30 janeiro 2015

Jairo Madeira entrega computadores ao Conselho Tutelar em João Lisboa

Na manhã desta quarta-feira (28/01) o prefeito de João Lisboa Jairo Madeira entregou cinco computadores ao Conselho Tutelar.
Além de Jairo Madeira a cerimônia teve a participação dos conselheiros tutelares de João Lisboa, da Secretária de Assistência Social Edna Maria e demais secretários municipais.

O prefeito Jairo Madeira entregou os computadores aos Conselheiros Tutelares para uso exclusivo em serviço. Monitores de 20 polegadas, com 8 gigas de memória, Core i5, HD de 500Gb e com gravador de DVD. Os computadores fazem parte do kit disponibilizado pelo Governo Federal, por meio da Secretaria de Direitos Humanos.


“A conquista desses equipamentos deve-se à ação do prefeito Jairo Madeira que tem tido um grande compromisso com a proteção à criança e ao adolescente de nossa cidade”, disse Sulane que é Conselheira Tutelar.

“Todas essas aquisições para o Conselho Tutelar de João Lisboa são de responsabilidade do Prefeito Jairo Madeira que tem buscado iniciativas para dinamizar e fortalecer as ações de proteção aos menores assistidos pelo Conselho”, declarou Edna Maria, Secretária de Assistência Social.

“Os equipamentos foram adquiridos através do empenho de minha equipe que trabalha de forma incansável para que as coisas aconteçam em João Lisboa. Acredito que com esses novos equipamentos os conselheiros tutelares irão exercer seus trabalhos com uma maior eficácia”, destacou Jairo Madeira.

A casa caiu! Polícia tenta identificar arrombador de lojas que agiu em Porto Franco

Arrombadores invadiram loja especializada em venda de máquinas em Porto Franco e foram flagrados por câmara de segurança instaladas no prédio. Ação aconteceu na noite de quarta-feira (28) na Avenida Valentim da Silva Aguiar, a vítima foi o Grupo Impermáquinas, concessionário da Still na região. 


Os ladrões levaram motosserras, roçadeiras, máquinas de lavar e motobomba, mas, os prejuízos ainda não foram avaliados. Além das mercadorias, também levaram os computadores da loja inclusive uma CPU que armazena dados do circuito interno de TV. Porém, as imagens dos sistema de segurança da loja fica armazenada em uma central localizada na cidade de Imperatriz, o quer facilitou a identificação de um dos ladrões.
Agora a empresa vai depender do trabalho da polícia e de apoio da comunidade para tentar identificar o suspeito que aparece nesta foto no momento em que estava no interior da loja furtando parte dos objetos levados pela quadrilha.

O sistema de alarme não disparou, e o roubo só foi percebido quando os donos da empresa e funcionários chegaram para trabalhar na manhã de quinta-feira.

Por Nardele Oliveira

Governador promete agilizar plebiscito em área de conflito que envolve João Lisboa, Senador La Roque, e Buritirana.


Documento pedindo providências com relação as demandas dos povoados atingidos foram entregues ao governador.

Durante a estada do Governador Flávio Dino em Imperatriz a Deputada Valéria Macedo e deputado eleito Professor Marco Aurélio promoveram reunião dos prefeitos dos municípios interessados para tratarem da questão do plebiscito e dos serviços essenciais de saúde e educação nos povoados pertencentes de fato a Senador La Rocque.
O promotor da Comarca Eduardo André de Aguiar na ocasião entregou documentos ao Governador Flávio Dino, pedindo o concurso do Poder Executivo na realização do plebiscito e outras providências imediatas. O Promotor se manifestou no sentido de que a realização do plebiscito será a solução para o problema. A Deputada Valéria Macedo, autora do Decreto Legislativo 454/2014, aproveitou para pedir o concurso do Governador Flávio Dino junto ao Tribunal Regional Eleitora no sentido de que se realize o plebiscito, solução definitiva para este intrincado problema. “Não há solução para essa questão que passe pelo voto popular, pela democracia direta através do plebiscito, por isso apresentei o projeto que foi aprovado e falta a realização da consulta para que a Assembléia dirima de uma vez por todas essa questão, mas depois de consultar as populações diretamente interessadas dos
três municípios”, finalizou.

O Governador Flávio Dino comprometeu-se de fazer gestão junto ao Tribunal Regional Eleitoral para realização do plebiscito.

Deoclides Macêdo é diplomado pelo TRE-MA

Por Josué Mora_

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão – TRE, diplomou nesta quinta-feira, 29 de janeiro, Deoclides Macedo como suplente de deputado federal eleito pela coligação “Todos pelo Maranhão 2” nas eleições 2014.

O ato, que teve a presença de 6 desembargadores do TRE,  foi também bastante prestigiado por familiares, amigos e correligionários de Deoclides Macedo, que fizeram questão de presenciar o que consideram o último passo para efetivação dessa importante liderança do sul do Maranhão como mais um representante do estado na Câmara federal.
A diplomação de Deoclides aconteceu dois  dias após a aprovação de prestação de suas  contas eleitorais cumprindo todas  as formalidades previstas na legislação eleitoral e se tornando  apto a exercer o mandato de deputado federal, conforme já foi divulgado, substituindo o deputado Julião Amim, que assume a Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária.
Antes, em 12 de janeiro, o TRE-MA realizou o reprocessamento do resultado do 1º turno das eleições 2014 em cumprimento à decisão monocrática do ministro Dias Toffoli (presidente do Tribunal Superior Eleitoral) proferida na Ação Cautelar 1935-81.2014.6.00.0000. O reprocessamento se deu para contabilizar os 56.171 votos recebidos por Deoclides Macedo, garantindo a vaga de mais um deputado à coligação “Todos pelo Maranhão 2”.
Visivelmente emocionado Deoclides disse à reportagem que em nenhum momento teve dúvidas de que seus votos seriam validados e que “a confiança em Deus e o apoio do povo do Maranhão estão sendo determinantes para o sucesso de sua caminhada”.
“Agradeço a Deus e a todos aqueles que confiaram na justeza  de nosso  propósito e que nos incentivaram torcendo, rezando ou orando a nosso favor, para que tenhamos a oportunidade de representar bem o Maranhão na Câmara dos deputados”, disse Deoclides.
Exemplo de fé, coragem e persistência
O exemplo de fé, coragem e  persistência de Deoclides Macedo ficará marcado na historia política do Maranhão. Antes, durante a campanha, quando enfrentou as impugnações de cabeça erguida mantendo sua campanha contra todos os obstáculos que lhe criavam pelos adversários e até pelo chamado “fogo amigo” que tentavam desencorajar o eleitor a votar num candidato “sub-judice”, o que de certa forma lhe causou a perda de muitos votos. Depois, quando ao sair o resultado eleitoral que seus votos não apareceram, gerando muita especulação no meio político – que dava como “favas contadas” o final do processo e sua conseqüente derrota - e a angustia ou frustração gerada em muitos de seus eleitores.
Mas o tempo todo Deoclides não abaixou a cabeça e continuou insistindo que seus votos seriam validados, que a Justiça haveria de fazer valer a Constituição e que nada havia praticado que lhe tirasse o direito de cidadão de ser votado e de representar o povo do Maranhão. Quando parte da imprensa ou mesmo aliados e partidários lembravam seu nome para ocupar algum cargo no novo governo, Deoclides descartava essa hipótese reafirmando que seu foco era a validação de seus votos.
Não se pode deixar de reconhecer nesse processo a clareza da posição da Justiça Eleitoral do Maranhão que desde o primeiro momento seguiu a jurisprudência sobre quem tem a prerrogativa de julgamento de prefeito, de que não se poderia “rasgar a Constituição mudando a regra do jogo durante o jogo", tendo finalmente o TSE através da decisão de seu presidente, Ministro Dias Toffoli resolvido em tempo hábil seguir na mesma linha da corte eleitoral maranhense. 
O exemplo de Deoclides deve ser seguido, o de um político não apenas  corajoso e crente em Deus, mas acima de tudo  competente, probo, responsável e compromissado com aqueles que lhe confiam o voto.
Vamos agora aguardar a posse do titular do mandato, Julião Amim, que deverá logo em seguida se afastar para ser secretário de Estado e passar o bastão para seu companheiro de partido e primeiro suplente Deoclides Macedo, fazendo valer a convicção que temos, de que o Maranhão ganhará um grande parlamentar.

Eleições da câmara: Dilma já trabalha com a possibilidade de impeachment

Emplacar Arlindo Chinaglia na presidência da Câmara é uma questão de sobrevivência política para presidente Dilma. 

O pano de fundo dessa disputa são novas CPIs e até mesmo um eventual impeachment. A avaliação é do historiador Marco Antonio Villa e de Joice Hasselmann, no 'Aqui Entre Nós'. Os colunistas encontraram ainda novos nomes para as refinarias do Petrolão: Passadilma e Abreu e Lula.

A pedido de Jean Wyllys, MP interrompe curso para pastores sobre temática gay


Por solicitação do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), um curso de orientação sobre homossexualismo ministrado pelo ex-homossexual Claudemiro Ferreira – e voltado para pastores – foi interrompido pelo Ministério Público do Distrito Federal (MP-DF).
Apesar de voltado para lideranças evangélicas, o evento que aconteceria entre os dias 19 e 23 do presente mês foi interrompido por um oficial de Justiça. A programação foi denunciada porque supostamente tratou da homossexualidade “como doença”. O caso seria investigado pelo MP-DF, que decidiu pelo seu arquivamento (veja abaixo).
Mas o foco do evento traz uma perspectiva bastante distante de qualquer vestígio de homofobia. O cartaz do evento dizia somente: “Homossexualismo: ajudando, biblicamente, a prevenir e tratar aqueles que desejam voltar ao padrão de Deus para sua sexualidade”.
Mesmo assim, com base na denúncia de Jean Wyllys, o Ministério Público do Distrito Federal intimou os palestrantes Airton Williams e Claudemiro Soares durante evento em Brasília. Contra eles, foi feita por Wyllys uma acusação sobre “charlatanismo”.
Com a divulgação do caso, lideranças evangélicas passaram a questionar se agora é crime no Brasil ensinar que o homossexualismo é pecado. Outras questionam se Jean Wyllys acionaria o MP se o curso fosse ministrado por um clérigo muçulmano em uma mesquita.
“Qualquer um pode defender o aborto e o uso de drogas, que são crimes, abertamente. O Ministério Público não diz nada. Mas falar em lugar privado sobre terapia para gay é proibido e o lugar invadido pelo MP-DF. É revoltante”, afirmou o pastor Silas Malafaia.
Por sua vez, o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) questionou o “oportunismo” de Jean Wyllys, lembrando a origem do deputado do PSOL, que se deu em um reality-show.
“Não me assusta que o pacóvio deputado ex-BBB ter assumido a autoria da denúncia visando a prisão dos palestrantes. É um cristofóbico assumido. Se os cristãos ficarem calados, amedrontados, preparem-se para verem pastores e padres serem presos, retaliações piores que está virão”, declarou Feliciano.
A advogada e pastora Damares Alves destacou a força do lobby LGBT. “Pasmem, senhores, o Ministério Público foi no local e interrompeu o curso. Olhem o tamanho do poder do deputado Jean Wyllys. Conseguiu interromper um curso fechado para líderes evangélicos. Isso é só o começo. Temos que dar uma resposta à altura a esse episódio”, ressaltou.

MP-DF recua após repercussão

“Tanta coisa para um parlamentar fazer no Brasil e ele preocupado com um curso que tinha apenas 25 pastores presentes querendo tão somente aprender sobre como acolher e lidar com os milhares de homossexuais que tristes e deprimidos procuram nossas igrejas”, sentenciou Damares.
Depois da forte repercussão negativa sobre a interrupção do curso voltado para pastores, o Ministério Público do Distrito Federal decidiu arquivar o caso por não haver indício de discriminação por orientação.
Oficialmente, o MP-DF decidiu pelo arquivamento após o depoimento de um dos palestrantes, Airton Williams. O depoimento do palestrante levou o promotor a conclusão óbvia: o curso é voltado para lideranças evangélicas interessadas em acolher homossexuais.
“Ele explicou que o curso é sobre como acolher homossexuais e como fazer trabalho de orientação eclesiástica para, nas palavras dele, homossexuais que gostariam de deixar de ser”, afirmou o promotor Thiago Pierobom de Ávila.
O promotor disse que o papel do Ministério Público é vedar qualquer ato de discriminação, o que, para ele, até o momento, “não ficou caracterizado”.
Fonte: GospelPrime

DEPUTADA VALÉRIA MACEDO COMEMORA CONVÊNIO QUE BENEFICIA PACIENTES DE CÂNCER NA REGIÃO TOCANTINA

"Parabéns ao governador Flávio Dino por sua sensibilidade e vontade política. Parabéns à Dra. Glória Cortez da AMPARE e a todos aqueles que se empenharam nessa luta”, disse emocionada Valéria Macedo. 

A Deputada Valéria Macedo (PDT) assinou como testemunha e comemorou com  muita alegria o convênio firmado entre o Governo do Estado do Maranhão e a Clínica ONCORADIUN de Imperatriz, para realização de tratamento com radioterapia em pacientes com câncer. 

O convênio foi assinado pelo governador Flávio Dino e o Secretário de Saúde do Estado, o médico Marcos Pacheco e foi anunciado durante o lançamento do programa “Mais asfalto” na última terça-feira (28/01). 

A luta pela implantação do tratamento de câncer por radioterapia em Imperatriz e a construção de um Hospital do Câncer é compromisso de campanha do primeiro mandato da Deputada Valéria Macedo, que ao lado da AMPARE (Associação de Amparo aos Pacientes de Câncer da Região Tocantina) e de outros seguimentos da saúde fez vários discursos cobrando do governo do Estado na gestão anterior e criou na Assembleia Legislativa uma comissão de Deputados para acelerar a efetivação do convênio junto aos governos Estadual e Federal. 

 “Essa é uma grande conquista para os pacientes de câncer que tanto padecem em nossa região tendo que se deslocar para outros centros como Araguaína, Teresina e até São Paulo, para obter esse tratamento tão importante para suas vidas”. Parabéns ao governador Flávio Dino por sua sensibilidade e vontade política. Parabéns à Dra. Glória Cortez da AMPARE e todos aqueles que se empenharam nessa luta”, disse emocionada Valéria Macedo. 
Uma comissão formada pelo governador Flávio Dino, o Secretário Marcos Pacheco, prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira e os Deputados Estaduais Valéria Macedo e Professor Marco Aurélio visitaram a Clinica ONCORADIUN, onde atualmente são realizados procedimentos de radioterapia. O governador Flávio Dino disse que o Estado deve avançar na melhoria da saúde pública e relembrou que ainda em campanha recebia reclamações de pessoas que buscavam atendimentos simples nas redes de saúde e não conseguiam. 

Durante conversa com o governador o prefeito Sebastião Madeira fez questão de ressaltar a luta da Deputada Valéria Macedo para conseguir a contrapartida do Estado no sentido de ampliar o tratamento a pacientes oncológicos e a instalação da Unidade de Assistência de Alta complexidade em Oncologia UNACON (Unidades de Assistência de Alta Complexidade). Sebastião Madeira disse, ainda, que a prefeitura de Imperatriz vem cumprindo todos os requisitos para o convênio, inclusive, com a parceria entre a ONCORADIUN e a prefeitura que já resultou na instalação de um Centro Oncológico dentro do Hospital Municipal.

27 janeiro 2015

Rogério Cafeteira pode ser o líder do novo governo

Alguns blogues divulgaram, no dia de hoje, que o deputado Rogério Cafeteira poder ser o líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa.
Rogério Cafeteira na roda dos sarneisitas
Não bastasse os sarneisistas ainda alojados na atual gestão – desde secretários, estrangeiros, assessores, chefes de autarquias e diretores ‘entocados’ em cargos estratégicos, aliás, essa mesma tropa que nunca moveu uma palha pelo comunista (nunca empunharam uma bandeira na frente do Palácio dos Leões), ainda por cima apoiou o candidato do grupo Sarney e, por conseguinte, desabonou – sem hesitar – de forma devastadora a imagem de Dino, eis que surge a informação de que o sarneisista de nascença Rogério Cafeteira será o líder de Flávio Dino na AL.
Evidente que pode ser mais um desses boatos espalhados pela rede, porém a se confirmar tal despautério (juro que não quero acreditar!), algumas considerações devem ser feitas.
A primeira delas: Cafeteira era um dos maiores críticos de Dino e de membros de toda a oposição. A serviço de Roseana e José Sarney, em quatro anos de mandato ele agiu plenamente a favor dos interesses da oligarquia. Sem receio algum, disparava petardo contra a candidatura da oposição, isto é, de Flávio Dino, somente para agradar seus senhores.
O deboche e a crítica apequenada era uma das características de Rogério na tribuna da Assembleia. Cafeteira fazia coro aos ataques despudorados e ofensivos dos deputados Magno Bacelar, Roberto Costa, Tatá Milhomen, Manoel Ribeiro, entre outros fâmulos do clã usados diariamente para atacar Flávio Dino.
Durante seu mandato apagado, Rogério Cafeteira, que apoiou a eleição de Lobão Filho, escrachou sem pena e sem dó com a oposição. Dino e tanto outros que estavam na trincheira contra o clã não eram poupados das críticas malevolentes do deputado (falar nisso, alguém viu o sobrinho do senador Cafeteira pedindo voto para Flávio Dino?).
Ou seja, Cafeteria ser escolhido líder de Flávio é como se Edinho Lobão tivesse vencido o pleito de governador e o líder escolhido para defender seu governo fosse o deputado Marcelo Tavares. Pense numa aberração.
Além disso, Rogério Cafeteira não tem os atributos necessários (a coerência é primeira delas; falta-lhe também preparo, firmeza, oratória) e tampouco estatura moral para ser o líder de Flávio Dino. A sua única credencial é de assecla dos Sarneys e agir em prol do jogo da oligarquia.
Diante dessa parvoíce, só falta agora Adriano Sarney e Andreá Murad serem chamados para o barco comunista! Aí será o fim do mundo. Os dois Leões do Palácio agradeceriam.
Por John Cutrim

SHOPING CIDADÃO: Só o governador pode por um fim na fila da humilhação.

Dezenas de jovens, adultos e até idosos procuram o Shoping Cidadão diariamente afim de receber atendimento e ter seu problema solucionado pelos serviços oferecidos pelo Estado, como 2ª vias de documentos e até a carteira de trabalho.

Fila vira o quarteirão, e ainda tem os vendedores de vagas
foto: Imperatriz fotos/Daniel Sena
Ocorre que as senhas expedidas diariamente são limitadas e quem procura o atendimento tem que chegar na noite anterior e aguardar até a manhã do dia seguinte, e ainda ainda assim muitos que realizam toda essa peregrinação ainda não conseguem atendimento.

Para complicar e revoltar ainda mais, é possível, ainda, se deparar com os 'negociadores' que enfrentam as primeiras filas para depois vender a SENHA, foi o que denunciou a jovem Karolyne Ferreira que há vários dias vem tentando conseguir atendimento para tirar documentos pessoais.  Segundo a denunciante, os negociadores cobrariam de 30 a 50 reais por senha.

Esse problema já ocorre há muito tempo e vem sendo denunciado em vários meios de comunicação, mas até agora sem nenhuma expectativa ou solução por parte da organização do atendimento para que acabe de vez com o que estão chamando de: "A fila da humilhação". 

Mas tudo isso pode ter um fim, já que é possível que agora, com a chegada do governador Flávio Dino, ele intervenha e busque solucionar essa grave condição de atendimento só aproximada com a dos anos 90, quando era necessário madrugar na porta da delegacia para adquirir um documento de identidade.

OAB vai oferecer quatro cursos de capacitação em fevereiro

A partir do dia 9 de fevereiro, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – subseção de Imperatriz – vai oferecer quatro cursos de capacitação. Em parceria com a Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), a programação contempla temas como honorários advocatícios, alterações em procedimentos, tutela provisória, mediação e conciliação. 

Destinadas para advogados e estudantes de Direito, as aulas serão transmitidas, ao vivo, no auditório da OAB. Todos têm a possibilidade de tirar dúvidas com os palestrantes por e-mail. Ao final, cada participante recebe certificado no formato digital.

Os interessados devem se inscrever na sede da Subseção Imperatriz, que fica na Rua Simplício Moreira, 1083 – Centro. Os números para contato são: 3525 – 9666 e 3252 – 3157.

Confira a programação dos cursos:

§ 09/02/2015 a 12/02/2015 – Das 08h00 às 11h00


ASPECTOS POLÊMICOS DO NOVO CPC

§ 18/02/2015 e 19/02/2015 – Das 18h00 às 20h00

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS E O NOVO CPC

§ 23/02/2015 a 26/02/2015 - Das 18h00 às 20h00

QUESTÕES RELEVANTES DO NOVO CPC

§ 24/02/2015 e 25/02/2015 – Das 09h00 às 11h00

O NOVO CPC E O DIREITO DE FAMÍLIA


A programação completa está no site da OAB: www.oabimperatriz.com.br

Ex-líder do governo Roseana fora do DEM

O deputado César Pires, ex-líder do governo Roseana Sarney, confirmou que está fora do DEM por “falta de democracia interna” e por discordar da posição do deputado Antônio Pereira, que, segundo ele, colocou a legenda no bloco que dará apoio ao governo de Flávio Dino sem consultá-lo.

“Não se pode confundir apoio ao candidato a presidente da Assembleia Legislativa Humberto Coutinho como adesão ao governo. Eu voto em Humberto, mas apoiar o governo seria uma nova discussão a ser travada internamente. Como não respeitaram as instâncias, posso garantir que a chance de permanecer na legenda é zero.

César Pires disse ainda que não decidiu o caminho a seguir, mas adiantou que andou conversando com o ex-secretário Claudio Trinchão, que lhe garantiu que o novo Partido Liberal estará constituído e legalizado até junho próximo.


Informações JP

PÁTRIA EDUCADORA DE DILMA: 2 Milhões de universitários temem perder FIEIS

No discurso de posse, Dilma prometeu que seu governo teria um slogan: "pátria educadora". Até agora é só calote.

(Do Valor) Os maiores grupos de ensino superior do país, com mais de 20 mil alunos, querem um compromisso formal do governo de que os repasses do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que não serão pagos neste ano - de agosto a dezembro - sejam feitos em dois anos, com correção pelo IGP-M. O mecanismo, que nos últimos quatro anos bancou as mensalidades escolares de 1,82 milhão de alunos, com desembolso de R$ 23,7 bilhões, está sob novas regras.

Até agora, as escolas recebiam os repasses do Ministério da Educação (MEC) a cada 30 dias. Agora, o Fies só honrará as mensalidades deste ano até julho. O restante será pago em 2016, sendo que as regras desses repasses não foram definidas. Os grupos privados, a princípio, aceitam o adiamento, mas querem que os valores sejam corrigidos pelo IGP-M e que, em 2016, os pagamentos voltem a ser mensais.

O governo já havia decidido pagar com desfasagem os repasses das mensalidades vencidas a partir de janeiro deste ano. Os valores de dezembro de 2014, por exemplo, só serão repassados no dia 10 de fevereiro; os de janeiro, apenas em 23 de março, e assim por diante. 

As parcelas serão transferidas às escolas ao longo deste ano em oito vezes, a cada 45 dias, mas a defasagem para as instituições com mais de 20 mil alunos chegará a 4,5 meses, no caso da mensalidade de julho, a última ser honrada neste ano - o valor só será quitado em 14 de dezembro.
Em 2014, o Fies custou R$ 9 bilhões ao governo. Entre 2010 e 2014, a despesa chegou a R$ 23,7 bilhões. No Orçamento de 2015 estão previstos R$ 12,4 bilhões.

O portal do Fies na internet está fora do ar desde o dia 1º e ainda não há data para normalização. A previsão inicial era que o site voltaria a operar em 18 de janeiro, o que não aconteceu. O Ministério da Educação informa que os estudantes podem solicitar o benefício até 30 de abril. Até lá, devem negociar com as escolas o pagamento das mensalidades dos primeiros quatro meses do ano.

Coturno Noturno

26 janeiro 2015

Com paralisia facial, aluno maranhense nota mil do ENEM vira noticia Nacional

EXEMPLO DE SUPERAÇÃO – O jovem maranhense Luís Henrique de Sales Santos, de 19 anos, está entre os 250 estudantes com nota máxima (Nota 1.000) na Redação do ENEM 2014, dentre os 6,2 milhões que fizeram a prova. Sendo que mais de 500 mil tiraram nota Zero na Redação.



Filho do funcionário público Luís Carlos Magalhães Santos e da dona de casa Dorizan de Sales Santos, o jovem, que perdeu 25% da audição por consequência de uma paralisia cerebral, estudou toda a sua vida em escola pública, sempre se destacando por suas notas altas.

No ano passado, Luís Henrique procurou o Curso Wellington, encontrando apoio necessário para dar continuidade ao sonho de ser aprovado no vestibular e estudar em uma Universidade Federal. Realizou pela primeira vez o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), onde obteve nota máxima na Redação (mil pontos), o que o levou a escolher o curso dos sonhos: Ciências da Computação.

O apoio dos pais, a dedicação ao estudo e o amor à leitura foram os recursos usados por Luís Henrique para se sobrepor às dificuldades aparentes que teve de enfrentar.

“Sempre fui estudioso e com frequência estou com um livro na mão ou lendo uma reportagem. Vou além do que a escola me dá”, afirmou o estudante.

Para o educador Carlos Wellington, fundador do Curso Wellington, o estudante Luís Henrique, PCD (Pessoa Com Deficiência) é motivo de orgulho, por ser um exemplo de superação.

“Luís Henrique é um exemplo de superação, dedicação, persistência e a prova de que, quando se sonha e se luta por um objetivo, não há dificuldade que impeça sua realização. O Curso Wellington sente-se honrado em ter contribuído para tal conquista”, destacou o professor Wellington.


Blog do Neto Cruz

25 janeiro 2015

Ferreira Gullar ou Neném Bragança? Dois grandes nomes que não merecem esse debate.

IMPERATRIZ_   Projeto do vereador recém empossado Professor Adonilson (PC do B) tenta mudar o nome do Teatro Municipal Ferreira Gullar para Neném Bragança, artista, compositor e incentivador da cultura local, vitimado pelo câncer no ultimo mês. 
Autor: Vereador Adonilson


Em conversa com o editor do blog, o vereador disse que "A apresentação está sendo legitimada vários artistas, como didi praes, zeca Tocantins, chico do Teatro. E justificou o projeto dizendo, "a carência de políticas públicas é tão grande que uma parcela grande do povo deseja tudo o que merece ao mesmo tempo, e como o legislativo não tem como fazer isso. Fica a ideia do político que nada faz. Acredito que a discussão ta servindo pra balançar um pouco a dinâmica dos interesses da cultura na cidade."

Dado a sensibilidade da questão, é preciso, antes de qualquer coisa, alertar que não existirá nesta breve analise, que possui o desejo simples de apresentar o contraditório, nenhum intento de impedir isso ou aquilo outro, mas sim de trazer o outro lado sob pena que não sejam apresentados, já que a pauta irá para uma assembleia, portanto, em meio há um momento ainda de comoção em que o desejo e sentimento possam prevalecer à luz da razão, já que também será a primeira vez que as palavras sinceras de reconhecimento à história do saudoso artista poderão estar vistas ao ponto do debate e discurso dos vereadores. Por isso vem o alerta, sob pena da emoção incorrer em erro e resultar na aprovação de um projeto que pode apagar uma grande homenagem para construir outra. 
Neném Bragança - eterno defensor da cultura local

Em hipótese alguma podemos desqualificar a importância e o sentimento de justiça que inclui o projeto que altera o nome do teatro Ferreira Gullar para o do artista falecido recentemente Nenén Bragança, no entanto, o resultado politico e social já possui seu efeito, visto que a repercussão em sí trouxe à tona o autor e fato que ora confronta os mais conservadores em meio a mesma vontade do vereador recém empossado professor Adonilson, o de não deixar que a história se apague.
Maranhense Ferreira Gullar 
Mas é preciso constar que trocar o nome de um grande brasileiro por outra grande brasileiro é meio confrontador, visto, porém, que em meio a homenagens não podemos desprezar um para exaltar o outro. Mas uma frase simbólica contribuirá para esse debate, justamente para que a manifestação não passe de duas bases, a principio, a do projeto feito pelo professor e da contestação feita por mim. Veja a manifestação do Xerxes Aguiar, apresentador, produtor e professor:
“Com tanta necessidades de propostas , significantes pra cidade vem ai mais uma pérola do legislativos de Imperatriz. Após a morte do nosso querido e talentoso Neném Bragança em um surto de lembrança vereadores propõem como forma de homenagem (quando vivo ninguém homenageava),querem trocar o nome do Teatro para Neném Bragança. Sinceramente, pra min é só mais uma justificativa da presença de alguns legislativos, uma atitude hipócrita tendo em vista que nunca partiu dali alguma iniciativa no sentido de ajudar os artistas locais em vida. Se realmente esses cidadãos querem homenagear o artista que contribuam do próprio salário com uma mesada de pelo 150 reais de cada vereador (R$ 3150 por mês), isso sim é uma homenagem, o resto é político e hipocrisia”.

QUEM É FERREIRA GULLAR_
Pois bem, Com 84 anos, certamente, o poeta Ferreira Gullar, ainda vivo, não se transformará em pedra, e ao certo, a dor da troca de uma história por outra virá ao entrar em seu descanso eterno. O projeto que troca Artur por Neném não só poderá ser visto como um erro, se ocorrer, como poderá fazer parte da história pelo ledo engano. 

Abaixo como o site da globo relatou a ingresso de Ferreira Gullar para a academia Brasileira de Letras:

Ferreira Gullar, Poeta, ocupa foi conduzido por 36 dos 37 votos à imortal membro da Academia Brasileira de Letras no final de 2014, na cadeira 37, que antes era ocupada por Ivan Junqueira, mas também já foi de Getúlio Vargas, Chateaubriand e João Cabral de Melo.

Ferreira Gullar, um dos mais aclamados autores brasileiros vivos, é o pseudônimo José Ribamar Ferreira. Ele nasceu em São Luís, no Maranhão, em 10 de setembro de 1930. Publicou seu primeiro livro, "Um pouco acima do chão", aos 19 anos de idade. Dentre suas principais obras, estão "A luta corporal" (1954), "Dentro da noite veloz" (1975), "Poema sujo" (1976) e "Na vertigem do dia" (1980) Seu mais recente é "Em alguma parte alguma", que ganhou o prêmio Jabuti de livro do ano em 2011. 

Teatro Municipal Ferreira Gullar

A SUGESTÃO_

Para não nos depararmos em simples criticas, como disse o vereador e autor do projeto ao ser indagado por mim, sobre mudar o nome de um grande brasileiro por outro grande brasileiro, Adonilson disse que este sentimento era limitado a “alguns críticos de natureza política”. Vale lembrar, porém, que isso tudo é politica, assim como o nobre parlamentar é “POLÍTICO”, e que as razões naturais que implora pelo contraditório em meio a acertos e erros do legislativo municipal são e sempre serão de natureza POLÍTICA, claro que em um regime democrático sob os olhos da constituição e da livre manifestação e opinião. 

Prédio da CAEMA abandonado
Fica a sugestão, ao invés do Teatro o Centro Cultural, e o professor Adonilson como amigo do governador, poderia unir as forças na doação do antigo e abandonado prédio da CAEMA, que seria nomenclaturado como Centro Cultural Neném Brabança.

Vejamos: Desde o ano de 2012 o agora assessor do vereador Adonilson, Carlos Leen é um dos cabeças assim como o promotor Marcelo Trovão, do projeto que, através do Movimento Cultural de Imperatriz tenta transformar o antigo prédio da Caema, localizado no Bairro Caema, Imperatriz, em espaço cultural. Neste ano o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira se reuniu com o governador Flávio Dino e com a direção da CAEMA para tentar avançar no projeto de doação do prédio abandonado, baseado nisso, no interesse do vereador em homenagear nosso grande artista, na sua posição POLITICA de aliado e amigo do governador, Adonilson poderia também solicitar ao governo para apressar a doação do prédio, que honrosamente poderia se chamar Espaço Cultural Neném Bragança, ao invés, de simplesmente, arrancar uma homenagem para construir outra.

A questão não é desprezar ou enaltecer, mas fazer a coisa certa, sem aproveitamentos, sem vanglórias ou super-feitos, para que não seja necessário desconstruir o feito para construir outro.

"O projeto não é simplesmente contraditório, é polêmico propositalmente". 





Ong's, Ocip’s e AME. Pra onde vai a 'vampiragem' do Maranhão?

Um certo temor de perder o emprego  -  o que é normal em qualquer mudança de governo -, vem tomando o sentimento dos colaboradores das autarquias de saúde do Estado, principalmente por falta de informação. Em Imperatriz, que não é diferente, ainda especula-se sobre as atuações das Ong’s e Ocip’s, se estas, que sempre estiveram em meio a fortes indícios de corrupção, favorecimentos e ‘um dono’, ainda continuaram dominando o cabide emprego da UPA, Regionais e outras.

Em Imperatriz a clinica do deputado Antônio Pereira, a conhecida AME, acumula deficiência em prestar os serviços que incluem as péssimas referencias e muita fama de nunca entregar os resultados dos exames, como por exemplo, de mamografia. Durante muito tempo esta clínica de saúde vem atuando a margem da irresponsabilidade quando recebe para realizar exames como ‘mamografia’ e outros exames especializados e não executam o procedimento.  Ao longo dos últimos anos ainda é incalculável as cifras que devem ter sido desembolsados para sustentar essa rede que tem o objetivo de sustentar e financiar projetos eleitorais do seu grupo politico, chegando a lançar candidatos a prefeito em mais de 30 cidades ao mesmo tempo, inclusive em Imperatriz.  Em meio a encruzilhada estariam o Dr. Marcone, ex-prefeito de Amarante, apoiador da campanha
operador Bem Viver
comunista e diretor da AME, e o próprio deputado Antônio Pereira que fez questão de espalhar que teria  investido 5 milhões na campanha Estadual. O Deputado conhecido por ‘vampiro da saúde’ já tentou algumas vezes se aproximar do governo, no entanto, o próprio governador tem dispensado qualquer aproximação, o que desmistifica a tal cifra milionária.


Ainda é cedo para avaliar que tipo de ações devem ser adotadas no novo governo, mas claramente se percebe que não haverá espaço para esse tipo de extorsão e desvio de objetivo nos recursos públicos, e isso é exatamente o que a população espera; “Que a saúde do Maranhão não tenha mais dono”, como citou o governador em ato recente.

Eita doutorzão: Depois de inovar com atendimento telepático médico diz pra paciente que “vazo ruim não quebra”.

O médico plantonista Dr. João Ricci, vem fazendo sucesso nas redes sociais, mais, principalmente, sobre suas inovações no ato de atender mal pacientes que procuram o Hospital Municipal de Estreito.


Depois de realizar o atendimento por telepatia, agora, a bola da vez é emitir opiniões pra lá de mal educadas, sobre a situação de saúde dos pacientes, que também pode ser avaliada como falta de ética profissional. (reveja aqui)

Neste ultimo final de semana Tatiane Freitas, filha de uma paciente, postou sua indignação nas redes sociais, segundo ela, sua mãe gestante, sofreu um acidente doméstico e foi levada ao plantão, chegando lá não havia médico na emergência, segundo ela, as enfermeiras tiveram que ligar para que o médico comparecesse ao hospital. Depois de mais de uma hora de espera, o médico chegou e realizou o atendimento. Preocupada Tatiane perguntou ao médico sobre o estado de saúde de sua mãe, mas teve que ouvir do médico Dr. João Ricci, “Vazo ruim não quebra”.

O prefeito teve que intervir em rede social e tentou contornar a situação, pedindo,, as informações do autor do atendimento 'vip', resta saber se pelo menos dessa vez alguma coisa será feita com relação ao 'Doutor Telepatia'.


Matéria original do hojenoticias.com

ITZ: Apresentador do Bandeira 2 sugere transferência de PM's pra Carutapera e gera polêmica.



Na ultima sexta-feira (23) a declaração do vereador e apresentador do Bandeira 2 Raimundo Roma, gerou insatisfação no meio Militar após sugerir ao comando que policiais que não quisessem conceder entrevista ao chegar no plantão Central fossem transferidos para Carutapera e outros municípios.

Uma pequena resistência entre a imprensa e a policia vêm ocorrendo, segundo pessoas ligadas à imprensa, desde a morte do produtor de TV Raimundo Carvalho, morto por execução por um Policial Militar. À partir de então alguns policiais passaram a retaliar a imprensa não apresentando as informações sobre presos conduzidos ao plantão Central.

Questionado sobre a sugestão ao comando da PM o apresentador explicou que “o objetivo é que alguém possa falar em nome da PMMA porque a reportagem será feita de qualquer forma. Mais pode ficar melhor com a fala de um representante da brilhante instituição.”

Segundo informações do Bombeiro Ebinelson, essas medidas seriam tomadas para não expor os militares perante os marginais, e explicou que na capital militares que estavam sendo mortos seriam, geralmente, os que mais apareciam em rede social ou TV". O apresentador resistiu e disse não acreditar que fosse isso, e falou que em Imperatriz não se mata policial, e voltou a afirmar que não dar entrevista seriam um “movimento liderado e que policiais que dariam entrevista eram questionados por outros”, completou. 

No final da tarde de ontem o comando da policial Militar de Imperatriz indicou um policial que fará a comunicação social e, provavelmente, o contato com a imprensa.

IMPERATRIZ: Mais 200 famílias recebem título definitivo no maior programa de regularização fundiária do Maranhão

Imperatrizenses realizam o sonho de vários anos de ter seu imóvel legalizado

A Prefeitura de Imperatriz protagoniza o maior programa de regularização fundiária urbana do norte/nordeste e a solenidade de entrega de mais 200 documentos foi feita ontem , 22, no auditório da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária - SERF, onde contou com a participação do prefeito Madeira, do titular da pasta Daniel Souza e de vários secretários municipais.

" Ano passado nós regularizamos cerca de 5 mil imóveis. Este ano nossa meta é 8 mil" informou o secretário.

Durante a solenidade Daniel, bastante emocionado, ressaltou que: 'em 2015 uma das grandes alegrias que iremos ter é um convênio com o Governo do Estado para que nós façamos a titulação do Grande Vitória, do que falta na Vila Cafeteria e do Parque Alvorada, além da distribuição dos títulos que regularizam o povoado Coquelândia com mais de 300 propriedades que serão regularizadas'.

Daniel Sousa disse ainda que esta semana foi feita a celebração de acordo um dos herdeiros de área do Grande Santa Rita que vai possibilitar que a secretaria faça a regularização do parque São Jose 1 e 2, Ouro Verde , Vila Independência e outros bairros que compreendem essa área e irão alcançar 5 ou 6 mil famílias nesse processo. 'Já estamos com os mapas, ja fizemos a formulação do acordo e vamos para o registro do cartório onde todas esses moradores serão beneficiados com esta ação. Além disso esta sendo encerrada o processo de regularização das mulheres quebradeiras de coco da estrada do arroz que foram beneficiadas com 18 lotes.

E encerrou sua fala informando que todas essas ações demonstram claramente a importância e o papel desta secretaria na vida do povo e das pessoas mais humildes. 'Estamos fazendo historia e vamos avançar muito mais com esta parceria com o Governo do Estado do Maranhão e a confiança do Prefeito Madeira que só não faz mais porque não tem recursos, mas iremos alcançar e regularizar todas as famílias do município indistintamente'

Para o prefeito Madeira primeiro deve-se achar a pessoa certa pra o lugar certo por isso a SERF funciona e tem dado grandes resultados na vida das pessoas através do Dr. Daniel Souza.

Lembrou que famílias moravam a décadas em casas sem poder provar que eram donos e antes a titulação era uma salinha escondida e de difícil acesso: 'isso mudou e já foram milhares de pessoas que receberam e hoje mais 200 famílias estão com seus títulos para registrarem no cartório sem nenhum custo. É isso que nós vamos fazer até o ultimo dia do meu governo e agora com mais força e razão pois temos um Governador nos apoiando. Estou cumprindo o que prometi e promessa é dívida', finalizou.

Sidney Rodrigues - ASCOM

23 janeiro 2015

RESOLVIDO: Vereador Roma se afasta e Alberto Sousa assume mandato em fevereiro

O suplente de vereador Alberto Sousa assume o mandato no lugar do vereador Roma, que se afastará para cumprir um acordo entre os dois parlamentares.
 Roma vai entregar mandato por 6 meses 

Roma concorreu para Deputado Estadual na ultima eleição e prometeu em troca do apoio de Alberto Sousa que o mesmo assumiria o mandato pelo período de 6 meses, que seriam divididos em duas etapas, em caso de derrota na eleição.

Se tivesse sido eleito Alberto Sousa assumiria o mandato, o que não é muito compreensível o acordo.

O vereador que agora também é corretor imobiliário, disse em entrevista ao blog Holden Arruda que não teria interesse em assumir o mandato neste momento (reveja aqui), em virtude do intenso compromisso empresarial, no entanto, com a insistência do vereador Roma em amenizar os danos, Alberto será 'forçado' a dividir seu tempo nas duas atividades para assumir o acordo com o colega.

Rejeição de Edinho pode ter atrapalhado Roma
Para assumir o mandato Alberto Sousa também terá que se afastar do cargo que ocupa de adjunto no governo Madeira, e que provavelmente não deve voltar a ocupar, já que atualmente tem mantido forte relação com outro grupo politico na cidade, inclusive, com indicações de cargos no governo do Estado nas pastas atualmente ocupadas pelo PDT, partido que está filiado atualmente e que é oposição ao governo municipal.


Raimundo Roma, por sua vez, vem sentindo as dificuldades em função da derrota na ultima eleição, apesar de ter alcançado cerca de 17 mil votos somente em Imperatriz. Alguns analistas politicas diz que o afastamento do programa bandeira 2, o apoio declarado ao seu patrão e candidato ao governo Edinho Lobão e a ausência de campanha fora do domicilio eleitoral, podem ter prejudicado o empenho do parlamentar. 

Em carta a Dilma, FENAJ pede novo marco regulatório e convocação da II Confecom


Em mensagem encaminhada nesta quinta-feira (15/01) à presidenta Dilma Rousseff, a FENAJ apresentou o que considera indispensável para o exercício de um jornalismo forte, independente, livre e responsável no Brasil. A entidade apresentou seu diagnóstico sobre o sistema de comunicação brasileiro e reivindicou que o novo governo implemente um novo marco regulatório para as comunicações no país e convoque a II Conferência Nacional de Comunicação (Confecom).

Repudiando qualquer forma de censura, a entidade sustenta que o controle público dos meios de comunicação significa constituir mecanismos transversais e interconexos para a aplicação de regras públicas, democraticamente constituídas, a serem observadas por todos. Defendeu, também a urgente reorganização do sistema de comunicação, para cumprir os preceitos constitucionais e superar o atual cenário de oligopólios. Neste sentido, a FENAJ atribui à comunicação uma dimensão estratégica, tanto do ponto de vista das políticas públicas a serem geradas, como da necessária articulação dos movimentos sociais.

Democratizar a comunicação para consolidar a democracia
O diagnóstico produzido pela Federação é de que a situação da propriedade, das relações estabelecidas e da interferência na vida nacional por parte dos veículos de comunicação social é incompatível com a democracia. Daí decorre a conclusão de que ou o Brasil democratiza seu sistema de comunicação ou não será possível a consolidação plena da democracia.

Entre os pontos do diagnóstico que sustentam tal afirmação foram apontados a legislação insuficiente e arcaica do país em relação à radiodifusão e à comunicação, que atende quase que exclusivamente aos interesses empresariais do setor, a regulação das novas tecnologias também marcada pelos interesses empresariais, submetendo o modelo de serviço ao modelo de negócio sem articulação das diferentes plataformas tecnológicas, dos diferentes atores econômicos e das diversas demandas sociais, e a concentração da propriedade dos veículos de comunicação no país, comprometendo a vocação pública da comunicação.

Em seu diagnóstico apresentado à presidente Dilma Rousseff, a Federação Nacional dos Jornalistas também critica a hegemonia excessiva do modelo da TV aberta, que, se por um lado foi bem sucedido do ponto de vista econômico, por outro constituiu um empobrecimento no que diz respeito à diversidade cultural, à representação regional e à pluralidade de opiniões. Critica, ainda, o hipertrofiamento do sistema de TV comercial brasileiro, que incide exageradamente na cultura nacional, em detrimento dos sistemas público e estatal.

A entidade argumenta que a falta de incentivos à leitura coloca o Brasil entre os países com menor índice de leitura de jornais das Américas e que o jornalismo e os jornalistas são prejudicados pelas escolhas empresarias de transformar seus empreendimentos em verdadeiros partidos políticos. "Estas escolhas inviabilizam o livre trabalho dos jornalistas, por um lado, e, por outro, negam à população a possibilidade da constituir uma opinião pública efetivamente livre", diz o documento.

Reivindicações
A FENAJ conclui sua mensagem à presidenta Dilma Rousseff colocando-se à disposição para debater as políticas públicas de comunicação e reivindica que o novo governo implemente imediatamente o marco regulatório para as Comunicações, para regulamentar o Capítulo V da Constituição Federal, reorganizar o sistema de negócios e de serviços; e implementar, de forma organizada, a convergência tecnológica.

Reivindica, também, a criação dos mecanismos de regulação aprovados pela I CONFECOM, com a imediata instalação de um Conselho de Comunicação, consultivo e deliberativo, nos moldes dos órgãos existentes em países como Estados Unidos, Espanha, França e Portugal, fortalecimento dos sistemas público e estatal d
e comunicação, com a convocação imediata do Fórum Nacional de Comunicação Pública, fortalecimento do jornalismo e dos jornalistas, com a garantia da regulamentação profissional e a implementação de políticas públicas para a segurança dos jornalistas e a convocação da II CONFECOM, com a incumbência de sistematizar as propostas da primeira Conferência e elaborar uma proposta de Marco Regulatório para o país.

Fonte: Federação dos jornalistas

IMAGEM DO DIA: Desaparecido!


Eles estão quase extintos, e desde o decorrer do inicio do segundo governo de Dilma, eles praticamente desapareceram, assim como a comandANTA. Dilma desapareceu da imprensa e nunca mais deu uma entrevista. Que permaneça assim, será melhor que ouvir mentiras.

22 janeiro 2015

Zé Dirceu também recebia mensalão do petrolão.

(Do G1) 

A Justiça Federal determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, do irmão dele Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e da empresa JD Assessoria e Consultoria Ltda., que pertence aos dois. Para o Ministério Público Federal, há indícios de que a empresa tenha recebido recursos de empreiteiras ligadas ao esquema de corrupção na Petrobras, desvendado pela Operação Lava Jato.

De acordo com a decisão, a JD Assessoria e Consultoria recebeu, entre 2009 e 2013, R$ 3.761.000,00, das construtoras Galvão Engenharia, OAS e UTC Engenharia. As três empresas tiveram executivos presos no início de dezembro, quando foi deflagrada a sétima fase da Lava Jato.

Com a quebra de sigilo, os procuradores querem saber se os pagamentos feitos à JD Assessoria e Consultoria foram para o pagamento de propinas, tal como ocorria em empresas de fachada comandadas pelo doleiro Alberto Youssef, também preso na Operação Lava Jato. A quebra do sigilo fiscal foi autorizada entre o período de  1º de janeiro de 2005 a 18 de dezembro de 2014. Já o sigilo bancário foi quebrado entre 1º de janeiro de 2009 e 18 de dezembro de 2014. 

O MPF chegou à empresa de Dirceu ao analisar documentos contábeis das empreiteiras. Em uma das lisas, da Galvão Engenharia, aparece a rubrica genérica de "consultoria", para justificar pagamentos mensais de R$ 25 mil à JD Assessoria e Consultoria. O total desses pagamentos soma R$ 725 mil. Da mesma forma, nos livros da OAS, os procuradores encontraram pagamentos mensais de R$ 30 mil, que totalizaram outros R$ 720 mil.

No caso da UTC, foram encontrados apenas dois pagamentos. Um no valor de R$ 1.337.000,00, em 2012, e outro de R$ 939 mil, feito em 2013. Em ambos, a justificativa anotada nos documentos era de "consultoria, assessoria e auditoria". Em nota, José Dirceu confirma que prestou serviços de consultoria às empresas citadas no documento da Justiça Federal. O ex-ministro ainda se colocou à disposição para prestar esclarecimentos ao Judiciário. 

HERANÇA MALDITA: Onde está a presidente?

- Onde está a presidente?


O Brasil está assustado com o tamanho da herança maldita que o primeiro governo Dilma deixou para o país. Apagão, racionamento de energia, aumento de impostos, cortes de direitos trabalhistas já preocupam e demonstram como milhões de brasileiros foram enganados durante a campanha eleitoral. Os erros do governo do PT não podem mais ser ‘escondidos embaixo do tapete’.  E a conta de todos esses erros será, injustamente, paga pela população.
Em meio a tudo isso, o país se pergunta: onde está a presidente?
Duas características são essenciais a um governante: responsabilidade e coragem.
Durante a campanha eleitoral, faltou responsabilidade à presidente. Focada apenas em vencer as eleições, a candidata adiou medidas necessárias que agora, diante de um quadro agravado, vão custar ainda mais caro à população.
Hoje, falta à presidente coragem para olhar nos olhos dos brasileiros e reconhecer que está fazendo tudo o que se comprometeu a não fazer.
Ao se omitir no momento do anúncio de medidas que afetarão gravemente a vida do nosso povo, a presidente parece querer terceirizar responsabilidades que são essencialmente dela.
A pergunta que milhões de brasileiros se fazem hoje é: onde está a presidente?
ARTIGO DO SENADOR AÉCIO NEVES (Texto publicado em rede social)