Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Que passou passou...

Está comprovado pelas ruas de Porto Franco que um instituto de pesquisa realizou uma amostra na cidade.

Mas onde foi parar a tal pesquisa? Na cidade que é exemplo administrativo, Deoclides, em um ato de quem sabe realmente o que estava fazendo, deixou para anunciar seu candidato a prefeito no ultimo minuto do segundo tempo, desarticulando totalmente os adversários.

Vermelho por opção!
Multidão aguarda o discurso de Adersinho (pdt)
Nelson, o candidato da oposição, apoiado pelo ex-prefeito Fia, adiantava sua campanha que começou a 3 anos atrás, e em todas as pesquisas, nadava de braçada perante os supostos candidatos do prefeito.

A conta é fácil: - Nas pesquisas realizadas antes do período eleitoral, todos os possíveis candidatos de Deoclides eram citados, ao todo eram cinco, que dividiam a fração eleitoral. Quer dizer, os votos da oposição natural, em torno de 30%, sempre passava dos 5 pretensos, que dividiam os 70%. Resultado: Quando juntou o coeficiente eleitoral, a oposição simplesmente sumiu... 

Por isso a pesquisa que o grupo do Antonio Pereira, que sustenta o candidato Nelson escondeu os resultados. Se estivessem bem, não teria duvidas que tinha sido divulgado na mirante, ou no jornal Estado do Maranhão.

Eles acreditavam que seria fácil...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:05

Sem opção para concorrer a prefeitura de Buritirana, o atual prefeito, e mentor intectual do projeto politico de perpetuação do poder, convocou o vereador James para ser o sucessor de André, que desistiu de concorrer a eleição para prefeito. 

André - premeditadamente - viu a que situação chegou a coordenação da campanha e prevendo a quantidade de contas que se acumulam, resolveu desistir de concorrer e retirando sua candidatura. 

James, que o substituirá, concorre pela primeira vez ao executivo, mas é vereador pelo terceiro mandato. Com respaldo para continuar sua trajetória no legislativo e construir uma candidatura mais alicerçada para prefeito, resolveu arriscar tudo, em uma campanha desorganizada e com o principio de naufrágio. James é sobrinho do ex-oligarca do município, o Antonio do Leque, que segundo os bastidores, teria recebido 750 mil reais para aceitar ficar no grupo do seu antigo e mais ex-odiado inimigo - agora amigo - o Zé do mundico.

O vereador James entrou nessa encruzilhada contra o candidato Vactônio (PR) que concorre com uma enorme aceitação popular. A unica saída agora é aceitar a morte eleitoral, junto com Zé do Mundico, com "enes" processos por improbidade e o Antonio do Leque também ficha suja. 

Resta saber se haverá caixão para todo mundo... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:49

Se não fosse pelos excelentes serviços prestados pelo promotor publico Tarcisio José de Sousa Bomfin e o Juiz Marlon Reis - ambos da cidade de João Lisboa - seria possível que antes do final do mandato do atual prefeito, Emiliano Menezes, a prefeitura, apesar de ser uma entidade pública de direito público,  passasse a entidade pública de direito privado.

Em um segundo post, mas detalhado, para que toda a sociedade entenda o caus administrativo que habita naquela cidade, faremos uma exposição de mais uma "afronta" do gestor municipal à sociedade joãoliboense. E mais grave, assinada por vereadores que disputam a reeleição, mas infelizmente assinam as "cabritas".

continua...


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16


A pesquisa Escutec/O Estado divulgada hoje mostra que as eleições municipais começam a ter um cenário de polarização entre Madeira (PSDB) e Rosângela Curado (DEM). O resultado da pesquisa revela em números o que já era possível de ver nas ruas, com a campanha de Carlinhos Amorim (PDT) perdendo musculatura e de Rosângela em ascensão, ela que, aparentemente com o bloco mais à vista nas ruas, ofusca a coligação dos pedetistas e comunistas, onde o nome de Flávio Dino parece não ter feito muito efeito na opinião do eleitorado imperatrizense.
Vamos aos números:

Sebastião Madeira (PSDB) - 47,9%
Rosângela Curado (DEM) - 25,5%
Carlinhos Amorim (PDT) - 9%
Justino Filho (PTC) - 2,8%
Adalberto Franklin (PT) - 1%



A pesquisa Escutec foi realizada entre os dias 26 e 27 de agosto. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o número 00132/2012. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.


Samuel Sousa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:38

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35


Candidato pelo grupo do atual prefeito Zé do Mundico, André,que concorria pelo PMDB, desistiu definitivamente de concorrer a prefeitura deBuritirana.

A decisão foi protocolada ontem no TRE de João Lisboa.

Zé - derrotado, enrolado e endividado...
André  fazia umacampanha de grande estrutura, até a decisão da justiça deferir a candidatura deVactônio Brandão (PR), principal opositor a Zé do Mundico. Após a decisão do tribunal, o prefeito sumiu da cidade, deixando os veículos que dão suporte a campanha semcombustível e uma dívida de mais de 150 mil reais no posto de gasolina.

André é estudante de medicina e não morava na cidade,mas retornou após o conto da sereia: "Que ele seria o único candidato comchances de vencer as eleições". A coligação do governo chegou a pedir oindeferimento da candidatura de Vactônio por duas vezes, sendo recusadodefinitivamente na ultima segunda-feira, causando um enorme descontentamento dogrupo.

Zé do Mundico é prefeito reeleito, mas sacrificou as contasdo município na sua ultima eleição. Segundo informações, o prefeito teriacomprado 3 fazendas em menos de um ano, mas teria entregue 2 para agiotas queteriam financiado sua campanha. 

Zé ainda acreditava que poderia reverter a situação, apesarda população de Buritirana ter decidido pelo fim da era Zé do Mundico e Antôniodo Leque,  considerados os pioresprefeitos da história da cidade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43


É uma lógica delicada de entender, mas como em política existe um jogo não linear de estratégias, tudo parece ser possível para provocar, no campo das ideias, adversários. Na rede social Facebook, moderadores do grupo Impera Imperatriz, organizam uma manifestação pública sugestivamente chamada de #foramadeirasarney para o dia 15 de setembro.

A militância virtual que agrega partidários e/ou simpatizantes dos candidatos Carlinhos Amorim (PDT), Justino Filho (PTC) e Rosângela Curada (DEM), justifica que o movimento é uma forma de “denunciar” a aliança política entre o prefeito de Imperatriz Madeira com a governadora Roseana Sarney.

O movimento é até legitimo por acentuar as divergências políticas e, salutar do ponto de vista das diferenças, porém é confusa na forma e na prática por ser levado a cabo por candidatos que não escondem ser próximo do deputado estadual e médico Antonio Pereira (DEM), uma espécie de fiel depositário para a campanha política deles, em um nebuloso tentáculo privado que se confunde com prestação de serviço a saúde do estado e do município.

Não fique assim vovozinha:
não é só a senhora que não tá entendo mais nada.
Uma das militantes envolvidas no outrora movimento #foraroseanasarney que ocorreu em Imperatriz questiona o fato dessa nova manifestação ter certa estrutura operacional, diferente de outras iniciativas estudantis do ideal do it yourself: “Que legitimidade há em um movimento que surge sabe-se lá de onde e da noite para o dia apresenta um aparatado de 10 carros de som, milhares de adesivos e 500 camisetas prontinhas?”, questiona ela.



É bem provável que efetivamente o deputado Antonio Pereira, da base aliada de Roseana, não tenha mesmo nenhum envolvimento com uma manifestação que coloca em cheque o governo que ele mesmo defende e opera, ainda mais sendo cumpádi de Ricardo Murad, secretário de saúde do estado. O que a mansão no Calhau não consegue compreender é como o deputado não tem gerência por seus aliados na Terra do Frei e, deixar correr frouxo uma iniciativa que reverbera a sina de repulsa à família Sarney. O deputado não seria bobo de avalizar isso, mas é quase impossível não creditar seu nome nas lideranças que arquitetam o protesto. A estratégia é boa, porém dissonante quando analisada pela ótica da política de grupo.

De qualquer forma, é bem-vindo o coro dos contrários, ainda que alheios aos bastidores do jogo político, ao comprar a ideia do #foramadeirasarney, acaba por ignorar (não se sabe por inocência ou desconhecimento de causa) outro personagem histórico da política maranhense, o senador Edison Lobão, que deveria receber também as “honras” do movimento.... Assunto que rende uma próxima postagem.

Por Samuel Sousa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Cavalcante - Presente: Tenente e Capelão da PM
O que menos se deve acreditar é que os recursos das viagens politicas do pastor sejam feitas pelo templo.
Não é de impressionar a alta exposição que o chefe de uma determinada denominação, o pr. Cavalcante, tem impetrado no projeto pessoal de chegar ao poder...

Só deveria se descompatibilizar (se for este o termo na igreja) para investir na intensa busca do seu sonho de ser politico. 

Pr. Cavalcante já tentou por outras vezes tal projeção, chegando a lançar-se candidato a Deputado, e em outra oportunidade a pré-candidatura a prefeito de Açailândia - Mas seu projeto pessoal deve mesmo passar, pelo menos por enquanto, por uma candidatura a Assembléia do Maranhão. Para isso, o Pr. tem passado dos limites, usando e abusando de recursos para suas viagens politicas. 

Viagens e reuniões em outros municípios tem sido intensificado durante esse período eleitoral, em senador La Roque por exemplo, onde o candidato a prefeito é do PR, o apoio da igreja a candidatura majoritária foi condicionado pelo líder protestante sulista, impondo o vice e a aliança, pelo menos por lá, com Davizinho, Deputado Federal. Em Governador Edison Lobão, seu candidato é o pr. Cardoso (PSC) , onde as visitas tem sido  constantes.

Em Senador La Roque a aliança está consolidada para 2014. Em outras cidades como Itaipava do Grajaú, Grajaú e Montes Altos é possível encontrar a impressionante missão impetrada pelo "homem de Deus".
Sempre ao lado do poder...

Pastor de carreira, indiscutivelmente um homem escolhido por Deus...  Mas de onde vem os recursos financeiros usado pelo "pastor Cavalcante" para suas missões politicas nos municípios do Sul do Maranhão, já que sua unica atividade é pastoral?  Qual a justificativa para os gastos de viajem: Pregação ou discurso ?

O pastor que tem por cede Açailandia é conhecido no mundo politico, não por fazer caminhada para políticos, mas por receber premicias para ficar fora dela. Na última eleição para governador recebeu o status pessoal e financeiro de capelão da policia Militar, da governadora Roseana Sarney, em troca, não apoiou candidatos da oposição.

Este final de semana Cavalcante tem sua agenda repleta de visitas. Resta saber qual será a execução do gasto na comprovação das notas: Pregação ou discurso.

Não vemos nenhum impedimento para a entrada de pastores ou evangélicos na vida pública, mas o que não pode ocorrer é o uso dos recursos provenientes de doações ou dízimos para provimentos ou beneficio pessoal de um pastor - que todos sabem - ora para Deus lhe conceda a benção de um mandato eletivo. 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09



O sonho acabou. Agora  a prefeita de Amarante do Maranhão, Adriana Ribeiro, terá noites de insônia e muitos pesadelos.
A sua coligação havia impugnado a candidatura do ex-prefeito, Dr. Marconi Duailibe, para prefeito de Amarante.
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deferiu o registro da candidatura de Marconi Duailibe. O fato aconteceu no ultimo domingo 26/8. O clima na cidade é de muita festa para uns e de tristeza para outros.
Antes, a incerteza depois que o juiz Glender Malheiros Guimarães da 99ª Zona Eleitoral de Amarante havia decidido pelo indeferimento, atendendo o pedido da coligação da prefeita, que não queria ter Dr Marconi como seu concorrente.
Lc/marlon

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:24

Agora, vai...

por Holden, em 30.08.12
Já repercute em todo Maranhão aquele que será, sem dúvida alguma, o maior ato político da história contemporânea da Terra do Frei: o articulado “Movimento El Bigodon”, puxado pelos combativos trotskistas Josevan Marques, Napoleão Neto, Jean Carlo e Frederico Luiz.
Segundo o famoso cientista político Gutenberg David Araújo o anunciado sucesso do movimento, que abala o Palácio dos Leões, se deve, inquestionavelmente, a credibilidade pessoal e a coerência política do chamado “Quarteto Fantástico”, somado, obviamente, a espartana atuação desses considerados ativistas pelo crescimento da cidade, principalmente no setor do entretenimento ZBM (zona de baixo meretrício).
“Pinguços de todo o mundo, uni-vos!”
“Abaixo El Bigodon”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:17

João Lisboa: A nova moda...

por Holden, em 29.08.12
As reuniões do candidato a prefeito Enoque, ligado ao atual prefeito, agora adotaram um novo método de controle. Com receio que alguém esteja gravando as conversas com os colaboradores do município, que tem sido pressionados a declarar apoio ao candidato do prefeito, agora são obrigados a retirar a bateria do celular.

A medida é por causa das reuniões secretas que eles  tem realizado, e que, na maioria das vezes tem vazado as informações. Apesar das constantes reuniões, e as ordens expressas para investir o que for necessário, a principal atividade do prefeito, ou da prefeitura, que seria a minima obrigação, a de manter o salário dos servidores em dia, não está sendo cumprida.

- Será se o salário dos servidores serão trocados por suas participações na eleição municipal? 

Se o dinheiro vem e faz parte das obrigações do gestor municipal, seria bom que os promotores públicos e a justiça eleitoral estivesse atenta a tais atrasos inexplicáveis, durante o processo. 






Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Tudo é previsível, quando a emoção vira segundo plano. Ildon não aceitaria compor na sua trajetoria politica mais uma derrota.

De politico a encosto... 
Mas há quem acredite na entrada de Ildon na disputa, quer dizer, na defesa da bandeira do médico Antônio Pereira. Mas o que o ex-prefeito ganharia com isso? Se ganha ainda não dá pra saber, mas se perder, será mais uma derrota, desde a eleição de 2008. Será se Ildon vai querer acumular, ao lado de um histórico de empresário bem-sucedido, o pé-frio em campanha...

Na sua última eleição, Ildon sofreu uma derrota histórica para o atual prefeito, isto em 2008. Em 2010, voltou com o candidato a deputado estadual Daniel Macedo, a quem mobilizou toda a cúpula ildista da prefeitura e da Liliane, mas não adiantou, o resultado foi frustrante. O ex-prefeito retorna em 2012, na última instancia de um candidato que não tem unanimidade, e concorre em eleição direta na convenção do PMDB, colocando seu nome para concorrer em plebiscito, quer dizer, contra ninguém. Perdeu de novo!

Será se o ex-prefeito, que tem recusado entrar na campanha, ou participar de movimentações politicas, se rebaixaria tanto, ao ponto de ter que apoiar um candidato e ainda sofrer o risco de mais uma derrota?

Todas as derrotas de Ildon eram previsíveis, e não seria necessário ter alguma relação com o capeta para prever que tudo isso ocorreria. 
Resta saber o que ele quer para sua história: "Criar uma ong para ajudar crianças, quem sabe fazer algum trabalho social mais rentável, ou se optará por acumular uma trágica retórica de derrotado em sua história...

#EntraIldon


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:07

Oefeito é tenebroso, mas é a realidade. Eleitores querem ouvir propostas e nãobaixaria no horário eleitoral.

Conformea ultima pesquisa (ibope) realizada, mais de 63% da população - eleitores -estão mais preocupados em ver as propostas dos candidatos a prefeito. Isto nãosó reflete o nível de informação - crescente -  dos eleitores, contribuídos porfatores educacionais por exemplo, mas também a resposta para algunscandidatos, que, quanto mais falam, mais caem nas pesquisas.

O candidato do PTC, por exemplo, para a prefeitura de Imperatriz,simplesmente deixou de existir. Justino Filho, conhecido por ser um"franco atirador" em campanhas eleitorais, caiu mais de 50%,comparando a ultima eleição para a atual.
Outra campanha pautada em tudo, menos na construção de propostas,é a do candidato do PDT Carlinhos Amorim, que divide o tempo do horárioeleitoral com um discurso pautada nas eleições estaduais, trazendo sempre atona o discurso anti-oligarquia. O único problema é que o eleitor temoptado por discursos que debatem o futuro da cidade. 

- O que será dos próximos 4 anos de governo? Este sim é odiscurso! 

Problemas sempre existiram - mas de fato, o eleitor está preocupadoprincipalmente com sua garantia. O  prefeito Madeira, candidato areeleição, discordou previamente dos tons dados a campanha ecomentou: "Nos preocuparemos em mostrar projetos futuros, os ataques ficampara quem não tem o que mostrar..." - Neste ponto, Madeira tem saído nafrente, e tem dado o foco que os eleitores querem, a demonstração disso, é acampanha feita pelo tucano, totalmente realista e pautando o momento e osprojetos futuros, que é claro, garantem segurança com a continuidade doprogresso - Ponto fundamental que construiu a força politica da atual gestão.

Estando certo ou errado, pelo menos em um ponto não há o quediscutir, Madeira nada de braçada perante os adversários, prova disso, é o aumento de mais de 15pontos, desde julho até a ultima pesquisa, e uma campanha considerada a mais limpa entre todos os candidatos.

A receita talvez seja mais difícil para propor, afinal, mesmosendo o atual gestor do município, Madeira tem a menor rejeiçãoentre todos os candidatos, e o mais imprescindível para o candidato do PTC, que preferecontinuar como a metralhadora da AME - Justino Filho é o candidato com maiorrejeição.

Claro!



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25




Prefeita Arlene Costa e o 
Vice-Prefeito Cloves Bezerra
Norberto Bobbio tratando da “rude matéria” (realidade política) ensina que no mundo das relações sociais prevalecem as paixões e os interesses particulares sobre as razões universais, e que o homem é “animal ideológico” entendida aqui a noção de ideologia no seu pior sentido, ou seja, mentiroso, que mente até para si mesmo, apresentando, com o objetivo de justificar-se, ou de obter consenso para o próprio comportamento, motivações distintas das motivações reais.
O mesmo Bobbio indicou três ideais que devem se opor aohomem violento, passional e mentiroso, quais sejam, a tríade: democracia, direito do homem e paz. O desejo de paz se opõe ao reino da violência, o princípio universalista dos direitos do homem se opõe ao mundo particularista das paixões e dos interesses, a idéia de democracia como transparência, como “governo público em público”,  se opõe a cortina “ideológica” dos enganos e à opacidade do poder.
As eleições municipais em Dom Pedro são regadas preponderantemente pela violência efetiva ou simbólica, pela passionalidade e lógico pelas mentiras. Muito pouco de democracia, de direitos humanos  e de paz.
As propostas dos candidatos é matéria recôndita e não coisa transparente para a população. O que vale é quem ostenta mais poder econômico, mais influência institucional nos poderes constituídos, mais capacidade de soltar boatos nas ruas, de criar situações inexistentes ou alteradas. A astúcia do candidato. Quem pode cooptar mais famílias. Distribuir mais benefícios ao eleitor. Prometer e fazer-se acreditar em empregos.
Além dessas realidades da política ainda há o ódio de parte a parte. A inveja, a astúcia de derrubar o próximo ou de impedir que o outro chegue ao poder. A vontade de chegar ao poder pelo poder. Ainda que seja sem nenhuma plataforma de mudanças efetivas do município, sem nenhum preparo, sem nenhum projeto.
E o Povo? Ah, a Povo participa, defende seus interesses mais imediatos, vai às ruas, participa de caminhadas, carreatas, se envolve emocionalmente, é uma deliciosa festa.

Veja a materia completa CLICANDO AQUI









Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

A manifestação está prevista para ocorrer hoje (28)  às 12 horas. Na semana passada foi programada, mas foi esvaziada por conta das pressões dos diretores.


Segundo o blog do Ebnnilson, que é professor, historiador e também cabo militar da policia, haverá uma manifestação hoje na Praça da Biblia e seguirá até o Colégio, que fica localizado a mais ou menos 500 mts da praça.

São muitas as reclamações existentes no colégio Tiradentes, a escola militar de Imperatriz. 

Sediada no antigo Amaral Raposo, a instituição de ensino, que presa basicamente por princípios rigorosos e organização, tem sido um dos destaques em diversos eventos, como no ultimo jogos escolares, em que a escola teve uma boa participação.

Mas o que tem preocupado os pais de alunos da escola,segundo queixas, é a decadência do ensino e da organização da escola, que segundos eles, teria ocorrido após a troca da coordenação. 

Uma das reclamações é o aumento da taxa de esporte, que saiu de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) para R$ 35,00 (trinta e cinco reais), o dinheiro seria para manutenção e pagamento de profissionais na área, mas segundo os denunciantes, após o aumento, foi reduzido a quantidade de professores na escola, ainda assim, o aumento é questionado, devido o valor ser cobrado por uma escola pública, que antes, com o mesmo valor, estaria sendo bem aproveitado.

Outra reclamação seria a constantes cobranças recebidas pela escola, por fornecedores, que chegaram a constranger os alunos, que por prezarem a ética, bastante fundamentada na escola, estaria contradizendo o discurso, exatamente por causa das cobranças. 

Em 2010, pais e alunos fizeram uma manifestação, em razão da troca de comandos na escola (veja aqui).

Segundo militares, que pediram para não ser identificados, por receio de retaliações, um senhora que seria a sogra do comandante geral, tem dado ordens na escola, inclusive ameaçando policiais, que chegam a submeter-se por causa da patente familiar. Mesmo sem ser militar ou ter cargos na escola, a senhora estaria com forças e autoridade, inclusive para mudar questões administrativas. 

No momento, a tal senhora, estaria em São Luiz fazendo tratamentos de saúde. E o melhor, deixou a bomba para a atual direção da CMT.

Logo mais traremos informações sobre a crise administrativa do Colégio Militar.






Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Pág. 1/7





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D