30 maio 2013

Família Lago fora do PDT

Igor e Clay Lago: fora do PDT
Por Robert Lobato_
A ex-primeira-dama do Maranhão, doutora Clay Lago, viúva do ex-governador Jackson Lago , o médico Igor Lago, filho do saudoso líder trabalhista, morto em abril de 2011, e o ex-deputado e procurador aposentado Wagner Lago, irmão de  Jackson, oficializarão a saída deles do PDT na próxima terça-feira (4), às 15h, no Fórum Eleitoral, no Anel Viário.
Clay e Igor Lago estão descontentes com os rumos tomados pelo partido desde a morte do Jackson Lago, quando passou a ser controlado pelo grupo liderado pelo deputado federal, o “Maragato” Weverton Rocha e o seu fiel escudeiro, o ex-deputado Julião Amin, o “Maragato II”.
A Rede Sustentabilidade, partido comando por Marina Silva, deverá ser o destino dos dois Lagos. Igor já admitiu a possibilidade de disputar uma vaga de deputado federal em 2014.
A imprensa está convidada, segundo a assessoria da família, para fazer a cobertura do ato de desfiliação dos herdeiros de Jackson Lago.

Bandidos tentam explodir caixa e são mortos pela policia em Formosa da Serra Negra


A tentativa de assalto a uma agencia do Bradesco, da cidade de Formosa da Serra Negra, foi frustrada após denuncias anônimas feitas a policia local.

Com uma guarnição de 8 policiais, para atender toda a região, agentes da PM conseguiram abordar os bandidos que possuem armas de fogo, farta munição e bananas de dinamites que seriam usadas na ação.

Dois assaltantes foram mortos pela policia, outros dois conseguiram fugir. Os ex-assaltantes mortos foram identificados como Weks Cley Regazzoni Gomes (Cavanhaque) e Jorge da Silva Costa.

 A policia prendeu 03 dinamites que iriam ser usadas para explosão do caixa, um ferro “pé de Cabra”, uma escopeta calibro 12, 09 munições, 02 lanternas, um colete aprova de bala, uma jaqueta preta, uma camisa preta e duas motos broz vermelha usadas no assalto. Uma das motos tinha sido  tomada de assalto.

A policia continua a busca pela região dos outros dois foragidos.

Veja as fotos dos bandidos no link (aqui)

Matéria editada/Informações Djacy Rego




29 maio 2013

IMPERATRIZ: Cine exibe pré-estreia de Faroeste Caboclo

Filme é inspirado na música homônima de Renato Russo

O Cinesystem de Imperatriz exibe nessa quarta, 29, a pré-estreia do filme “Faroeste Caboclo”. O longa-metragem é baseado na música composta por Renato Russo para a Legião Urbana. O filme entra em circuito nacional somente na quinta-feira, 30, mas a Rede Cinesystem exibe uma prévia em duas sessões, as 19h30 e 21h50 nesta quarta-feira, dia 29. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente na bilheteria do cinema, tanto no sistema de autosserviço, como nos caixas convencionais ou pela internet www.cinesystem.com.br.

Na trama, João de Santo Cristo é um migrante nordestino que se muda para Brasília- DF. Na capital federal se envolve com o tráfico de drogas. O longa retrata a trajetória do protagonista desde a infância no interior da Bahia até a vida bandida em Brasília. O papel de João é vivido pelo ator Fabrício Boliveira, conhecido pelos personagens “Marreco” de Tropa de Elite 2 e por viver o “Cleiton” no seriado Subúrbia da Rede Globo. O elenco conta, ainda, com Ísis Valverde, intérprete de Maria Lúcia, filha de um senador que se envolve em um relacionamento amoroso com João de Santo Cristo. O filme traz para as telas do cinema a epopeia cantada por Renato Russo e é uma das estreias nacional mais esperada desse primeiro semestre.

Sobre a Rede Cinesystem Cinemas

A REDE CINESYSTEM CINEMAS é uma das principais exibidoras do país graças a um agressivo plano de expansão iniciado em 2003. Hoje são 90 salas em operação, distribuídas em sete estados brasileiros, do Maranhão ao Rio Grande do Sul passando pelo Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Até o final deste ano, a Rede vai ampliar ainda mais suas atividades com novos complexos em Maceió e Arapiraca (AL).

O pioneirismo tem sido uma das marcas da Cinesystem na indústria cinematográfica nacional. Precursora da digitalização no Brasil, foi a primeira Rede a operar complexos 100% digitais. Além disso, trouxe para o país o inédito conceito de “autosserviço”, onde o cliente compra os ingressos em estações de vendas com monitores touch screen e também se serve sozinho dos produtos oferecidos na bomboniere.


Mais informações acesse nossa Sala de Imprensa em: www.cinesystem.com.br/imprensa.

João lisboa realiza esta tarde conferencia das cidades...

Será realizado hoje (29), a 5° Conferencia Municipal das cidades, na cidade de João Lisboa, com o tema: Quem muda a cidade somos nós: Reforma Urbana já!

O evento será na câmara de vereadores da cidade.


A programação terá inicio às 14:00, com a presença do prefeito Jairo Madeira, vereadores e entidades organizadas.

OBJETIVO_

O objetivo é identificar os problemas enfrentados pelas microrregiões no crescimento urbano, e elaborar propostas para a diminuição da desigualdade social e o desenvolvimento funcional dos municípios, sem degradar a natureza.
 Com intensa participação da sociedade, o governo de Minas visa a coordenação e a integração dos investimentos e ações nas cidades mineiras, buscando solucionar os problemas de cada uma e garantir a qualidade de vida aos cidadãos.

Prefeitura de Buritirana realiza ‘Arraiá do Bom Menino’

As festividades vão ocorrer nos dias 20, 21, 22 e 23 de junho.

A Prefeitura de Buritirana vai promover a primeira edição do “Arraiá do Bom Menino”. As festividades vão ocorrer nos dias 20, 21, 22 e 23 de junho em frente ao prédio da prefeitura.

A festa junina, que está com a programação toda montada, inclui comidas típicas, danças, brincadeiras e mais de 10 atrações musicais. “A ideia é fazer com que as pessoas se sintam felizes, para isso não medimos esforços no sentido de promover os melhores eventos”, afirmou o prefeito Vagtonio Brandão.

Além de incentivar a cultura local, o “Arraiá do Bom Menino” é, sem dúvida, um incremento na economia, pois movimenta todo o comércio. “Um evento desse porte acelera a economia gerando renda porque pessoas investem, vendem e compram”, completa o gestor.

Programação

A programação da festa conta com atrações como: Desejos, Os Favoritos, Kariri, Tony dos Teclados, Erasmo Costa, Levi e banda, Adriano Ramano, Danilo Lima, Pedro Bispo e banda Som da Terra, K’entre Nós, Todo Mundo Play, Carlinhos Back, Tatiana Mendes e a Banda da Loirinha que é a principal atração da festa.


Prefeito Madeira abona falta de professores que estavam em greve

Em entrevista coletiva, o prefeito afirmou que os professores receberão seus salários integralmente
Atendendo a uma solicitação da Câmara Municipal de Vereadores, aprovada na manhã desta terça-feira, 28 de maio de 2013,  o Prefeito de Imperatriz, Sebastião Torres Madeira, não mais descontará os 30 dias de greve dos salários dos professores municipais.
“Nosso governo tem um caráter democrático. Depois, não podíamos deixar de atender ao pedido formulado pelos vereadores da base, os quais demonstrando grande sensibilidade, acatando a uma reivindicação da própria classe dos professores, solicitaram que não realizássemos os descontos relativos a greve, até porque os professores irão realizar a reposição das aulas, sem prejuízo do calendário escolar e do ano letivo. Acatei a solicitação e mandei suspender o desconto. Todos os professores irão receber seus salários integrais, com aumento e mais a indenização da hora aula atividade”, anunciou o Prefeito Madeira, durante a entrevista coletiva concedida na manhã de ontem, no gabinete do presidente da Câmara, Hamilton Miranda (PSD).
Ainda na semana passada, a líder sindical, Selma Barros, em conjunto com a presidente da Associação de Gestores de Escolas Municipais, Cleomar Conceição, e o representante do Conselho Municipal de Educação, Juscelino Pereira, encaminhou documento a presidência da Câmara de Vereadores, solicitando que o Prefeito Madeira não procedesse ao desconto de salário dos professores municipais, relativo greve da categoria, cessada no dia 14 de maio, depois de 30 dias de paralisação.
“Ainda que a condução do movimento tenha sido equivocada, empurrando os professores ao precipício, entendo que o desconto dos salários dos colegas, nesse contexto, é um castigo e não, meramente, um ato administrativo. A Câmara de Vereadores, que representa os anseios de toda a sociedade pode interceder e evitar o desconto das faltas, que, se levado adiante, deixaria uma grande parcela dos professores sem o salário do mês”, argumentou a professora Selma Barros, subscrevendo o pedido de apoio dos vereadores.
Segunda-feira, 27 de maio de 2013, o presidente da Câmara de Vereadores, Hamilton Miranda, determinou que a solicitação fosse submetida ao Plenário, o que aconteceu na manhã desta terça-feira, 28 de maio, aprovada, por unanimidade, inclusive pelos vereadores da oposição.
“O prefeito Madeira tem demonstrado, ao longo de sua administração, um prefeito generoso e sensível. Sei que a decisão de cortar ou não os salários dos grevistas é, exclusivamente, do Prefeito, mas sei também que ele não se furtará em atender a uma solicitação da Câmara, subscrita por seus aliados. Estou feliz e grato com a decisão do prefeito Madeira, de abonar as faltas do professores, e com o papel que a Câmara de Vereadores exerceu nesse processo”, frisou Hamilton Miranda.
No final da tarde de ontem, o Procurador Geral do Município, Dr. Gilson Ramalho de Lima, e o Secretário Municipal de Administração, Dr. Iramar Cândido, efetivaram a ordem do prefeito Madeira, liberando a confecção de Folha de Pagamento, sem o corte salarial dos professores em greve.
“O ato do prefeito, de abonar as faltas de servidores exercentes de greve, enfrentado no presente feito, não pode ser analisado apenas pela estreita ótica positivista do Direito. Ainda saibamos que salário corresponde a uma contraprestação de serviço, a decisão em apreço, a meu juízo, justa e razoável, assume outros contornos, compatíveis com os ditames da democracia e com o espírito republicano que devem sempre nortear os condutores da coisa pública. Como Procurador Geral do Município de Imperatriz não enxergo qualquer reparo na decisão do Excelentíssimo Prefeito de Imperatriz, porquanto a PGM opina, favoravelmente, a efetivação do ato jurídico, pelo não desconto de salário dos professores, em razão da paralisação desencadeada pelo sindicato da classe”, despachou o Dr. Gilson Ramal ho.
O secretário Municipal de Educação, Zesiel Ribeiro, que participou também da entrevista coletiva, garantiu que todas as providências foram adotadas pelo Departamento Pedagógico da Semed para garantir o cumprimento regular do ano letivo, com a reposição de aulas pelos servidores egressos do movimento paredista.


28 maio 2013

Procurador Geral de Imperatriz destaca a importância da Defensoria Pública

Durante encontro com o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Maranhão, Dr. Adriano Jorge Campos, ocorrido na capital do Estado, o Procurador Geral do Município de Imperatriz, Dr. Gilson Ramalho Lima, destacou o papel dos defensores públicos não apenas como guarida para os mais humildes, mas, também, como órgão indispensável ao aprimoramento das instituições que prestam serviços públicos à população, sobretudo, a mais carente.
“Não pudemos cogitar o bom e satisfatório funcionamento de serviços públicos sem o exercício da Defensoria não só como trincheira dos mais humildes do povo, mas, sem dúvida, como fator essencial ao aprimoramento de órgãos e repartições públicas. O mister da advocacia, exercida pelos Defensores Públicos, é, na minha opinião, o mais sublime dos papéis desempenhados pelos agentes do Estado num país que se reivindica livre e democrático, mas que se obriga a conviver com injustiças e com a múltipla falência de órgãos estatais destinados ao atendimento do povo”.
O encontro do Procurador Geral de Imperatriz com o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Maranhão teve como principal finalidade esclarecer fatos e versões decorrentes de um ligeiro entrevero registrado em meados de março deste ano entre o Núcleo de Imperatriz da Defensoria Pública e a Secretaria Municipal de Saúde.
Para o Dr. Gilson Ramalho não é importante o acirramento de ânimos entre duas instituições indispensáveis à população, já que a Saúde Pública, ofertada pelo Município de Imperatriz, tem como finalidade atender bem, destinando seus serviços, em grande maioria, para pessoas carentes, em situação de grave vulnerabilidade social, enquanto a Defensoria, por sua vez, cumpre igual papel, quando, na defesa dos mais humildes, luta para que assistência de saúde chegue a todos, com qualidade e presteza.
“Partindo dessa premissa, que me parece verdadeira, não há sentido o acirramento de ânimos entre órgãos e repartições cujos objetivos são comuns, sintetizados no bem-estar do povo. Isso não quer dizer, todavia, que não haja divergência ou posicionamentos antagônicos. Contudo, a boa democracia nos ensina que o diálogo e o bom-senso são, em última análise, o melhor caminho. Por isso, resolvi conversar com o representante classista dos Defensores e, de maneira clara e inequívoca, firmar esse entendimento”, frisou Gilson Ramalho.
O Dr. Gilson Ramalho adiantou que a conversa com o Dr. Adriano Campos foi fundamental porque foi possível demonstrar o esforço desumano do Prefeito Sebastião Madeira para melhorar os serviços de Saúde num município que, forçosamente, atende legiões de doentes e feridos dos Estados do Tocantins e Pará, e de todos os municípios maranhenses que gravitam num raio de 300 km.
“Não pode ser havida como verdadeira a assertiva segundo a qual a Saúde de Imperatriz é ruim ou deficiente. Não. A questão é a superpopulação de atendidos egressos de outras plagas, doentes e aflitos, afugentados do desmantelamento das estruturas de Saúde que deveriam funcionar nessas regiões e não funciona. O Hospital Público de Imperatriz é um hospital de guerra, que atende 50 vezes mais que a sua capacidade. Os postos de Saúde dos bairros são superlotados de pessoas de outros municípios do nosso Estado e dos Estados do Pará e Tocantins que não cuidam da saúde básica. Essa é a realidade e, mesmo diante desse quadro, convenhamos, a Saúde de Imperatriz tem cumprido muito bem o seu papel, o fazendo, inclusive com o apoio da Defensoria Pública do Estado do Maranhão”, arrematou.

CPI da Violência elogia rede de atendimento à mulher vitimizada de Imperatriz

Imperatriz - As deputadas estaduais Francisca Primo (presidente), Gardênia Castelo (vice-presidente), Cleide Coutinho, Valéria Macedo (membro) e Eliziane Gama, membro e autora do projeto que constituiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência Contra a Mulher, foram unânimes em elogiar a Rede de Atendimento à Mulher de Imperatriz, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM).
Em audiência pública realizada quinta-feira (23), a titular da SMPM, Conceição Formiga, entregou à comissão um exemplar do Plano Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, lançado oficialmente em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. A gestora entregou também pauta de reivindicações que será encaminhada ao Governo do Estado.
Na pauta apresentada por Conceição Formiga, são solicitadas a criação de uma delegacia de polícia especializada para mulher, a recuperação da
atual, que atende crianças, adolescentes e mulheres, e um centro de recuperação do agressor. Ela afirmou que a secretaria tem procurado manter parceria com a Vara e Promotoria de Defesa da Mulher, bem como com todos os órgãos que compõem a Rede de Atendimento à Mulher.
"Redigimos o plano municipal, instalamos um banco de dados que pode não ser moderno, mas é de grande utilidade, mais que tudo isso é o nosso trabalho e comprometimento com a causa das mulheres", concluiu a secretária.
Representando a Câmara Municipal, a vereadora Caetana (PSDB) disse que a preocupação dos vereadores não é apenas visitar obras realizadas pela administração municipal. "Nós temos um compromisso social e de maneira especial com as mulheres", destacou. De acordo com ela, o Município avançou muito com a criação da Secretaria da Mulher.
A juíza Sara Fernandes Gama, titular da Vara de Defesa da Mulher, disse, inicialmente, que, ao tomar conhecimento da CPI, ao lado das representantes da SMPM e demais órgãos da rede, procuraram elaborar uma pauta de reivindicações para ser entregue à comissão.
A magistrada agradeceu à Assembleia Legislativa por ter aprovado recentemente uma Moção de Aplauso ao seu trabalho. "Nós queremos receber críticas, mas também recebemos de bom grado o reconhecimento", afirmou.
Ausência - A deputada Eliziane Gama disse ter sentido a ausência da delegada da mulher, ressaltando que Imperatriz precisa e merece uma delegacia especializada da mulher, um centro de ressocialização do agressor e um centro de perícia.
Presente na audiência, o prefeito Sebastião Madeira, sentado ao lado da deputada Gardênia Gonçalves, falou da satisfação de receber as deputadas, porém, como uma forma de reconhecimento, lembrou que o prédio da Câmara Municipal que abrigava o encontro foi construído pelo pai dela, João Castelo, quando governador do Estado.
"Ele também construiu o prédio da Prefeitura, do Fórum e ainda asfaltou cerca de 80 quilômetros de ruas. Portanto, não poderia deixar de fazer esse registro em forma de reconhecimento", concluiu Madeira.
O Estado

Escola funciona em estado precário no município de Gov. Edson Lobão

IMPERATRIZ – Rachaduras por toda parte, vigas expostas nas colunas que dão sustentação ao prédio, goteiras, janelas e portas quebradas, essa é a situação do Centro de Ensino Vicente Yanêz Pizon, na cidade de Governador Edson Lobão, distante 30 km de Imperatriz. Devido as péssimas condições, o Corpo de Bombeiros fez vistorias na escola na manhã de hoje (28), acompanhado do gestor regional de educação, Agostinho Noleto.
“O objetivo da visita é dá celeridade ao processo de reforma do prédio. Após a vistoria dos Bombeiros, a escola deverá ser reformada”, garantiu Noleto.
Além dos problemas estruturais, a fiação elétrica é muito antiga e os professores temem um curto-circuito a qualquer momento. A escola tem 21 anos e nunca passou por reforma, apenas parte do telhado que foi trocado, mas por iniciativa dos professores e alunos que realizaram eventos com o objetivo de arrecadar recursos para melhorar o telhado.
A escola estadual funciona com o Ensino Médio no turno vespertino e noturno, já no período matutino a escola é emprestada para o município e funciona com Ensino Fundamental. Ao todo são 600 alunos. Os professores, também, temem que a falta de estrutura possa estimular os estudantes a prática de vandalismo.
“Se o ambiente já está desprezível, acabado se torna até um estimulador a práticas de vandalismo e atos de indisciplina porque o ambiente não oferece nada de bom para os aluno”, disse o professor Geraldo Braga.
Com informações da TV Mirante

Loiras bandidas são presas por comercializar drogas em Carolina

polianaPoliciais militares do 4º BPM efetuaram a prisão de duas mulheres suspeitas de envolvimento com a comercialização de entorpecentes na cidade de Carolina. Na ação, foram detidas, Joana Darck Campos da Rocha, 28 anos, e Poliana da Silva Lima,19 anos, após abordagens realizadas no fim de semana, no bairro Brejinho, naquele município.
Segundo informações policiais, diversas denúncias indicavam que as duas mulheres eram as responsáveis pela boca de fumo no bairro Brejinho. De posse das informações, equipes da PM iniciaram as buscas e diligências a fim de prender as duas líderes do tráfico. No momento da abordagem, as suspeitas estavam em uma moto, quando tentaram empreender fuga, mas foram impedidas pelos militares. Nas proximidades do local da prisão, a PM encontrou um invólucro contendo 50 gramas de crack, que elas haviam jogado durante a fuga.
Na revista, os policiais ainda encontraram a quantia de R$ 204,00 em notas trocadas, que segundo as investigações, eram oriundos da venda da droga. Após receberem voz de prisão, as suspeitas foram detidas e levadas para a 11ª Delegacia Regional de Balsas.
No distrito policial, foi descoberto que Joana Darck já havia sido indiciada no início deste mês também por tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e receptação. Segundo a polícia, ela foi solta há dois dias, após liberdade provisória concedida pela Justiça. Além desses crimes, ela responde ainda por ter sido a autora de uma lesão corporal grave, ocorrida no mês passado.
Elas foram autuadas por tráfico e associação para o tráfico pelo delegado Alcides Martins e permanecem detidas à disposição da Justiça.
Oimparcial

27 maio 2013

Bolsa Família maquia pobreza de 10 milhões de famílias sem acesso aos direitos fundamentais.

O governo Dilma Rousseff melhorou a renda dos pobres, mas não solucionou seus níveis miseráveis de acesso a emprego e educação. É o que revela um indicador criado pelo próprio governo federal para analisar a pobreza no país, cuja base de dados de dezembro de 2012 a Folha obteve por meio da Lei de Acesso à Informação. 

Chamado de Índice de Desenvolvimento da Família (IDF), ele é abastecido pelo Cadastro Único (banco de dados federal sobre famílias de baixa renda) e possibilita uma mensuração detalhada da situação do pobres. Em vez de definir a condição social só pela renda, como faz a propaganda oficial, o IDF a divide em seis dimensões: vulnerabilidade da família, disponibilidade de recursos (renda), desenvolvimento infantil, condições habitacionais, acesso ao trabalho e acesso ao conhecimento.

Cada uma delas ganha uma nota, que varia de 0 (pior) a 1 (melhor). Juntas, essas seis notas criam uma média geral --que, no caso dos pobres brasileiros, está em 0,61. O índice de renda, por exemplo, está acima da média: 0,63. Esse desempenho tem relação direta com as mudanças feitas por Dilma no Bolsa Família, elevando seu orçamento em 67% (R$ 24 bilhões em 2013). A mais recente ampliação, feita neste ano e portanto não captada pelos dados obtidos, concedeu um complemento para que todos no Cadastro Único tenham renda de ao menos R$ 70 mensais per capita --quem recebe menos é considerado pelo governo como miserável.

Essa erradicação monetária da miséria no cadastro motivou uma campanha publicitária anunciando que "o fim da miséria é só um começo". Eco da promessa feita por Dilma em 2010 de acabar com a extrema pobreza, o mote estará em sua campanha pela reeleição no ano que vem. O que contradiz o slogan é o desempenho de duas dimensões: acesso ao conhecimento e acesso ao trabalho. O índice da primeira, que capta a situação de adultos e de parte dos adolescentes, está em 0,38. O da segunda, em 0,29.

Mudanças na metodologia do uso do índice no cadastro ao longo dos anos e sua não aplicação a outros grupos dificultam uma análise comparativa dos números. O economista Ricardo Paes de Barros, que liderou a criação do IDF há mais de dez anos, diz no entanto que as notas podem ser entendidas como porcentagens do acesso a direitos fundamentais. Aplicando a ideia à nota geral, é como dizer que os pobres brasileiros têm acesso a 61% de seus direitos fundamentais e são privados de 39% deles. Em relação às notas mais baixas, significa dizer que eles acessam só 29% dos direitos ligados ao trabalho e apenas 38% dos relativos ao conhecimento.

Esses direitos são mostrados nos 60 componentes que compõem as seis dimensões. Alguns deles detalham os problemas enfrentados na educação e no trabalho. A proporção de famílias pobres com ao menos um adulto analfabeto, por exemplo, supera os 80%. E beira os 70% a porcentagem de famílias nas quais ninguém tem ocupação não agrícola. Como o país experimenta algo próximo do pleno emprego, uma possível explicação para o quadro é que a falta de formação é o maior limitador para que essa fatia da população encontre trabalho. A baixa nota das duas dimensões indica também que o número de pessoas que precisam do Bolsa Família não deve diminuir tão cedo. Emprego e educação são tidas como as principais "portas de saída" do programa.(Folha de São Paulo)

Dr. Pádua pode não ser candidato...

No último sábado na 6.ª Cavalgada de Ribamar Fiquene foi muito concorrida e na qual apareceram vários políticos com e sem mandatos.
Estavam lá os deputados Léo Cunha (PSC), Dr. Pádua (PSD), Valéria Macedo (PDT), todos cumprimentando o povo, em manifesto ato de aparição pública de pré-campanha.
Cavalgada de Ribamar Fiquene - pré campanha
Além dos políticos locais, dentre os quais, o Prefeito Vasco, ex-prefeito Raimundo Jorge, Presidente da Câmara Júlio, ex-vereador João Louza, dentre outros verificou-se a presença do ex-prefeito de Porto Franco.
Léo Cunha e Valéria Macedo claramente vão para a reeleição. Deoclides Macedo é pré-candidato a Deputado Federal, mas tem muita gente que defende seu nome para compor a chapa com Flávio Dino.
A novidade é que tudo indica que Dr. Pádua vai fazer-se substituir pela mulher Dra. Marilda de Pádua. Os movimentos políticos de Dr. Pádua indicam que o medido quer ficar livre para os negócios de medicina e colocar a mulher em seu lugar.
Pádua apresenta Dra. Marilda/pré-campanha
Desde o início do mandato Dr. Pádua tem se dividido – ilegalmente, diga-se de passagem – entre o mandato e os negócios alusivos a medicina. Pádua não teve o mandato questionado na Justiça ainda porque a Justiça no Maranhão é só para os pobres e desvalidos.
Dr. Pádua continuo operando às escâncaras. Chegou mesmo a colocar ônibus com o nome de Dra. Marilza na Assembléia Legislativa, fato que foi alvo de matéria até no Jornal Pequeno.
A novidade na política de Imperatriz é que Dra. Marilza de Pádua poderá ser candidata a deputada estadual, no lugar do Marido. O outro problema de Dr. Pádua é que ele está no PSD, que vai para o chapão governista. E Pádua sabe que se entrar no Chapão não tem dinheiro que o salve. Por isso, também considera colocar a mulher num bloquinho governista onde ela tenha mais chance, Marilza continua no PP.
Resumo da ópera: enquanto Léo Cunha e Valéria Macedo dão claros sinais de que disputarão a reeleição, Dr. Pádua quer fazer-se substituir pela mulher, a médica monte altense Dra. Marilza de Pádua (PP).