmácias e estabelecimentos similares, sem receita médica controlada.
Segundo Valéria, existem leis similares em vigor em São Luís (Lei 5.306) e noutros municípios do país a exemplo de Santarém (PA) e dos estados brasileiros como Mato Grosso e Pernambuco, todas também têm como objetivo coibir o uso indiscriminado de anabolizantes de aplicação animal, juntamente com algumas substâncias vitamínicas, mas que seu projeto é mais amplo.
“De maneira mais ampla esse projeto tem por objetivo coibir o uso indiscriminado de anabolizantes de aplicação animal em seres humanos, bem como outras substâncias vitamínicas e suplementares em todo o território maranhense, assim como chamar a atenção de toda a sociedade para demonstrar que os esteróides anabólicos são controversos e prejudiciais à saúde humana, buscando conscientizar os proprietários de academias de todos os portes e nos mais diversos bairros, proprietários de farmácias, clubes e congêneres da gravidade para a saúde humana que é o uso de tais substâncias para embelezamento e outros fins”, garante Valéria.
Na justificativa do projeto Valéria explica que os esteróides androgênicos anabólicos, conhecidos simplesmente como anabolizantes, são uma classe de hormônios esteróides naturais e sintéticos que promovem o crescimento celular e a sua divisão, resultando no desenvolvimento de diversos tipos de tecidos, especialmente o muscular e ósseo, sendo que o uso de anabolizantes, como se sabe ainda, prejudica o sistema cardiovascular, causa lesões nos rins e no fígado, degrada a atividade cerebral e aumenta o risco de câncer.  “Os problemas de saúde pública decorrentes do uso indiscriminado e sem receita médica de anabolizantes são públicos e notórios, inclusive com casos de óbito”, diz Valéria.
Segundo denunciou a deputada, essas substâncias, derivadas do hormônio sexual masculino, a testosterona, são hoje fáceis de ser adquiridas em academias e farmácias, de fácil uso, administradas principalmente por via oral ou injetável.
 “Diante das graves conseqüências do uso de anabolizantes e especialmente tendo em vista as promessas de estética feita por pessoas sem credenciais técnicas, é essencial que o poder público estabeleça por lei regras claras e impositivas, um marco jurídico mais amplo, com base no qual possa o Ministério Público Estadual, os órgãos da administração pública estadual, especialmente da saúde e os órgãos administrativos de municípios, possam juntar forças para cuidar da saúde das pessoas, especialmente de adolescentes ávidos por terem corpos esculturais sob a ilusão de anabolizantes vendidos ilicitamente no interior do Maranhão e nos grandes centros, muitas das vezes enganadas com promessas de corpo perfeito”, alertou a deputada, solicitando o apoio dos demais deputados para a aprovação do projeto que considera da mais alta importância social.

(Box )
VEJA NA ÍNTEGRA O QUE DIZ O PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N.º 082/12


Dispõe sobre a obrigatoriedade de  academias  de ginástica, clubes esportivos, centros esportivos, farmácias e estabelecimentos similares exibirem placa de advertência sobre o uso inadequado de anabolizantes, nos termos que especifica.

            Art. 1.° As  academias  de ginástica, os clubes e os centros esportivos, farmácias e estabelecimentos similares ficam obrigados a exibirem em suas dependências, nos locais de trânsito e permanência de alunos e freqüentadores, placas de advertências sobre o uso inadequado de anabolizantes, com os seguintes termos: "O uso de anabolizantes prejudica o sistema cardiovascular, causa lesões nos rins e no fígado, degrada a atividade cerebral e aumenta o risco de câncer. A venda deste produto só será liberada com receita médica controlada".
            Art. 2.º A placa a que se refere o artigo anterior deverá ter no mínimo 90 cm (noventa centímetros) de largura e 80 cm (oitenta centímetros) de altura.
            Art. 3.º Fica proibida a venda de anabolizantes nas  academias  de ginástica, clubes esportivos, centros esportivos, farmácias e estabelecimentos similares, sem receita médica controlada.
            Art. 4.º O descumprimento do disposto nesta Lei enseja a aplicação das seguintes sanções:
            I – multa, no valor de 5% (cinco por cento) a 50% (cinquenta por cento) do faturamento bruto do último exercício da pessoa jurídica;
            II – declaração de inidoneidade para contratar com o poder público, pelo prazo mínimo de um e máximo de cinco anos;
            III – revogação de delegação, autorização ou permissão, cassação de licença ou rescisão de contrato com a administração pública, se houver;
            IV – cancelamento do alvará de licenciamento de estabelecimento;
            V – interdição parcial ou total do estabelecimento.
            Art. 5.º A aplicação das sanções estabelecidas no art. 4.º será precedida do  devido processo legal administrativo e de manifestação jurídica da Procuradoria do Estado ou por órgão de assistência jurídica ou equivalente, do ente público.
            6.º O Ministério Público Estadual poderá requisitar a instauração de processo administrativo a que se refere o art. 5.º e qualquer do povo poderá representar a Secretaria de Estado da Saúde para os mesmos fins. 
            Art. 7.º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogam-se as disposições em contrário.
PLENÁRIO DEPUTADO “NAGIB HAICKEL”, DO PALÁCIO “MANOEL BEQUIMÃO”, 16 de abril de 2012.
VALÉRIA MACEDO
Deputada Estadual (PDT)

20 abril 2012

Blogueirimmm balbuciando... Parte ll

O blogueirimmm deu um "mega-vacilo" em uma postagem. Falou que o prefeito de Imperatriz seria o responsável pela morte de uma criança no Hospital Regional. Bom, primeiro o Regional é de responsabilidade do Estado e da tal Ong.


Mais o estranho nisso tudo é que o blogueirimmm continua omitindo a responsabilidade, e em um novo post onde continua a chantagear e tentar desqualificar os feitos por aqui, bem que deveria desqualificar os mal feitos e procurar atribuir a responsabilidade a quem é de competência, seria questão de justiça apenas.


A secretária de comunicação da prefeitura, através do Elson Araujo questionou a postagem e a responsabilidade atribuída ao prefeito de Imperatriz, segundo o secretário se o blogueirimmm tivesse ido atrás do caso e não somente estivesse no "afan" de continuar destilando seu ódio, teria procurado a direção do Regional, que a mesma teria explicado o ocorrido.

Ele continua pegando postagens isoladas e fazendo comentários. O problema do rapaz e seu grau de distúrbio é tão grande que agora arrumou um problema dentro da própria redação, com outro companheiro de trabalho. O blogueirimmmm é mesmo um problema de saúde pública, pena que por aqui, ele não estressa ninguém, pois de mentiras e falsas informações, ou blogs sem credibilidade, a internet esta cheia.

19 abril 2012

Agora é Lourival Mendes. E os deputados Daví Jr e Helio Santos continuam desaparecidos.


Câmara Federal aprovou uma audiência no regime de urgência para tratar sobre o cancelamento de voos da empresa TAM, uma das que exploram o serviço aéreo em Imperatriz.
O pedido foi feito pelo Deputado Lourival Mendes (PT do B), segundo o legislador, que já morou na cidade, Imperatriz passa por um momento interessante na sua economia e será amplamente prejudicado pelo corte dessa linha que faz Brasilia - São Luiz – Imperatriz. A TAM já comunicou que suspenderá as operações a partir do dia 7 de Maio.

Não sobre  a suspensão, já amplamente divulgada e debatida, mas sobre dois pontos dentro da questão legislativa não poderíamos deixar de comentar:
Primeiro a questão das audiências, que esperamos que não surta os mesmos efeitos das que estão sempre ocorrendo no legislativo municipal e que quase sempre não surtem efeito nem um, a não ser o de ampla promoção dos vereadores. É preciso que estas audiências sejam tratadas com mais ênfase e responsabilidade, ou o nome “audiência” precisará ser mudado pois há um desgaste natural de tanto ouvir falar e não ir para lugar algum, isto na esfera municipal.

Quanto ao legislativo Federal, continuamos observar a ausência dos deputados  Helio Santos e Davi Jr, os dois mais votados aqui na região Sul, mas estranhamente, os mais ausentes. Chiquinho Escórcio e agora Lourival Mendes passaram a tomar as dores da região e começam a aparecer mais. Quem ganha na verdade é do deputado, a população no momento só deixa de perder, pois com mais dois poderiam ser  quatro deputados Federais empenhados pela região, no entanto os dois daqui foram apenas substituídos.

E por falar nisso, Davi Jr estava ontem em Imperatriz. Entrou e saiu sem dizer nada. Mais uma vez. Desta, seu objetivo vou tentar tomar lideranças que ao ser ver, deveria apoiar o Pr. Alex, seu porta voz, aquele que sempre fala no lugar no deputado, mas parece que está ficando difícil. Por onde andou foi questionado sua ausência e falta de apoio.

Faltam um pouco mais de dois anos para às próximas eleições federais.

18 abril 2012

BARRA DO CORDA: Com o diabo nos couro! Homem derruba igreja evangélica e católica do povoado.


Um caso lamentável ocorreu no povoado São Tiago, no município de Barra da corda, próximo ao PA. Cachimbeiro. Um homem chamado “Mangelim”, que é esposo da presidente da Associação daquela localidade, vem tendo dias de fúrias contra o templo das igrejas evangélicas. O templo já estava quase todo pronto para receber os fiéis,

Os moradores do povoado estão indignados com o acontecido, falam que o homem está com o diabo dentro do corpo.

Segundo informações, ele já também derrubou uma igreja católica que tinha na localidade.




Fonte: Barranoticia

Sem discurso e na moita. Quem gostou compartilha e se não gostou...

A menos de 6 meses da eleição municipal alguns pré-candidatos a prefeito continuam na moita Apesar da quantidade de nomes que foram colocados a disposição da população, ainda é tímida a apresentação destes, que limitam-se a visibilidade de uns poucos militantes.


Entre estes, alguns que não são nem candidatos a prefeito tentam superar a ausência da massa popular, nestes tempos tão escarça e solta para um ano de eleição. Para estes uma bombinha nos bastidores, o que é estranho. É como se a coragem para aparecer fosse pouca e o discurso... tão desafinado como o miar de um gato na madrugada.


Sem discurso e sem voto, a saída é uma palavra fúnebre no facebook. Se a página social tem poder não se discute, mas o velho discuso de "quem tem boca vai a roma" está fadado pelo medo de falar, e a moda é consumida pelas poucas palavras escritas no feeds... "O prefeito é isso, o prefeito é aquilo..." É o fim dos movimentos. O fim dos discursos e o inicio da manifestação daqueles que passaram muito tempo em silêncio, com medo de falar em público, portanto... - Escrevam para o público! Mesmo que eles te queiram por lá somente para satisfazer o ego de não ter poucos amigos para compartilhar.  


Um momento de abobrinha e ... - Quem gostou compartilha, ou quem não gostou curti, pois ainda não criaram a opção... "Vai cagar"!

Pré-candidato do DEM a prefeito de Imperatriz e uma conversa meio estranha...

Tivemos acesso a um diálogo comprometedor de um pré-candidato a prefeito de Imperatriz. Para que não haja injustiças, não faremos qualquer avaliação, até porque depois os mesmo que acreditam ser os certinhos, espalharam boatos afirmando e negando a opinião, ou distorcendo os fatos.

O que colocaremos a disposição dos nossos leitores é uma conversa da pré-candidata do DEM em Imperatriz, que na época era secretária de saúde da cidade de Coelho Neto-MA, com um detetive da cidade, que também escreve para um jornal.

A conversa foi tirada do facebook pessoal e está a disposição de quem se possível interessar, assim comunicou o convidado para a festa.

Leia a conversa, a sugestão e tire suas próprias conclusões:

Rosangela Barros Curado
Daniel tem vontade de voltar a trabalhar lá na Delegacia, parece que vc gosta deste trabalho né...
Verdade
Eu particularmente não gosto de injustiça
Rosangela Barros Curado
Estou por aqui, te ligo depois para conversarmos lá na semus, foi bom entendi melhor sua história... Pautada... Em um trabalho diferente... Que eu nem sabia que aqui existia...
Rosangela Barros Curado
Daniel, sou livre já te disse só não fui embora daqui pq estão batendo em mim há três anos, tenho uma característica horrível quanto mais difícil mais tenho vontade de ficar...
Rosangela Barros Curado
Pois ,quando terminar esta missão ,nos falamos para conversarmos se possível.
Rosangela Barros Curado
Daniel, o problema e que o povo só joga pedra em arvore que da fruto
Rosangela Barros Curado
Desculpe, não queria te chatear... Vc e orgulhoso e não quer patrocínio já observei isto,
Rosangela Barros Curado
Ok, vc que e temperamental demaissssdd
Vc deveria era estar conosco, pelo ou menos não dou o tapa e escondo a unha rs rs rs
Rosangela Barros Curado
Pois, que dia nos sentamos para fechar nosso pacote e não se esqueça, nunca fiz negocio pra perder amigo ainda mais aqui que tenho pouquíssimos... rs rs rs
Rosangela Barros Curado
Pois eu estou à disposição para fecharmos o nosso pacote... E vc esta aonde agora Daniel...
Rosangela Barros Curado
Sim vc quer ir falar agora com o Dias para vc já começar a trabalhar E ai deixa de magoas e ressentimentos e vai trabalhar e fazer o que vc sabe fazer investigar...
Oi
Daniel vc quer ir falar com o dias pra começar a trabalhar na segunda?
Ei cd vc?


Logo depois outra conversa, ou um recado... Dia 26 de fevereiro:


Rosangela Barros Curado

Mais nunca se esqueça que a toda força de ação corresponde uma de reação.


Antiga suspeita de doação de Cachoeira causa arrepios em Lula


 Na semana passada, Lula mandou avisar a classe política seu interesse pela CPI do Cachoeira por intermédio de Paulo Okamoto, dirigente do Instituto Lula, "que está com os poucos cabelos que tem em pé, com tudo que há sobre o caso". "Se for verdade o que a imprensa está dizendo, o governador Marconi Perillo entregou o Estado para Cachoeira", teria avaliado Lula, segundo Okamoto. Em 2005, Marconi revelou que alertara Lula para o esquema do mensalão. 

Lula quer a cabeça do governador de Goiás, mesmo que para isso tenha que entregar Agnelo Queiroz (PT), governador do Distrito Federal, também envolvido no esquema.
O PT se deixou levar pelo entusiasmo de Lula, mas agora teme a investigação. Uma revelação na CPI dos Bingos, em 2004, feita por Rogério Buratti, amigo e ex-assessor do ex-ministro Antonio Palocci arrepia o diretório nacional: uma suposta doação de R$ 1 milhão do bicheiro Carlinhos Cachoeira à campanha de Lula, através de empresas de jogo do Rio e São Paulo. A informação é do jornalista Claudio Humberto.

Como temia a presidente Dilma, o estrago dessa CPI pode ser muito maior do que Lula imagina.

17 abril 2012

Valéria Macedo pede que governo instale academias nos municípios

A deputada Valéria Macedo (PDT) apresentou nesta segunda-feira (16) Indicação pleiteando à governadora Roseana Sarney (PMDB) que sejam viabilizados recursos orçamentários para a implantação de Academias da Saúde nos municípios de São Luís, Presidente Dutra, Imperatriz, Açailândia, Caxias, Timon, Porto Franco e Estreito.

“Essa indicação se trata de uma importante ferramenta de política de promoção da saúde, especialmente quando se trata dos idosos”, explicou a deputada.
Valéria Macedo informou que a população do Maranhão chega hoje a quase seis milhões de habitantes e o grande desafio é combinar quantidade populacional à qualidade de vida.

Ela citou dados da Organização Mundial de Saúde que confirmam que a expectativa de vida da população aumentou mais quatro anos, passando de 64 para 68 anos.

De acordo com a deputada, as Academias de Saúde foram criadas pela Portaria nº 719, de 7 de abril de 2011, como resultado do bom desempenho dos polos de esporte e saúde existentes em Belo Horizonte, Aracaju, Recife, Curitiba e Vitória. Observadas de perto pelo Ministério da Saúde nos últimos anos, essas unidades obtiveram adesão satisfatória da comunidade.  leia mais...

A mentira contada pela foto de Lula e Sarney no hospital


Essa gente brinca com a nossa generosidade, com o nosso bom senso, com a nossa temperança. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), está internado no Hospital Sírio-Libanês, onde se submeteu a um cateterismo com implantação de um stent. O Sírio — como é conhecido — precisa tomar cuidado, aliás, para não se transformar numa espécie de Sanatório do Poder. Tenho cá as minhas dúvidas se esse contínuo processo de espetacularização da doença de figurões da República, de que o hospital serve de cenário, faz bem à saúde da instituição, com seus médicos estelares descendo ao térreo para receber autoridades, numa espécie de rendição do sacerdócio da ciência à mundanidade do mando. Nas coletivas em que se tratava do câncer de Lula, por exemplo, havia mais homens de branco para dar entrevistas do que repórteres para ouvir o que eventualmente tinham a dizer. Sei que o Sírio é um hospital sério e não estou pondo isso em dúvida. Mas não terá chegado a hora de pôr um freio no excesso de exposição? Uma questão a se pensar. Adiante.
O Apedeuta foi visitar Sarney no leito. E temos, que surpresa!, mais uma foto de Ricardo Stuckert, do Instituto Lula, com a composição, a luz e o enquadramento meticulosamente estudados para remeter, reitero, àquelas imagens da Benetton, tornadas célebres pelo fotógrafo italiano Oliviero Toscani. Vejam. Volto em seguida.
Voltei
Para que isso? O que se aproveita dessa imagem? Qual é a sua dimensão ou seu interesse público? O que se pretende senão construir a imagem da “humana fragilidade do poder”, apelando ao sentimentalismo? Nada poderia ser mais falso do que isso! Ao contrário: as duas figuras aparentemente frágeis são dois tubarões da política — e só por isso suas respectivas doenças passam por esse processo de espetacularização.
Para ter direito a um leito no Sírio Libanês e ao aporte midiático que o cerca é preciso ser alguém muito além da fragilidade que a foto sugere. Atenção! Não estou aqui barateando as tolices da luta de classes, não, ou sugerindo que ambos se tratem no SUS, que o Apedeuta já chegou a ver “perto da perfeição”. Meu ponto é outro. Estou é acusando uma operação que consiste em criar uma imagem que falsifica a verdade. Ali estão dois oligarcas — ou, se quiserem, duas versões do patrimonialismo brasileiro. Ambos representam esquemas de poder que põem a serviço de grupos o bem público, seja esse bem material ou institucional. Quanto as próprias leis são torcidas para atender a interesses ou quando se faz um esforço em favor de sua aplicação seletiva, é a República que está indo para o brejo.
Torço para que os indivíduos Lula e Sarney se recuperem. Poucas coisas são tão desprezíveis na minha ordem de valores quanto folgar com a doença alheia ou torcer para que um adversário, desafeto, rival — ou simplesmente alguém de quem não se gosta — seja tirado de circulação por algum impedimento trágico. É mostra de covardia moral e intelectual.
Eu quero mais é que esses dois se recuperem de suas respectivas doenças. Mas não abro mão de denunciar a outra doença que uma imagem como a que vai acima revela: o nosso déficit de cultura democrática. Não é o Senado que passou por um cateterismo, mas o homem José Sarney. Como tal, o decoro recomenda o resguardo que a qualquer outro paciente é cabido e devido. Não é um ex-presidente da República e presidente de honra de um partido que se trata de câncer, mas o indivíduo Luiz Inácio da Silva. Notem que, nesse caso, omiti até a palavra “Lula”, um apelido incorporado a seu nome de batismo em razão da política. Também no seu caso, o decoro perdeu para a politização da doença.
Desagradável
Uma foto como essa requer a colaboração dos modelos. Estão a obedecer instruções precisas do fotografo. Depois de ajustados a cena, o enquadramento, a luz, o foco, o profissional do outro lado da câmera dá a ordem: “Ajam normalmente!” Ora, que normalidade pode haver numa situação assim?
Não descarto que exista afeto mútuo entre Lula e Sarney, a despeito de tudo o que o petista já disse sobre o peemedebista e sua família. É a amor fraterno que nasce do mutualismo político, não é? O Apedeuta submeteu a biografia de seu antigo desafeto à lavanderia de reputações do petismo, que tanto lava como suja biografias, a depender do interesse. E Sarney emprestou a Lula o domínio daquelas áreas do Congresso infensas a qualquer processo de modernização. Assim se juntaram dois atrasos: o contemporâneo e o arcaico.
De resto, questiono o gosto de uma imagem assim, que já vai virando um clichê da política brasileira, sempre pela lente de Ricardo Stuckert, sempre no Sírio-Libanês e sempre com o mesmo propósito. Todas as fotos são derivações de uma campanha da Benetton em que uma família chora a morte iminente de um paciente de Aids. Que importa se esse tipo de exploração busca ganhar dinheiro, votos ou simpatia popular? É indecorosa em qualquer caso. Vejam. Volto para arrematar.
Lula e Dilma visitam José Alencar: o câncer como política
Aí chegou a vez de Dilma e Mantega fazerem uma visita a Lula
A inspiração das fotos brasileiras é da campanha da Benetton, só que suavizada pelo nosso jeitinho...
Voltei
Ousado mesmo, então, seria algo como a montagem em que Barack Obama e Hugo Chávez aparecem trocando um beijo. Vejam.
Mas falo de ousadia para valer, entendem? No dia em que Lula aparecer trocando uma bicoca com Sarney ou com outro oligarca qualquer, então aplaudirei, enfim, uma imagem que traduz a verdade do que vai pelo país.
Não publicarei comentários que façam qualquer alusão desairosa à saúde das personagens das fotos. Os petralhas costumam mandar as coisas mais escabrosas na esperança de que sejam publicadas para, então, boquejar: “Vejam o que ele deixou passar!”
Não! Nós, por aqui, torcemos pela saúde das pessoas e pela saúde das instituições.
Reinaldo Azevedo